Meu Primeiro Imóvel

Casa ou apartamento: o que é melhor pra você?

Está procurando um imóvel e ainda não se decidiu se quer uma casa ou apartamento? Veja neste post a diferença entre os dois.

Escolher onde morar é uma tarefa desafiadora. É preciso levar em consideração uma série de fatores para que a escolha não resulte em desconforto e insatisfação. Se essa mudança envolve a compra de um imóvel, é ainda mais importante fazer uma avaliação criteriosa, afinal, o investimento não é barato.

Nesse cenário, a principal dúvida que surge é: casa ou apartamento? Continue acompanhando e descubra quais são as vantagens e desvantagens de cada opção!

Vantagens de se morar em casa

A casa é o tipo de imóvel favorito dos brasileiros. Segundo dados do Censo 2010 realizado pelo IBGE, entre os 143 milhões de moradias próprias, cerca de 87% eram casas contra menos de 11% de apartamentos. Essa preferência é justificada por fatores como:

Mais espaço

Tudo bem que há casos e casos, mas na média, uma casa tende a ser maior do que um apartamento. Por ter uma concentração menor de pessoas no mesmo espaço de construção, a casa normalmente possui um layout mais amplo, com mais quartos e mais espaços.

Esse espaço, inclusive, não está apenas dentro do imóvel, já que varandas e quintais contam muitos pontos a favor para quem procura mais conforto na hora de morar.

Não há gastos com taxa de condomínio

Quando você compra uma casa, você não tem qualquer tipo de obrigação que não seja relacionado aos impostos públicos de cada imóvel. Isso significa que você não vai precisar pagar nenhuma taxa mensal — a menos que resida em condomínio fechado.

Com isso, a compra de uma casa tende a ser um investimento único, enquanto com um apartamento você precisará pagar a taxa de condomínio mensalmente.

Maior liberdade

Na sua casa, você faz as suas regras. Se você quiser criar um bichinho de estimação, você pode. Se quiser dar uma festa no quintal ou na varanda, não vai precisar fazer nenhum tipo de reserva. As mudanças e melhorias ficam por sua conta e você é totalmente responsável pelas decisões. Isso gera um senso muito maior de liberdade para quem escolhe essa opção para morar.

Desvantagens de se morar em casa

Nem só coisas boas uma casa oferece. Assim como qualquer imóvel, uma casa também tem suas desvantagens, que incluem:

Problemas de segurança

A sua casa é um ponto mais vulnerável e, portanto, que está mais sujeita a ataques e invasões de pessoas mal intencionadas. Esse problema é ainda mais sério se você passa muito tempo do dia fora de casa ou se a residência não possui nenhuma solução extra de proteção.

É por isso que os donos de casa muitas vezes sentem-se mais inseguros quando resolvem fazer viagens longas, já que a casa fica exposta e sem monitoração.

Maior necessidade de manutenção

Se, por um lado, você tem a liberdade de decidir sobre quais são as melhorias que serão feitas no imóvel, por outro lado você também se torna o único responsável por cuidar da manutenção da casa.

Enquanto a taxa de condomínio paga reparos menores, atualização de fachada e manutenção de áreas de lazer, na casa tudo isso passa a ser função sua, podendo gerar alguns custos a mais.

Vantagens de se morar em apartamento

Já o apartamento é a outra opção viável para quem quer ter seu próprio imóvel. Nas famílias modernas, é uma opção cada vez mais escolhida — até porque, nas grandes cidades, geralmente é mais difícil encontrar casas do que apartamentos à venda devido à grande concentração de pessoas. Morar em um apartamento pode ser uma boa escolha porque tem vantagens como:

Conveniência

Tudo bem que no apartamento você paga a taxa de condomínio, mas isso também gera mais facilidades para o seu cotidiano. A fachada do seu prédio é mudada sem que você precise se preocupar com isso, assim como a segurança é feita por uma equipe contratada pelo síndico.

Detalhes burocráticos sobre o imóvel normalmente são resolvidos mais facilmente e você precisa se preocupar menos com diversos problemas, tais como o monitoramento da rede elétrica e dos encanamentos, por exemplo.

Segurança

Por falar em equipe de segurança, morar em apartamento é uma opção consideravelmente mais segura. Dois motivos levam a isso: o fato de os vizinhos estarem a uma porta ou a um andar de distância faz com que todo mundo cuide um pouco do outro e o segundo fator diz respeito à atuação do porteiro e da equipe de segurança.

Dependendo da altura do seu andar fica mais difícil que qualquer pessoa acesse seu apartamento, assim como é possível dificultar com melhorias na segurança do prédio.

Localização normalmente privilegiada

Com a expansão das cidades, a construção de prédios começou a ser uma necessidade para poder abrigar mais pessoas em menos espaço. Por isso, muitas construtoras e incorporadoras compraram terrenos muito valorizados para realizar construções atrativas.

Isso faz com que as chances de um apartamento estar em uma localização privilegiada sejam maiores e mais convenientes para você.

Desvantagens de se morar em apartamento

Da mesma forma que acontece com a casa, o apartamento também tem lá suas desvantagens. As duas principais são:

Menor privacidade

O fato de normalmente ter pessoas que moram acima e abaixo de você faz com que qualquer barulho que você faça seja ouvido pelos vizinhos. O contrário também é verdadeiro — existe uma perturbação praticamente inevitável da sua privacidade.

Necessidade de pensar coletivamente

Ao morar em um apartamento, você deixa de ser a única pessoa com direitos no local. Isso significa que você terá que conciliar suas vontades e necessidades com as de outras pessoas — e isso nem sempre é fácil.

As desvantagens incluem, por exemplo, a intolerância maior a barulhos e perturbações, a necessidade de reservar qualquer ambiente de lazer com antecedência e as tão temidas reuniões de condomínio.

A escolha entre casa ou apartamento

Como deu para notar, casa e apartamento são dois imóveis semelhantes e complementares: a vantagem de um aparece na desvantagem de outro. Por isso, é impossível afirmar categoricamente que uma opção é melhor do que a outra.

O que existe é um perfil adequado para cada caso. Se você tem filhos pequenos, uma casa pode ser a opção mais adequada para uma maior qualidade de vida. Por outro lado, o apartamento pode ser ideal para mais opções de lazer e mais segurança.

Caso você queria mais conforto, a casa costuma ser a mais indicada, enquanto mais comodidade é encontrada no apartamento, em geral. Na dúvida entre casa ou apartamento é preciso entender que ambas as opções possuem vantagens e desvantagens relativas à segurança, custo, comodidade e independência.

A opção perfeita para você é aquela que melhor se encaixar ao seu orçamento, às suas necessidades e às suas projeções para o futuro, sendo, portanto, uma decisão totalmente personalizada.

Aproveite e conheça mais sobre o consórcio imobiliário e saiba porque essa opção vale a pena!