Meu Primeiro Imóvel

6 dicas fundamentais para comprar um imóvel na praia

Pensando em comprar um imóvel na praia? Veja se essa é a hora certa com as nossas dicas!

Ter um imóvel na praia é o sonho de muitas famílias, afinal, não há nada mais gratificante do que construir memórias felizes e proporcionar bons momentos de lazer e descanso para os amigos, filhos e parentes.

Mas como escolher um bom imóvel ou, até mesmo, saber se está na hora de fazer esse investimento? Continue lendo o nosso post e descubra a resposta para essas e outras perguntas!

Está na hora de comprar um imóvel na praia?

Acordar cedo de manhã, sentar na varanda e contemplar a paisagem. Quem nunca sonhou em levar uma vida tranquila e poder sentir a deliciosa brisa do mar quando bem tiver vontade?

Apesar de parecer um sonho tranquilo, comprar um imóvel na praia exige prudência e planejamento. É preciso considerar, por exemplo, que a casa ou o apartamento terão custos mesmo quando não forem usados.

Saiba o perfil da sua família

O primeiro ponto a ser considerado para saber se está na hora de comprar um imóvel na praia é a sua própria família.

Vocês têm o costume de viajar em finais de semana ou tirar mais de um período de férias por ano? Ou seus filhos gostam de ir à praia ou já estão naquela fase em que preferem viajar com os amigos?

Para quem tem família grande ou gosta de mais privacidade e liberdade, uma casa ou apartamento na praia podem ser perfeitos para passar as férias ou, até mesmo, dar aquela escapadinha da rotina corrida.

Considere uma possibilidade de investimento

Um imóvel na praia também pode ser interessante como opção de investimento. Nas temporadas em que a sua família não quiser frequentá-lo ou quando a escolha de viagem for para outro destino, é possível alugá-lo para outras famílias.

Nesse sentido, o próprio imóvel pode funcionar como fonte de renda para a sua manutenção e, inclusive, para custear outras despesas da sua família.

Outra possibilidade ainda é comprar um imóvel já considerando a sua venda em um momento futuro. Dessa forma, a sua família pode desfrutar dele agora e, quando as crianças ficarem mais velhas, por exemplo, colocá-lo a venda para obter lucro sobre o investimento realizado.

Como escolher o imóvel certo na praia?

Se você já fez todas as avaliações que precisava para tomar a decisão e está certo de que comprar um imóvel na praia é uma excelente opção para a sua família, chegou o momento de conhecer algumas dicas para fazer a escolha certa. Confira:

1 - Pesquise o local

Tudo começa com a pesquisa do local mais adequado para procurar os imóveis. É importante considerar fatores como a importância que a proximidade da praia tem em relação ao local em que vocês moram e a facilidade de acesso às estradas e comércio.

Verifique se há transporte público, estabelecimentos para fazer compras e comer e, até mesmo, farmácias e proximidade de hospitais.

Também é fundamental conhecer a vizinhança e entender como é o movimento em determinadas épocas do ano. Regiões muito movimentadas e barulhentas durante o verão, por exemplo, podem incomodar a sua família ou diminuir os níveis de segurança.

2 - Escolha entre casa ou apartamento

Depois de ter definido o local do imóvel, chegou o momento de escolher entre uma casa ou um apartamento.

Enquanto o apartamento tem a vantagem da segurança a favor, uma casa pode ser mais interessante para quem tem a família grande, pretende receber muitos amigos ou, até mesmo, gosta de dar festas.

Se, ainda assim, a segurança for um fator decisivo na escolha, pode valer a pena olhar algumas casas em condomínios fechados.

3 - Consulte especialistas

Contar com a ajuda de um corretor de imóveis será de grande importância durante todo o processo, principalmente se você não conhece bem a região em que pretende comprar a casa ou apartamento.

Além disso, é imprescindível fazer uma vistoria para avaliar a fundo as condições do imóvel para evitar surpresas desagradáveis, como problemas com infiltrações ou cupins.

Lembre-se de que imóveis na praia costumam estar mais suscetíveis a danos, por isso, todo cuidado é pouco.

4 - Levante todos os custos

É muito comum sermos levados pela empolgação de realizar um sonho e deixarmos de lado uma análise tão importante como é a dos custos envolvidos. Comprar um imóvel na praia envolve muito mais do que apenas o valor da casa ou apartamento.

Levante tanto os custos do próprio imóvel, como IPTU e condomínio, quanto aqueles envolvidos na transação, como despesas com cartório e documentações.

Saber exatamente quanto você precisará investir para comprar o imóvel ajuda a se preparar melhor para esse momento e a entender se realmente está ou não na hora de apostar em uma casa na praia.

5 - Não tenha vergonha de negociar

Comprar um imóvel na praia é uma negociação e, por isso, nada de ficar encabulado para tentar conseguir uma condição melhor ou ganhar algum desconto.

Para isso, é muito importante que você tenha na ponta da língua todos os tópicos que apontamos até aqui.

Conheça bem o bairro e saiba quais são as limitações e vantagens do imóvel para que você consiga fazer um comparativo com o mercado e propor uma condição que esteja de acordo com o que você pode arcar.

Não há vergonha nenhuma em negociar e, se você souber como fazer, pode acabar até fazendo uma compra altamente vantajosa!

6 - Mantenha os pés no chão

Realizar sonhos e proporcionar bons momentos para a família é uma das melhores coisas que você pode fazer na vida. No entanto, é preciso ser prudente para não acabar transformando esse momento de alegria em um verdadeiro pesadelo.

Mantenha os pés no chão e foque em imóveis que estejam dentro do seu planejamento financeiro. Estude com cuidado todas as possibilidades e procure por opções fáceis e amigáveis para realizar esse sonho, como o consórcio.

Já está decidido que chegou a hora de dar o próximo passo e passar férias incríveis na beira do mar? Então, não deixe de entender como o consórcio pode ajudar a realizar o sonho de comprar um imóvel na praia!