Meu Primeiro Imóvel

Consórcio de imóveis: tudo o que você queria saber

Separamos as dúvidas mais comuns sobre consórcio de imóveis para você realizar o sonho da casa própria.

Mais do que nunca os consórcio de imóveis estão em alta: a procura por essa modalidade de compra subiu 41,7% no período entre janeiro e dezembro de 2015, segundo dados da Associação Brasileira das Administradoras de Consórcios - Abac. Como comprar bens de alto valor de forma parcelada faz parte da cultura do brasileiro, isso não surpreende. Ainda mais ao se pensar nos juros em plena ascensão e no pouco crédito imobiliário restrito para aquisições.

Elaboramos esse guia para esclarecer as principais dúvidas sobre consórcio de imóveis.

Prossiga a leitura!

Consórcio de imóveis: o que é

Consórcio de imóveis é a união de pessoas física e/ou jurídica com um objetivo comum: juntar recursos para usar com aquisições imobiliárias, construção ou reforma de imóvel. São formados grupos, e estabelecidos os valores das contribuições de cada um dos membros para uma poupança a ser formada. É esse dinheiro investido que será usado para a contemplação do consorciado, que receberá uma carta de crédito no valor contratado.

Cota de consórcio

É a parte com a qual um integrante de um grupo de consórcio irá contribuir para reunir os recursos suficientes para a compra de um bem. Essa participação é identificada nos sorteios e lances por um número, o número da cota.

O que significa o prazo de um grupo

O prazo de um grupo é o tempo que ele durará, ou seja, o número de meses máximo estabelecido para pagamento da sua cota. Você poderá reduzir o prazo de pagamento com antecipações de parcelas.

O que é a contemplação

Contemplação é a entrega ao participante de um grupo de sua carta de crédito. Participar de um consórcio dá direito a duas chances mensais de contemplação: por sorteio da cota, ou pela oferta de pagamento antecipado de prestações, chamada lance.

Como ocorre a contemplação

A contemplação acontece nas assembleias, que são reuniões mensais nas quais são feitos os sorteios e ofertados os lances de um grupo, com a finalidade de ter a cota contemplada.

Regras para sorteios e lances

Os sorteios acontecem periodicamente, e deles participam todos os integrantes do grupo que atendam as regras pré-estabelecidas em contrato. Já o lance é uma escolha: você pode ou não fazê-lo. Para ele, também não existe segredo: você oferece um valor que concorrerá com os demais lances. Se o seu for mais alto, será vencedor e ocorrerá a contemplação da sua cota. Lembre-se de que, para estar apto a concorrer nas assembleias de sorteio e lance, você deverá estar em dia com os pagamentos das parcelas.

Consórcio em andamento: é possível entrar

Quando os grupos já estão em andamento, ainda assim é possível aderir a um consórcio. Junto à própria administradora, ou de alguém que pretende transferir uma cota.

Valor das prestações: como é calculado

A prestação de um consórcio refere-se ao valor com que cada consorciado contribuirá para a compra do bem que motivou a formação do grupo, dividida pela quantidade de tempo máximo do grupo que você aderiu.

Ou seja: se você entrar em um grupo para a compra de um apartamento de R$ 75 mil, e o consórcio for de 100 meses, as parcelas terão valor de R$ 750 + taxa de administração + fundo de reserva.

Entenda essas taxas:

1. Taxa de administração: é a taxa que o consorciado paga à administradora em função dos serviços que ela presta.

2. Fundo de reserva: serve para garantir o andamento do grupo, especialmente em casos do não pagamento de prestações por alguns de seus consorciados.

Cobrança de juros na compra de imóveis por consórcio

Não existe nenhum tipo de juro embutido na compra de um imóvel por meio de consórcio. Como é uma compra programada, é totalmente livre de juros, proporcionando ao consorciado condição de ter o valor de um imóvel à vista em um prazo pré-determinado.

Quem regulamenta o funcionamento dos consórcios

O Banco Central é o responsável por regulamentar e fiscalizar os consórcios brasileiros. A entidade mantém um ranking de acesso público com dados sobre os consórcios no país, do qual consta o número de clientes de cada consórcio, assim como outras informações.

O que é preciso para comprar o imóvel por consórcio

Depois de aderir a um consórcio, e a cota ser contemplada (por sorteio ou lance), o processo é simples e rápido: é realizada uma análise dos documentos do imóvel e do crédito do consorciado. Concluída essa etapa, o crédito será liberado, e a compra poderá ser concretizada.

Imóveis com preços diferentes do valor da cota contemplada

Consórcios permitem a compra de bens imóveis com valores maiores ou menores que o da cota contemplada. Quando acontece a compra de um imóvel de valor maior, basta completar esse valor. Se o imóvel custar menos, a diferença de preço reverterá a favor do consorciado, na forma de quitação de parcelas correspondentes a essa diferença.

Reajuste de parcelas

No consórcio de imóveis, os reajustes acompanham a variação de preço do imóvel que objetivou a formação do grupo. É um fator externo, que tem seus próprios índices baseado no mercado da construção civil.

Seguros inclusos no consórcio de imóveis

Seguros de vida e invalidez permanente costumam ser feitos pelas administradoras de consórcios para assegurar os consorciados, e a continuidade do grupo.

O que é possível fazer com a carta de crédito

Com a carta de crédito na mão, é possível comprar imóveis, reformar, construir, adquirir terrenos e até mesmo quitar financiamentos que o consorciado já tenha contratado.

Uso do FGTS

É prevista a possibilidade de utilização do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço para quitar parcelas de um consórcio de imóveis, e para servir de lance. Isso, segundo as regras de utilização do Fundo.

Adquirir um consórcio é uma decisão inteligente a tomar por quem quer um imóvel e não pretende pagar muito mais do que ele realmente vale, aderir a um consórcio de imóveis é vantajoso de diversas maneiras. Ao programar a compra, e poder fazê-la à vista, quem entra em um grupo de consórcio estará se livrando da cobrança dos altos juros praticados pelo mercado, que encarecem muito qualquer tipo de imóvel.

A aquisição de imóvel exige cuidados antes, durante e depois da compra. Leia o nosso post e evite dores de cabeça!