Meu Primeiro Carro

Levar cachorro no carro: aprenda a forma correta e segura para isso

Confira os cuidados necessários para levar seu cachorro no carro de forma segura e aproveite ao máximo os passeios!

Você e seu carro estão prontos para viajar? Mas e seu pet? Antes de mais nada, é importante saber como levar cachorro no carro de forma segura e de acordo com as leis de trânsito, ok? Afinal, andar com o bichinho solto pode atrapalhar quem está na direção, causar acidentes e até mesmo aumentar o risco dele se machucar! Aliás, a prática não é somente arriscada como também é considerada uma infração, podendo ter como consequência multa e pontos na carteira. Melhor se informar sobre o assunto para fazer tudo como manda o figurino, certo?

Para evitar que esses problemas aconteçam com você, acompanhe nosso post de hoje e descubra as maneiras corretas de transportar seu cãozinho no carro! Vamos lá?

Por que o cachorro não deve ficar solto?

Em primeiro lugar, levar cachorro no carro e deixá-lo solto é perigoso e imprudente. Nesse cenário, caso ocorra uma freada brusca, por exemplo, ele pode se ferir ou machucar o motorista e os demais passageiros.

Além disso, transportá-lo da maneira adequada faz com que ele se sinta bem durante a viagem, evitando que escorregue em descidas, subidas ou curvas. Quanto mais o animal se sentir seguro e tiver uma boa experiência durante o trajeto, maiores são as chances de ele reagir bem e não sentir enjoo quando andar de carro.

Lembre-se ainda de que essa é uma questão de segurança relevante. Caso você não siga as orientações necessárias, poderá receber punições que vão impactar suas finanças pessoais.

Quais são as infrações e multas aplicadas?

Como dissemos, o transporte correto do animal no carro é obrigatório. O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) deixa isso bem claro em alguns artigos, como os indicados a seguir:

- o artigo 252 estabelece que é proibido dirigir com animais nos braços ou nas pernas;
- o artigo 235 considera infração grave transportar animais nas partes externas dos veículos, salvo nos casos devidamente autorizados.

No primeiro caso, a multa pode ser de 130 reais, com a aplicação de 4 pontos na carteira. Já para a segunda infração, o valor fica em cerca de 195 reais mais 5 pontos na carteira.

Vale ressaltar ainda que o cachorro solto no carro pode distrair o motorista. Nesse caso, pode ser aplicado o artigo 169 do CTB, que considera a infração leve, mas exige o pagamento de multa de 88 reais e soma 3 pontos à carteira do condutor.

Como levar o cachorro no carro?

Depois de entender a importância de não levar cachorro solto no carro e conhecer as consequências disso, chegou a hora de descobrir as formas corretas de transportar os pets no seu veículo. Confira a partir de agora 4 possibilidades com a devida explicação de como utilizá-las de forma simples. Vamos falar de:

1. transportador;
2. coleira peitoral;
3. cadeirinha;
4. grade de proteção.

Vamos lá?

1. Transportador

A maneira mais segura de levar cachorro no carro é com a ajuda do transportador, aquela caixinha vazada normalmente feita de plástico e com uma grade de metal na frente. Você pode encontrar diversos modelos e tamanhos nas lojas especializadas em produtos para animais, clínicas veterinárias e até supermercados. Para que a caixa não escorregue no assento do passageiro, prenda-a com o cinto de segurança e empurre o banco da frente para trás, garantindo assim mais estabilidade.

2. Coleira peitoral

A coleira peitoral é outra forma de transportar seu cachorro com segurança no carro, especialmente se ele tiver um tamanho médio. Em vez de ficar apenas envolta no pescoço, essa coleira pode ser colocada ao redor do peito e do tronco do animal, presa ao cinto de segurança do carro. Assim como o transportador, esse acessório pode ser encontrado principalmente em lojas de produtos pet.

3. Cadeirinha

Por sua vez, a cadeirinha é uma ótima maneira de levar cachorros pequenos no carro. Com um formato de saco, ela fica presa tanto ao encosto de cabeça quanto ao cinto no banco de passageiros localizado na parte de trás do veículo. O cãozinho fica dentro da cadeirinha, preso pela coleira acoplada ao cinto. A vantagem é que esse equipamento garante mais proteção e conforto para o animal.

4. Grade de proteção

Por fim, a grade de proteção é um recurso mais utilizado para cachorros de grande porte. Ela é encaixada atrás dos bancos da frente, cobrindo inclusive as laterais internas do carro. Mesmo com esse recurso, porém, é fundamental prender a parte longa da coleira no cinto de segurança a fim de garantir estabilidade ao animal. Como a grade cobre a área lateral do banco dos passageiros, uma grande vantagem é a possibilidade de abrir a janela.

Que cuidados tomar durante a viagem?

Além de conhecer as maneiras de levar cachorro no carro, também é importante ter alguns cuidados durante o passeio ou a viagem com o animal de estimação. Para começar, deixe seu bichinho entrar em contato com o carro parado, permitindo que cheire e ande por todas as partes para que se familiarize com o ambiente.

Depois disso, tente acostumá-lo com o transportador, pois é a opção mais segura. Para tanto, você pode usar petiscos quando ele seguir seus comandos para entrar na caixa. E procure falar em um tom amigável. Se o animal chorar ou tentar roer a grade da caixinha quando estiver lá dentro, espere ele se acalmar antes de liberá-lo.

Mesmo com esse preparo, contudo, alguns cães ainda podem passar mal durante a viagem. Nesses casos, a dica é evitar alimentá-los logo antes de partir. Se o trajeto for muito longo ou se você enfrentar um trânsito ruim, procure fazer pequenas pausas para que ele saia, caminhe, faça suas necessidades, beba água e até coma um pouquinho.

Outras boas recomendações são deixá-lo o mais fixo possível no banco dos passageiros atrás do motorista e abrir um pouco as janelas para melhorar a circulação de ar. No mais, é só ter paciência e evitar brigar com o bichinho caso ele faça algo errado. Tente fazer com que a experiência seja a mais agradável possível. Na pior das hipóteses, se nada disso funcionar, consulte seu médico veterinário.

Gostou de aprender como levar cachorro no carro? Então continue conosco, aproveitando para conferir quais são os cuidados básicos para quem tem animais de estimação em apartamento

As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.