Meu Primeiro Carro

7 dicas para escolher o carro certo para o seu perfil

Você sabe qual é o seu perfil de comprador? Veja algumas dicas e fique mais preparado na hora de comprar um carro!

Você sabia que, na hora de escolher um carro, você deve considerar alguns critérios importantes, que vão muito além de preferências pessoais e questões de estética e conforto? Só assim, você fará uma compra segura e confiável, da qual não irá se arrepender mais tarde.

Lembre-se de que, quando falamos em perfil do comprador, também estamos considerando as condições financeiras dele.

Está pensando em comprar um carro? Já escolheu o modelo e a marca? Ainda tem dúvidas sobre o assunto? Veja a seguir algumas dicas que vão ajudá-lo a escolher o carro certo e fazer uma aquisição satisfatória!

Compre um carro que possa pagar

Muitas pessoas pensam mais em manter um status (que, muitas vezes, nem existe mais) e as aparências, desejando exibir um modelo novo e de marca consagrada, com acessórios especiais. Todavia, nem sempre isso é possível, sobretudo quando o país atravessa uma crise econômica flutuante.

Avalie bem suas condições financeiras, calcule os custos antes de fazer sua compra, seja ela à vista ou financiada. A dica de ouro é que o total de suas dívidas não envolva mais do que um terço de sua renda, incluindo as suas dívidas com carro.

Considerando que você não tenha nenhuma dívida, não deve comprometer um terço de sua renda somente com o financiamento de um carro. Outra dica de especialistas é que o financiamento do automóvel não deva exceder o montante de 20% do financiamento de sua casa.

Escolha um carro que você possa manter

É necessário pensar também que um carro é um bem que envolve outros custos além do preço de compra. Existem carros baratos no preço, mas caros na manutenção. Apesar de grande parte dos custos de manutenção estarem relacionados ao uso que se faz do veículo, há modelos mais viáveis e condizentes com a sua situação financeira.

Normalmente, as opções mais onerosas de conservar, são:

· Carros grandes e potentes;
· Marcas que ainda são novas no Brasil;
· Importados e com pouca cobertura nacional;
· Fora de linha;
· Não apresentam itens básicos.

Você pode pesquisar por certos critérios antes de escolher o carro. Antes de tomar uma decisão, não se esqueça de perguntar a pessoas que têm carro o que elas acharam de tal modelo ou marca, que gastos adicionais tiveram com ele, em que pontos se mostraram econômicos ou custosos.

Nada melhor do que tirar suas dúvidas com quem tem experiência no assunto para dividir com você.

Saiba quais são as suas necessidades

Na hora de escolher seu carro, foque em suas necessidades e não somente em seus sonhos de consumo. Para muitas pessoas, o carro é uma necessidade, é o meio de transporte que os leva para o trabalho, a escola, a universidade, e assim por diante.

Você deve avaliar o uso que faz do carro e o que ele precisa apresentar para satisfazer essas necessidades. Por exemplo, se você precisa andar frequentemente por estradas difíceis, o melhor é comprar carros com maior desempenho, mais altos e até com tração em algumas rodas.

Caso você precise rodar muito dentro da cidade, o melhor é escolher carros que consomem menos combustível, considerando as paradas frequentes no trânsito e as distâncias percorridas.

Cidades que apresentam muitas ladeiras exigem carros com motor mais potente: o 1.4 é melhor que o 1.0, pois apresenta mais elasticidade, enquanto o 1.0 força mais o motor, elevando o nível de consumo do combustível.

Pessoas idosas devem considerar critérios como visibilidade e conforto. Já quem está na faixa entre 30 e 60 anos devem considerar o conforto e, além disso, o espaço no veículo.

Considere outros carros na mesma categoria

Não seja inflexível, principalmente se sua condição financeira não está tão saudável. É possível comprar um carro com um preço mais em conta e até mais econômico, incluído na mesma categoria do carro que você desejava comprar.

Portanto, se você não pode comprar um carro de uma determinada marca (ou, se o fizer, vai comprometer seriamente seu orçamento), avalie a possibilidade de comprar outro, de marca diferente, mas com qualidade similar, preço mais acessível e melhores condições de pagamento.

Avalie a possibilidade de comprar carros usados ou seminovos

Uma boa alternativa para as pessoas que efetivamente não estão em condições de assumir o pagamento de um carro novo é comprar um carro seminovo ou mesmo usado. Essa prática já é muito comum, o que facilita a decisão do comprador.

É possível encontrar seminovos de boa marca em condições excelentes, já bem equipados e por um preço inferior ao de um carro zero de outra marca não tão famosa.

Outra vantagem é que veículos seminovos e usados se depreciam a uma velocidade menor que um carro novo — que passa a ter seu valor reduzido assim que sai da concessionária. Ou seja, você poderá até vendê-lo posteriormente ganhando certa vantagem. Seguros de carros desse tipo também saem mais baratos.

O importante é comprar carros usados ou seminovos em concessionárias ou com pessoas em que se possa confiar. Em caso de dúvidas, confira a documentação do veículo para confirmar que está tudo certo.

Faça um test drive

Para confirmar que o veículo realmente atende suas necessidades, realize um test drive eficiente, percorrendo o mesmo caminho que dirige diariamente, testando-o em uma via que permita velocidades altas (assim, poderá testar motor e freio) e acessando sua própria garagem para ter certeza de que as dimensões do carro são adequadas. Avalie a suspensão e os pneus, o conforto e a visibilidade.

Aproveite o teste para observar itens como alça do teto, porta-objetos, regulagem dos bancos, flexibilidade do volante e outras coisas.

Se possível, leve um mecânico de confiança para analisar as questões mais técnicas do veículo, de modo a garantir que está tudo funcionando adequadamente.

Tenha cautela antes de fechar negócio

Em nenhum tipo de negociação é indicado tomar uma decisão de forma precipitada. O vendedor, naturalmente, deseja que você compre o quanto antes, mas talvez seja melhor esperar e confirmar o preço e formas de pagamento do mesmo modelo em outras empresas.

No mundo dos negócios é assim: em alguns momentos, você precisa tomar decisões rápidas e criativas; em outros, você precisa ter paciência e conduzir a negociação de maneira que seja vantajosa para você.

O que achou das dicas? Sente-se mais preparado para escolher o veículo certo para seu perfil? O que pensa sobre fazer um consórcio para comprar um carro? Divida com a gente a sua opinião e experiência no assunto!