Infográfico

Consórcio x financiamento: entenda qual é a melhor opção

Neste infográfico, mostramos as diferenças e vantagens entre eles para você decidir a melhor opção para seu bolso.

-Consorcio X Financiamento Entenda Qual E A Melhor Opcao-

Quem quer adquirir um imóvel ou um veículo — mesmo sem dinheiro suficiente para isso — pode recorrer a duas opções: consórcio ou financiamento. A escolha depende de quanto tempo a pessoa pretende esperar e quanto está disposta a pagar para transformar seu sonho em realidade. Saiba mais:

O funcionamento do consórcio

O consórcio é uma forma de poupança, investimento e aquisição de bens baseada na união de pessoas físicas e/ou jurídicas. Ele é uma ótima opção para quem não tem urgência em adquirir um imóvel ou um veículo.

O consórcio é administrado por uma empresa e, com a carta de crédito liberada, o consorciado pode realizar a compra e continuar pagando as parcelas até a quitação.

A dinâmica do financiamento

O financiamento é uma espécie de compra parcelada, na qual o valor é dividido em um prazo estabelecido por contrato. Nessa modalidade são cobrados juros e taxas.

No financiamento tradicional, quem financia a compra do imóvel ou do veículo é o banco, e a pessoa segue pagando até quitar o valor total da dívida. 

As formas de pagamento

Consórcio

Os valores variam de uma administradora para outra porque cada instituição pode fixar um percentual a ser cobrado, e as parcelas são reajustadas segundo critérios estabelecidos no contrato.

Financiamento

Não há como ter certeza de que o banco vai financiar o bem, pois cada instituição tem suas exigências. A maioria requer que o comprador tenha pelo menos 20% do valor do bem desejado.

As taxas e os juros cobrados

O consórcio não tem juros, somente a taxa de administração. Elas são menores do que as taxas do financiamento. Normalmente, estão envolvidos:

· Taxa de administração: valor para compensar a prestação do serviço;
· Fundo comum: valor para formar um fundo destinado à aquisição do bem;
· Fundo de reserva: valor para proteger o funcionamento do grupo;
· Seguro: quando contratado, é o valor para garantir o pagamento das parcelas em caso de morte ou desistência do segurado;

Já o financiamento trabalha, além dos juros, com outras taxas. Normalmente, os juros são baseados em 2 tabelas:

· SAC: a amortização ocorre de maneira constante, reduzindo o valor que o banco emprestou. Assim, as prestações tendem a ser decrescentes;
· Tabela Price: as prestações se mantêm constantes e são compostas por juros e uma cota de amortização que se alteram inversamente ao decorrer do financiamento.

As empresas responsáveis

· Consórcio: administradoras de consórcio;
· Financiamento: banco.

As vantagens do consórcio

· Não há entrada e nem cobrança de juros;
· Grande variedade de opções de prazos e créditos.

Os benefícios do financiamento

· Liberação imediata do valor para a aquisição do bem.

Ainda tem alguma dúvida sobre o assunto? Deixe seu comentário!