Meu Primeiro Carro

Como trocar pneu de carro? Aprenda agora com esse passo a passo!

Fica nervoso só de pensar em trocar o pneu do carro? Veja como essa tarefa pode ser simples com nosso passo a passo!

Você ouviu um barulho estranho e o carro perdeu estabilidade? É possível que o pneu tenha furado. Mas e agora? Essa pode ser uma situação tensa para vários motoristas, especialmente para os que não têm muita experiência.

Se essa é a sua situação, fique calmo! No susto, pedir ajuda a alguém próximo pode ser sempre uma alternativa, mas aqui selecionamos 8 dicas de como trocar o pneu de carro com segurança e facilidade para lhe ajudar. Acompanhe o passo a passo e faça você mesmo!

Passo a passo para trocar pneu do carro

1. Pare o carro

Se você percebeu que o pneu furou, não tenha dúvidas, pare o carro! Alguns motoristas insistem em seguir dirigindo por imaginar que o prejuízo é pequeno, mas a verdade é que um simples pneu furado pode desestabilizar o veículo e causar um acidente.

Além disso, caso o automóvel continue rodando, o seu problema pode deixar de ser apenas um pneu furado e pode se tornar uma roda torta, o que faz o prejuízo ser bem maior.

2. Sinalize corretamente

Se estiver na estrada, vá imediatamente para o acostamento. Se estiver em via urbana, tente parar em uma rua menos movimentada, mas não se esqueça da dica anterior: não ande muito com o pneu furado para não estragar a roda.

Seja lá onde você tiver que parar, sinalizar que o seu carro está com problemas é primordial. Coloque o triângulo na distância adequada e, se você ainda não se sentir seguro, procure galhos de árvores para chamar mais a atenção dos motoristas que passarem.

3. Confira o estepe

É importante estar sempre atento ao pneu reserva do seu carro. Na ocasião da revisão, não esqueça de verificar se o estepe está em bom estado de uso, sem furos ou careca, para que na hora de utilizá-lo, você não tenha surpresas desagradáveis.

Também não esqueça de mantê-lo calibrado. O ideal é que sempre quando você for encher os pneus do seu carro, verifique a situação do estepe e o calibre, se necessário.

4. Use o macaco

De acordo com a Resolução 14/98 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), a ferramenta conhecida popularmente como macaco, utilizada para levantar o carro e facilitar a troca do pneu, é obrigatória a todos os veículos. Mas fique tranquilo, para utilizá-lo não é necessário força ou experiência, já que contém uma alavanca lateral que, ao ser girada, levanta levemente o automóvel do chão.

Ele deve ser colocado exatamente no meio do carro, do mesmo lado em que ocorreu o problema com o pneu. Não é preciso levantar muito o veículo, basta que a roda em questão não toque o chão.

5. Folgue os parafusos

Outra ferramenta importante nesse processo é a chave específica utilizada para retirar os parafusos da roda em que o pneu furado está. O uso dela também não exige muita força, basta que você gire no sentido contrário ao da roda e use o peso do corpo para soltar as porcas.

6. Troque o pneu

Depois que retirar os parafusos, é a hora de tirar o pneu furado e colocar o estepe, que estava guardado na mala do carro. Encaixe perfeitamente nos espaços disponíveis da roda e reinsira os parafusos utilizando a chave que foi citada no item anterior.

Tenha bastante cuidado na hora de colocar o pneu, confira se ele está alinhado com a roda e coloque os parafusos alternadamente. Fique atento para que um parafuso não fique mais apertado que os demais, pois isso pode causar problemas posteriormente. Não se preocupe, é fácil perceber quando um está mais apertado ou folgado, mas lembre-se de checar com atenção.

7. Retire o macaco

Se você já fez a checagem, percebeu que os parafusos estão adequadamente colocados e o pneu está alinhado, dê mais uma olhada nos demais pneus, se tudo estiver ok, está na hora de retirar o macaco e seguir viagem.

Para retirá-lo, gire a engrenagem no sentido oposto, devagar, até que você seja capaz de retirar a ferramenta de debaixo do carro. Se possível, limpe-o e depois devolva ao porta-malas.

8. Guarde as ferramentas

Agora que você trocou o pneu, lembre-se de cuidar de todas as ferramentas e guardá-las no lugar para que em uma próxima necessidade esteja tudo pronto para uso. Leve o pneu furado junto, na maior parte dos casos ele pode ser recuperado, o que evita o gasto com um novo.

E agora, conseguiu fazer a troca do pneu e seguir o seu caminho? Viu, não é assim tão difícil, o procedimento é simples, basta ter as ferramentas necessárias e aprender a usá-las com cuidado, além de ter o estepe sempre pronto para a troca e estar em um lugar que tenha o espaço mínimo para o trabalho.

Conheça outros procedimentos de segurança

Há outros procedimentos importantes que devem ser feitos com frequência para evitar acidentes ou problemas posteriores, e que ainda ajudam a segurar a direção no caso de o seu pneu furar. Confira!

Alinhamento

Se o volante está puxando para um lado ou outro, isso pode significar que o carro está desalinhado, ou seja, os ângulos dos pneus estão diferentes ou as bordas estão mais desgastadas em uma ou mais rodas.

O alinhamento precisa ser feito regularmente para que o veículo não fique pendendo para um dos lados, o que também evita que o pneu fure com facilidade, já que evita o desgaste irregular da borracha. Além disso, pode auxiliar, inclusive, na economia de combustível.

Balanceamento

O balanceamento é o procedimento feito para equilibrar as rodas do carro. Dá para perceber quando é a hora de balancear o veículo, pois o volante, o assento, o piso, e até as portas vibram, e o automóvel começa a fazer um barulho constante.

Geralmente o carro deve passar por ambos os procedimentos a cada 10 mil quilômetros. Além disso, eles precisam ser feitos nas quatro rodas, porque não é possível balancear ou alinhar somente uma delas. Por isso, esteja atento ao modelo do seu veículo e não se esqueça de ler o manual para aumentar a durabilidade do seu bem.

Agora que você já sabe como trocar pneu de carro, pode ficar mais tranquilo para cair na estrada ou ajudar alguém em uma necessidade. Como visto, é mais sobre técnica e experiência do que sobre força. Por isso, basta conhecer os passos e treinar o uso das ferramentas.

Gostou do nosso passo a passo e quer continuar se informando? Confira também qual é a vida útil de um pneu e quais cuidados tomar com esse item!

As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.