Meu Primeiro Carro

8 dicas de como escolher a sua motocicleta de lazer

Fuja do estresse com uma motocicleta para seus dias de folga! Veja 8 dicas de como escolher a melhor moto para você!

Cobranças no trabalho, crise econômica, prazos apertados e trânsito estressante: o dia a dia nas grandes cidades têm se tornado uma verdadeira batalha e tudo o que as pessoas acabam querendo é uma maneira de dar uma escapada de tudo isso em suas folgas. Por isso, é cada vez maior a procura por uma motocicleta de lazer.

Usadas para dar uma relaxada em passeios solitários ou a dois, conhecendo pontos distantes da cidade ou mesmo pegando a estrada rumo a lugares novos, as motos unem a praticidade de locomoção com as sensações de liberdade e aventura, proporcionadas pela velocidade e o "vento no rosto".

Mas para quem está buscando essa alternativa de diversão, é importante que se escolha o veículo ideal para seus objetivos. Assim, separamos abaixo 8 dicas para que você possa comprar a melhor motocicleta para seu lazer. Confira!

1. Escolha o tipo de motocicleta de lazer adequado

No mercado estão disponíveis diversos tipos de motos que podem ser usadas para esse fim. A escolha deve depender do objetivo específico do proprietário. Veja alguns exemplos:

Standard

São os modelos mais básicos e versáteis, e também os mais baratos. Apesar de não serem especialistas para nenhuma condição específica, podem ser adaptadas para melhorarem sua performance, com instalação de itens opcionais como bagageiros, carenagem, encosto de garupa, etc.

São motos indicadas para quem está começando a pilotar ou que vai fazer uso tanto na cidade como em viagens mais curtas.

Cruiser

Consagradas em filmes clássicos de Hollywood, as Cruisers representam um estilo de vida de liberdade, ligado exclusivamente a grandes viagens por rodovias.

São motos robustas e exigem perícia do piloto, já que a posição de pilotagem não é das mais comuns, com os pés para frente e os braços erguidos. Podem levar bastante bagagem e têm uma boa autonomia, mas custam caro e na cidade servem somente para umas voltinhas em dias com pouco trânsito.

Trail

Motos mais altas, equipadas com suspensão reforçada e pneus mistos, próprios para enfrentar uma diversidade de terrenos, desde rodovias asfaltadas a trechos de terra. Estas motocicletas são ideais para quem procura aventuras off road e quer bom desempenho em estradas.

Touring

Luxuosas motocicletas com grande espaço para bagagem e assentos confortáveis, tanto para piloto como para o passageiro. Especiais para grandes viagens, possuem motores potentes de altas cilindradas.

São motos para pilotos experientes, pois são altas e pesadas, além de serem bastante caras. Para seu preço elevado contribuem o bom motor, a carenagem robusta, os materiais de primeira e toda uma gama da mais moderna tecnologia em pilotagem.

Esportiva

Montadas sobre grandes motores de muitas cilindradas e alto gasto de combustível, alcançam velocidades incríveis, mas só servem para isso. São desconfortáveis, pois a posição de pilotagem é para favorecer a aerodinâmica.

As Esportivas são muito desejadas por conta de seu alto desempenho e design arrojado. Ideais para quem quer acelerar bastante em circuitos fechados.

2. Teste a posição de pilotagem

Antes de adquirir uma motocicleta, é imprescindível que se faça um test drive para saber se seu corpo fica bem-adaptado à posição de pilotagem do veículo.

Isso porque cada modelo é projetado para que o piloto se torne parte aerodinâmica da motocicleta. As mais confortáveis para viagens, por exemplo, possuem uma carenagem maior na dianteira e contam com um para-brisa, diminuindo, assim, a força do vento sobre o piloto. Dessa forma, podem oferecer uma posição de pilotagem mais confortável, com postura mais ereta.

3. Confira a altura da motocicleta

É importante que, também no test drive, o piloto se sinta confortável ao subir e descer da moto e, ainda, tenha facilidade em apoiar os pés no chão para ter o controle dela enquanto estiver parada. Para isso, deve-se verificar se a altura da motocicleta é compatível com a altura do piloto.

Para os mais inexperientes, é aconselhável que se busque motos mais baixas. Elas são mais fáceis de controlar nas curvas, por terem o centro da gravidade mais baixo, e dão maior segurança pela facilidade com que o piloto pode apoiar os pés no chão.

Mas se a ideia é enfrentar aventuras off road, então a moto deve ser mais alta, para poder atravessar obstáculos e acomodar uma suspensão mais robusta.

4. Prefira as motos de maior cilindrada

A menos que você seja um iniciante, é mais indicado escolher uma motocicleta com cilindrada alta. Afinal, elas são mais robustas, aguentam mais peso de bagagem e levam com mais conforto piloto e passageiro.

São mais indicadas para pegar a estrada, pois são projetadas para enfrentar a resistência do ar em velocidades mais altas. Além disso, seu alto rendimento facilita eventuais ultrapassagens e a manutenção da velocidade em subidas como em trechos de serra, por exemplo.

5. Considere motos com carenagem

Como já foi dito, a carenagem protege piloto e passageiro do vento e da chuva, além de melhorar o desempenho da moto por criar uma melhor aerodinâmica.

Se o objetivo for fazer viagens sobre duas rodas, prefira motocicletas com boas carenagens, que acolham bem todo o corpo e possuam grandes para-brisas. A diferença será sentida em trajetos mais longos: sem a resistência do vento diretamente no corpo, o desgaste do piloto é bem menor.

6. Pense no assento para o garupa

Algumas motos oferecem mais conforto e segurança para o garupa, com assentos grandes e encostos ergonômicos. Geralmente, as Touring são as que trazem as melhores condições, seguidas das Standards que podem ser configuradas para isso.

Já as motos Cruiser costumam variar. Alguns modelos são projetados para andar a dois, mas uma boa parte deles é pensado para viagens solitárias, sem contar com bancos de passageiros ou oferecendo lugares desconfortáveis.

Mas sem dúvidas as últimas nesse quesito são as Esportivas, afinal, como já foi dito, são projetadas para um bom desempenho em competições.

7. Veja se há espaço suficiente para a bagagem

Se a ideia é utilizar a moto para viagens, é preciso escolher um modelo que venha acompanhado de compartimentos específicos para bagagem ou espaço suficiente para acoplá-las. As motos Touring oferecem bons bagageiros e as Cruisers e Standards possuem kits à venda para adaptá-las.

Mas tenha em mente que esses compartimentos ocupam bastante espaço e deixam a moto com mais peso, tornando-a mais difícil de pilotar, principalmente em ambiente urbano.

8. Escolha o tamanho certo para o tanque

Da mesma forma, é interessante que a autonomia da motocicleta seja levada em conta na hora da escolha. Um dos fatores importantes para uma boa autonomia é o tamanho do tanque de combustível.

Motos próprias para viagens, como as Tourings e as Cruisers, costumam ter reservatórios maiores. No entanto, se o objetivo for pilotar mais em ambiente urbano, o tanque grande pode ser um empecilho, pois deixa a moto mais pesada, o que exige motores mais potentes.

Com essas nossas dicas, fica mais fácil escolher a motocicleta de lazer ideal para o seu caso. Elas são a válvula de escape que muitos usam para tirar o estresse do cotidiano agitado e caótico das grandes cidades.

Aprenda mais sobre o funcionamento de um consórcio para comprar uma motocicleta nova! Leia aqui.