Meu Primeiro Carro

Comprar o segundo carro é possível?

Descubra neste artigo as vantagens do segundo carro e como adquirir o seu.

As primeiras conquistas que alicerçam a vida adulta, falando em termos de patrimônio, são um carro e uma casa próprios e devidamente pagos. Mas esse é, de fato, apenas o passo inicial. Investir, adquirir patrimônio de segurança, garantir estabilidade para o futuro, além de tranquilidade e conforto para a família fazem parte dos outros passos da caminhada.

Quando uma família cresce, um segundo carro se torna uma necessidade. Com filhos indo ao colégio, cônjuges com empregos em lugares distintos e compromissos que muitas vezes são impossíveis de conciliar, nada pior para atrapalhar o dia que contar apenas com um carro para isso. Descubra a seguir as vantagens do segundo carro e como adquirir o seu.

As vantagens de se ter um segundo carro

A resposta mais correta para essa questão seria: inúmeras. Mas elencando algumas, já se torna claro que ter um segundo carro é tanto uma vantagem como uma necessidade:

· Mobilidade: não é preciso que apenas um dos cônjuges fique responsável por levar o outro ao trabalho, filhos ao colégio, fazer compras e assumir compromissos que exigem deslocamento. Além disso, em uma emergência, às vezes é impossível se deslocar com rapidez.

· Segurança: um segundo carro é uma espécie de seguro contra problemas no primeiro. Se um dos veículos der problema, o outro pode dar cobertura, sem que isso prejudique toda a rotina familiar.

· Garantia financeira: carro é patrimônio. Claro que exige manutenção e cuidados, mas é um investimento com o qual se pode contar em momentos de crise.

A compra de um segundo versus o orçamento familiar

Eis o x da questão para muitas pessoas. Depois de pago o primeiro carro, dificilmente as pessoas desejam assumir o compromisso de outro financiamento. Mas entram aí as questões a serem avaliadas. É preciso ponderar com cuidado e pesar na ponta do lápis os gastos que a família tem atualmente, qual a reserva financeira e que tipo de investimento está sendo feito. Então, anote as questões abaixo, pois são dicas fundamentais sobre o assunto:

1. O que estamos fazendo para garantir algum bem ou investimento reserva para momentos de crise?
Se a resposta for: Nada, é urgente rever o orçamento familiar e começar a guardar algum dinheiro ou investir em algo que traga segurança à família.

2. Quais meus custos atuais com deslocamento de todos (filhos, marido, esposa) em suas atividades diárias?
Avalie o quanto isso gera de custo de combustível e o quanto isso está deteriorando — e consequentemente depreciando — o veículo da casa. Considere a quilometragem rodada pelo seu carro, de acordo com o tempo que você o possui e a quantidade de vezes que ele tem exigido manutenção e cuidados. Talvez ele esteja se desgastando muito mais rápido que o devido e é possível que boa parte desse custo possa ser mais bem utilizado na aquisição de outro veículo.

3. Podemos nos organizar financeiramente e investir na compra de um segundo carro?
Toda família necessita ter uma reserva financeira. Se ela for em dinheiro na poupança, ou investido de qualquer outra forma, isso cabe a cada um decidir. Mas é importante, na verdade fundamental, que toda a receita familiar não seja utilizada somente para os gastos do mês. Imprevistos e mudanças inesperadas acontecem para todo mundo e não se pode ser pego desprevenido nessas situações.

4. Vamos querer escolher outro veículo imediatamente ou precisaremos de tempo para pensar a respeito?
Geralmente, essa decisão demanda tempo e uma avaliação da utilização que esse veículo terá. O ambiente em que se mora, o tempo de deslocamento até os compromissos diários, a quantidade de pessoas que utilizará o carro, tudo isso implica em um perfil específico que será o melhor. Outros fatores como o tipo de transmissão e itens de segurança também devem ser ponderados, pois têm muita importância, de acordo com quem deve utilizar o veículo. Serão acoplados acessórios para transporte de itens externos como bicicletas ou pranchas de surf? Algumas pessoas preferem ter dois modelos distintos; um que favoreça a rotina diária e outro mais utilitário, que seja apropriado a passeios e viagens. O modelo tem que ser sempre bem pensado, somando-se todos os fatores importantes para a escolha do mais adequado ao uso e aos utilizadores.

5. Como quero assumir esse compromisso?
Falamos anteriormente no artigo 5 formas de comprar um carro novo sobre as opções para a compra de um carro. As taxas podem ser muito desanimadoras e as políticas de juros dos bancos e montadoras favorecem a aquisição de carros novos (mesmo assim, com taxas bem superiores ao custo de um consórcio). Se você pensa em comprar um carro seminovo, o custo de um financiamento possivelmente será bem mais alto. Além da considerável diferença de custos de um consórcio, ainda há a vantagem do tempo de escolha. Se não há uma definição imediata do perfil de carro que a família necessita, o consórcio permite que o tempo de contemplação seja utilizado para decidir qual é o melhor a ser adquirido. Ademais, antes de tudo, ele é majoritariamente uma forma de poupança programada, um compromisso de poupar e formar uma reserva financeira. Excelente opção para quem não consegue controlar uma poupança sem realizar um saque esporádico.

As opções de pagamento do segundo carro

Retornando à pergunta título desse post, a resposta é: sim. Tanto pode como deve. A construção do patrimônio é uma das garantias de solidez de qualquer grupo familiar.

Sugerimos o consórcio porque é uma forma flexível, segura e de baixo custo. Nenhum orçamento familiar deve ficar comprometido com uma decisão, por melhor que seja.

Os custos considerados na aquisição de um novo veículo, como manutenção, impostos, combustível, devem ser muito bem pensados e previstos enquanto você faz sua reserva financeira através do pagamento do consórcio. Isso faz com que sua família disponha de tempo para se programar para a vida com dois veículos.

Além disso, com a carta de crédito na mão, você tem poder de barganha: use-o para comparar cuidadosamente preços e obter descontos ou vantagens.

Querendo comprar um carro? Leia nosso post e veja como um consórcio de carro pode ser a solução ideal para ter seu veículo agora!