Meu Primeiro Carro

Você sabe quais são as desvantagens e vantagens do carro flex?

Você sabe como funciona um carro flex? Conheça suas vantagens e desvantagens e decida se é uma boa opção para você!

Quem está pensando em comprar o primeiro carro ou já adquiriu um veículo, provavelmente se viu diante da dúvida de levar para casa um modelo flex.

Eles já são maioria entre os populares, mas ainda existem muitos mitos em relação às desvantagens e vantagens do carro flex.

Você entende como funciona o motor desses automóveis? Conhece os pontos positivos e negativos da escolha? Enfim, quer saber se vale a pena optar por um veículo com essa característica? Veja os detalhes que trouxemos neste post e tire todas as suas dúvidas!

O que é um carro flex?

Um motor flex é aquele que consegue funcionar com dois tipos de combustível. Há pouco mais de uma década, os carros andavam apenas com gasolina, por exemplo. Hoje em dia, a maioria dos veículos produzidos no Brasil pode ser abastecida tanto por gasolina quanto por álcool.

A tecnologia flex começou nos Estados Unidos em meados de 1990, chegando ao Brasil em 2003. Ela é consequência da busca constante por fontes de combustível alternativas à gasolina, já que essa opção sofre de crises frequentes no preço e tem um alto poder de poluição ao meio ambiente.

No nosso país, a possibilidade de abastecer o tanque com etanol foi estimulada a cada ano. E, desde o desenvolvimento dos primeiros motores flex até hoje, vivemos grandes avanços. A indústria nacional produz a maior parte de seus carros com essa tecnologia — não importamos veículos flex de outros países.

O funcionamento do motor de dois combustíveis se dá com uso de sensores na injeção eletrônica. Eles são capazes de identificar a opção que está sendo utilizada, bem como a mistura entre álcool e gasolina no tanque. Assim, o carro sabe qual a porcentagem de cada combustível e funciona normalmente com ambos.

Quais são as vantagens desse tipo de carro?

Contribui com o desenvolvimento industrial brasileiro

Como dissemos, a produção de carros flex já é a maior entre as fábricas brasileiras. Assim, o consumidor que opta por essa compra está estimulando as empresas que produzem no Brasil e empregam nossos cidadãos. Isso porque os modelos importados não vêm com essa tecnologia.

Oferece poder de escolha

Uma das principais vantagens do carro flex é ter a liberdade de escolher qual combustível colocar no automóvel. Isso permite que você opte por aquele que está mais viável no momento em termos de preço. No Brasil, conhecido pela instabilidade no valor da gasolina, esse é um benefício e tanto.

O poder de escolha também permite que você aproveite os pontos positivos de cada opção. Em períodos que o proprietário está buscando melhor desempenho durante uma viagem, por exemplo, o etanol é a melhor alternativa, pois o motor responde mais às acelerações. Por outro lado, se o objetivo é autonomia de combustível, a gasolina rende em média 30% a mais.

Quando a busca é por economia, é necessário fazer as contas. Embora o álcool geralmente seja mais barato que a gasolina, nem sempre isso se traduz em vantagem, já que ele rende menos. Por fim, misturar proporcionalmente as duas alternativas é uma ideia interessante para equilibrar as vantagens e desvantagens.

Diminui o impacto ambiental

Um grande problema enfrentando pela sociedade atualmente é o impacto dos combustíveis fósseis no meio ambiente. Infelizmente, somos muito dependentes da gasolina, e isso causa problemas ambientais sérios. Logo, optar por rodar com o carro a etanol é uma visão mais sustentável.

O álcool tem a queima mais limpa, quando comparado à gasolina. Ele também emite menos produtos tóxicos, poluindo muito menos. Além disso, a influência do etanol no efeito estufa não é significativa. Por isso, ele é uma ótima alternativa para quem se preocupa em ser ecologicamente correto.

Reduz o preço dos automóveis

Entre as vantagens do carro flex, há ainda o preço do veículo. Comprar um carro com esse tipo de motor costuma ser mais barato, pois o Governo brasileiro estimula a adoção dessa tecnologia por meio de redução de impostos e subsídios na produção.

Além disso, geralmente os motores flex estão em modelos mais populares, fabricados no Brasil. Isso, por si só, já marca uma diferença no preço em relação aos carros importados ou esportivos de alta performance, que são bem mais caros.

Oferece condições melhores na revenda

Quer outro benefício? O carro flex também conserva mais vantagens na hora da revenda. São modelos que seguram melhor o preço e não sofrem tanta depreciação. Como o mercado valoriza essa tecnologia, os consumidores de carros seminovos preferem adquirir um veículo que tenha o motor flex.

Quais são as desvantagens?

Pode causar danos ao motor

Uma das diferenças entre etanol e gasolina é que o etanol absorve mais facilmente a sujeira. Isso pode gerar problemas no sistema do carro, trazendo danos ao motor ou causando corrosão. Assim, abastecer apenas com álcool por um longo tempo faz com que crostas de substâncias se acumulem no motor.

A permanência dessa sujeira pode ser responsável por problemas como estrago nas velas, danos nos bicos injetores e na bomba ou outros componentes do sistema de combustível. Mas a prevenção desses contratempos é bem simples: basta abastecer com gasolina algumas vezes — ela ajuda a realizar a limpeza do motor.

Pode dificultar a partida a frio

Pessoas que moram em regiões frias precisam, ainda, estar atentas a mais uma dificuldade. Durante o inverno, se a temperatura estiver abaixo de 15 graus, o etanol costuma demorar um pouco para acionar o motor, principalmente se o tanque da partida a frio não estiver preenchido.

Mais uma vez, esse problema também pode ser prevenido pela alternância de combustíveis. Completar o tanque com gasolina ajuda a melhorar o desempenho nos dias frios.

Aumenta o consumo

Abastecer com etanol é ótimo para conseguir uma boa performance do carro e contribuir com o meio ambiente, mas nem sempre é a opção mais barata. Como já falamos, a gasolina rende, em média, 30% a mais que o álcool. Assim, é necessário considerar isso na hora de calcular qual combustível está valendo mais a pena pelo preço.

Agora você já conhece as principais desvantagens e vantagens do carro flex. Para aproveitar o melhor dos motores com essa tecnologia, a dica é sempre alternar entre os combustíveis. Você pode escolher o seu preferido e abastecer com o outro a cada três idas ao posto, por exemplo, ou optar por encher o tanque com os dois de forma proporcional.

E então, este post foi útil? Continue no blog e veja 5 formas de comprar um carro novo!

As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.