Meu Primeiro Imóvel

Investimentos seguros: aplique em imóveis e fuja dos riscos!

Já pensou em investir em imóveis? Leia nosso post e descubra formas seguras de investimento.

Você sabia que uma das melhores estratégias para aumentar sua renda é aproveitar bons investimentos e lucrar com eles? Existem muitos investimentos que podem ser considerados seguros: Letras Financeiras do Tesouro (LFTs), Letras de Crédito Agrícola (LCAs), Letras de Crédito Imobiliário (LCIs), Notas do Tesouro Nacional série-B (NTN-Bs).

Quer outra dica de um investimento seguro? Imóveis!

Isso mesmo, o setor imobiliário oferece um terreno fértil para investimentos de baixo risco e altamente rentáveis. Claro que você precisará aprender mais sobre ele, mas não é algo tão difícil se você se interessar e desenvolver suas habilidades.

Neste post, veja formas seguras de investir em imóveis e sair ganhando!

Imóveis na planta

Uma das formas de investir no segmento imobiliário é comprando imóveis na planta para depois vender — muitas pessoas de visão têm feito isso. É possível comprar apartamentos ou casas na planta pagando um preço mais baixo e revendendo, mais tarde, para terceiros com lucros.

Claro que não é recomendável ir comprando qualquer imóvel na planta. É preciso avaliar critérios como: localização do imóvel; construtora responsável pelo empreendimento; demanda por imóveis na região e sempre comparar preços.

O segredo é ganhar com a valorização do imóvel ao longo do tempo. Logo, depois de comprar um imóvel na planta é bom revendê-los 1 ou 2 anos após o começo das obras.

Imóveis comerciais

Outra tendência bem evidente é o aluguel de imóveis comerciais. São muitos os profissionais que procuram abrir um escritório, clínica, consultório, um ponto de trabalho. Dessa forma, as salas comerciais são muito procuradas por profissionais recém-formados e mesmo por outros com anos de experiência, mas que ainda não compraram seu ponto comercial.

Nesse sentido, aparecem os coworkings (escritórios compartilhados) que reúnem um grupo de pessoas que atuam na mesma área. Ou mesmo prédios que agrupam profissionais de áreas diferentes, mas são exclusivamente comerciais. Há ainda a possibilidade de vender/alugar para pessoas que desejam abrir um bar ou restaurante, uma loja de assistência técnica ou de confecções, e assim por diante.

De preferência, os imóveis comerciais devem estar bem situados, próximo ao centro ou a outros locais de muita movimentação.

Imóveis usados

Outra estratégia para investimentos seguros é comprar imóveis usados, reformá-los e colocá-los à venda novamente, ganhando lucros. Claro que no preço de venda você deve embutir seus gastos e considerar uma margem de lucro satisfatória. Isso não é tão difícil, visto que os imóveis tendem a sofrer valorização.

Um imóvel deteriorado realmente é pouco atrativo, mas depois de uma boa reforma, que dê a ele uma nova aparência, integrando-o ao estilo moderno, a coisa muda de figura.

É bem provável que assim que termine sua reforma e coloque a placa de venda, já apareçam pessoas interessadas em comprar. Dessa forma, o investimento é de curto prazo.

Áreas que prometem passar por valorização

Quando o investidor tem ampla visão estratégica, ele foca no futuro. Certos apartamentos, casas ou sobrados podem hoje não valer nada devido ao mau estado e a uma localização precária. Mas é preciso considerar: quais as perspectivas para a região em questão?

Muitos bairros ou regiões pouco valorizadas passam por alta valorização quando se asfalta a estrada ou abrem uma empresa de porte nas imediações; ou quando constroem uma escola ou desenvolvem determinado serviço público (transporte, saneamento, etc.).

Nesse caso, o investidor pode comprar um imóvel usado, ou mesmo novo, e lucrar com ele depois de alguns anos. Quando a região começar a melhorar, a demanda por moradia na região cresce e é o momento de ganhar com seu investimento. São vários os casos de moradores que adquiriram um imóvel em região periférica e, com o tempo, tiveram seu imóvel muito valorizado por causa das mudanças.

Imóveis para alugar

Outra dica é investir em imóveis para alugar. Avalie a região onde mora e veja quais tipos de imóveis são mais procurados para alugar. As pessoas podem procurar salas comerciais, como já foi dito. Porém, podem procurar também casas mais populares para moradia, casas de praia ou localizadas em pontos estratégicos para passar as férias, quartos para passar a noite ou o dia (pensões e hotéis). Os estudantes que fazem cursos em universidades fora de sua cidade precisam alugar um quarto ou o próprio apartamento para morar.

Terrenos

O terreno pode ser um investimento seguro em curto, médio ou longo prazo — eles também são imóveis e podem ser lucrativos. Por exemplo: você pode comprar um terreno e alugá-lo para uma empresa fazer publicidade de seu negócio, com outdoors ou banners. Poderá também construir uma casa e alugá-la ou até vendê-la.

Será capaz ainda deixar seu terreno lá e, após alguns anos, vendê-lo com grandes lucros devido à valorização do próprio terreno e da região. Outra opção é o loteamento. É comum também que grandes construtoras ou incorporadoras adquiram terrenos, nem sempre tão bem localizados, a fim de investir e fazer grandes construções.

Invista com pouco dinheiro

Muitas pessoas acham que é preciso grandes fortunas para investir em imóveis. Há investidores que, com pouco ou nenhum dinheiro, investem em imóveis financiados ou consorciados. A aquisição de lotes em condomínios e imóveis na planta por meio da alavancagem tem dado certo para muitos investidores. É preciso tomar certos cuidados para não se endividar demais, mas as oportunidades existem.

Faça um consórcio

Completando o tópico anterior, vale falar sobre os consórcios imobiliários. O consórcio imobiliário é uma forma eficiente de aumentar o patrimônio. No consórcio, você tem o poder de compra garantido, disciplina o uso de seu dinheiro e tem oportunidades de antecipar sua contemplação por meio dos sorteios e lances.

lance embutido é o mais usado pelos investidores para receber logo a sua carta de crédito e comprar seu imóvel. Com ele, o consorciado oferece uma parte de sua própria carta de crédito como lance.

Assim, ele compra um imóvel de menor valor, aluga-o e paga o restante do consórcio com as mensalidades do inquilino.

Como você pretende investir seu dinheiro? Já investe em imóveis? Já fez um consórcio imobiliário? Deixe sua opinião sobre o post e como faz seu investimento seguro!