Planejamento Financeiro

Planejamento financeiro pessoal: 10 dicas para comprar um imóvel

Fazer um bom planejamento financeiro pessoal é essencial para a compra do primeiro imóvel. Confira algumas dicas aqui!

Comprar um imóvel próprio é o sonho de muitos brasileiros e, no cenário atual que estamos vivendo no país, este pode ser um excelente momento para realizá-lo, afinal, o mercado imobiliário tem muita oferta de imóvel e está mais flexível à negociação.

No entanto, para realizar esse sonho e aproveitar as oportunidades do mercado, é preciso fazer um planejamento financeiro pessoal adequado para não ser pego de surpresa no futuro. Pensando nisso, no post de hoje, listamos dez dicas que vão te ajudar a se planejar para conquistar sua casa própria. Confira!

Monitore suas receitas e despesas

Essa pode parecer uma tarefa chata, mas acredite, ter o controle de quanto você ganha e saber exatamente quais são suas despesas mensais é muito importante para o planejamento financeiro pessoal.

Registre todos os seus gastos em uma planilha, dos menores aos maiores, juntamente com o salário e outros tipos de renda. Dessa forma, você consegue ter uma visão melhor sobre como está gerindo o seu dinheiro e o que pode cortar para economizar mais.

O bom de manter uma planilha mensal de despesas é que, muitas vezes, descobrimos que o nosso maior gasto é justamente com as menores coisas.

Pesquise muito antes de comprar

Essa dica vale tanto para o planejamento financeiro pessoal quanto para a compra do imóvel! Realize uma pesquisa extensa e detalhada, comparando os benefícios e valores de todos os imóveis em que tiver interesse.

Fazendo essas comparações, é possível determinar quais os melhores negócios e não cair na cilada de pagar mais por um imóvel que não vale tanto assim.

Em relação às finanças pessoais, a pesquisa de preços te ajuda a encontrar as melhores promoções e, assim, a economizar bastante. E isso significa mais dinheiro na conta para usar na compra do imóvel!

Pague à vista sempre que possível

Fazer compras à vista tem três grandes benefícios: você foge das compras por impulso, evita gastar mais do que tem e, ainda, pode conseguir excelentes descontos.

A ideia, aqui, é simples: se você não tem o dinheiro agora, isso quer dizer que não é o momento de comprar, ou que você precisa considerar um pouco mais se essa realmente é uma compra necessária.

Além disso, muitos estabelecimentos dão desconto maiores quando você paga à vista — e em dinheiro — do que quando passa o cartão de débito ou crédito.

Trace metas para alcançar seu objetivo

Apenas o fato de ter o objetivo de comprar um imóvel não é suficiente para que você consiga alcançá-lo. As metas são muito importantes para transformar esse objetivo em números, tornando mais fácil de visualizar o que você precisa fazer e quanto ainda falta para chegar lá.

Portanto, faça uma estimativa de quanto você precisa poupar por mês e qual o valor que você precisa ter na conta para dar de entrada no imóvel e, então, siga essas metas à risca!

Seja realista em seu planejamento financeiro

Traçar metas e objetivos é uma parte muito importante do processo de compra de um imóvel, porém é preciso ser realista e muito cuidadoso ao fazer isso. Afinal, não há nada pior do que acreditar em um cenário muito otimista e, quando chegar a hora, perceber que nada daquilo que você havia imaginado aconteceu.

Quando for fazer o seu planejamento financeiro e estimar as metas, tente considerar sempre um pouco abaixo do previsto. Assim, se você estima que consegue guardar mil reais por mês, faça os planos considerando 10% a menos desse valor. Afinal, nunca se sabe quando teremos uma emergência. Por isso, não é bom contar com 100% do dinheiro o tempo todo.

Compre apenas o que você precisa

Será que você precisa mesmo de um celular novo, sendo que o seu ainda funciona perfeitamente? É realmente necessário comprar mais uma calça jeans?

Nós precisamos de muito menos do que imaginamos para vivermos bem e sermos felizes. Antes de comprar alguma coisa por impulso, pare e pense por um minuto se isso realmente é necessário para você, nesse momento? Será que não vale a pena guardar esse dinheiro para comprar seu imóvel?

Poupe 30% da sua renda

Comece, desde já, a se habituar com as parcelas que terá que pagar durante o financiamento ou consórcio do imóvel, poupando 30% de sua renda todos os meses. Além de te ajudar com todos os itens anteriores, esse é um hábito financeiro saudável e que será muito útil no futuro.

Informe-se sobre investimentos

Investir também faz parte do planejamento financeiro pessoal. Você pode aumentar a sua renda investindo parte do que poupar em algum fundo financeiro próspero!

Leia bastante sobre o assunto e fique atento às movimentações do mercado. Comece com as opções menos arriscadas, e vá evoluindo conforme for aprendendo e se sentindo seguro.

Pesquise opções de consórcio

O financiamento, muitas vezes, acaba sendo a primeira e única opção que consideramos quando queremos comprar um imóvel. No entanto, existem outras boas opções como o consórcio, que podem ser muito mais vantajoso.

Quando você faz um consórcio, não há necessidade de dar um valor de entrada. Você paga apenas parcelas mensais para a administradora e, quando for sorteado, poderá comprar a casa.

A vantagem é que as taxas de administração costumam ser menores do que os juros do financiamento, você pode usar o seu FGTS e há, ainda, a possibilidade de dar um lance no imóvel antes mesmo de ele ser sorteado.

Não ignore totalmente o cartão de crédito

O cartão de crédito é visto por muitos como o vilão do planejamento financeiro pessoal e, realmente, aconselhamos você a preferir o pagamento à vista. No entanto, quando utilizado de maneira correta, o cartão de crédito pode ser muito benéfico.

Antes de mais nada, pesquise no mercado as opções de taxas oferecidas pelos bancos. Atualmente, há alguns bancos que possuem taxas muito baixas ou, até mesmo, que não cobram anuidade.

Outro benefício do cartão de crédito é a possibilidade de acumular milhas para viagens e efetuar compras parceladas sem juros. Mas muito cuidado! Não saia comprando aquilo que não for necessário, ou que você não tem condições de pagar no momento.

Comprar um imóvel é um sonho possível de ser realizado, desde que haja um bom planejamento financeiro pessoal, controle e foco nos objetivos. Economizar em casa, independente do quão pouco possa parecer, já é o início de uma organização financeira de sucesso!