Meu Primeiro Imóvel

Aprenda a otimizar o espaço nos cômodos de sua casa

Está a fim de otimizar o espaço nos cômodos da sua casa? Então, este conteúdo pode ajudar você. Confira!

Otimizar o espaço da casa é uma das maiores tendências da atualidade, pois a demanda preza por ambientes internos com dimensões funcionais. Afinal, é sempre bom contar com locais arejados, bem iluminados e confortáveis.

Mas por onde começar a arrumar as coisas? A resposta é simples, basta apenas sair da rotina e ter foco nesse objetivo. Isso porque alguns cômodos demandam maior atenção em seu planejamento e organização para que não fiquem com aspecto confuso ou pareçam menores do que são.

Se você deseja saber como otimizar o espaço da sua residência, confira este conteúdo. Reunimos sugestões interessantes para você colocar em prática agora mesmo. Veja!

Invista em móveis planejados

Os móveis planejados dão elegância e sofisticação ao cômodo, aproveitando cada cantinho. Eles devem ser projetados de acordo com os espaços disponíveis. Isso garante que roupas e objetos sejam guardados em locais apropriados, o que facilita muito na hora de encontrar o que precisa.

Além disso, os móveis planejados permitem que cantos e quinas sejam úteis. Por exemplo, uma estante estreita pode receber prateleiras para acomodar livros. Já na cozinha, é preciso ter uma estrutura para guardar utensílios básicos e eletrodomésticos.

Procure por móveis versáteis

Sabe aquela cama box que tem um baú acoplado? Ou o sofá que vira cama? É disso que você precisa para aproveitar o espaço da sua casa. Quando muitos móveis são colocados, o local fica carregado, portanto essa é uma solução interessante.

Esse tipo de mobiliário harmoniza os cômodos e favorece o ambiente disponível. No lugar de uma mesa de centro convencional, escolha uma que tenha um compartimento. Para as refeições diárias, pense em uma mesa que possa ser aberta ou em um balcão dobrável.

Outra sugestão é a beliche ou bicama para os quartos das crianças ou de hóspedes. Existem ainda camas que podem ser acopladas a mesinhas, ideais para criar um local de estudos. O segredo é avaliar todas as possibilidades multifuncionais na hora de comprar os móveis para casa.

Explore os espaços verticais

Verticalizar é uma forma moderna e eficiente de otimizar espaços. Além de ser prática, ainda deixa a residência estilosa. Utilize estantes e nichos para armazenar objetos e decorar o local. Porém, é necessário priorizar a estética, pois os itens ficarão à mostra. Nada de empilhar de qualquer forma. Outra ideia é colocar ganchos para pendurar blusas, bolsas, casacos, jaquetas e até mesmo sua bicicleta.

Já os armários suspensos são belíssimos e deixam o cômodo mais funcional. Use-os em banheiros, corredores e áreas de serviço. Neles, você pode guardar produtos e ferramentas de forma discreta. As TVs também podem ser instaladas nas paredes, por meio de um painel, o que dá um ar moderno e dispensa o uso de móveis grandes para apoiá-las.

Use espelhos na decoração

Os espelhos geram a sensação de amplitude no ambiente, pois iluminam e dão maior profundidade. Existem várias formas de criar um jogo visual. Coloque um espelho grande em uma parede inteira, ou um menor na vertical ou na horizontal.

No entanto, eles não precisam ficar somente nas paredes. Use também nos revestimentos de mobílias e nas portas. Eles geram sofisticação e destacam os cômodos, fazendo parecer maiores do que são.

Pense em portas corrediças

As portas comuns necessitam de espaço para serem abertas. Já as de correr podem integrar cômodos ao se deslizarem, sem que seja preciso ocupar dezenas de centímetros para o movimento. Elas podem ser acopladas em todos os locais que você quiser, separando ambientes com estilo.

Existem as opacas e as transparentes, que são bem discretas. Também podem ser instaladas em guarda-roupas e armários, economizando bastante espaço. As portas corrediças integram compartimentos internos da casa sem causar poluição visual, além de que melhoram a circulação de pessoas e objetos no local.

Ilumine o ambiente

A luz é indispensável para valorizar a decoração e otimizar os cômodos. Logo, é necessário que os ambientes tenham janelas largas, a fim de aproveitar a claridade natural ao máximo. No que se refere à iluminação artificial, é preciso que sejam instaladas lâmpadas centrais e outras fontes de luz direcionadas a determinados espaços ou objetos.

Um canto do quarto (ou da sala de estar) que esteja desocupado pode ganhar uma nova utilidade com uma poltrona confortável e uma luminária de piso, o que ajuda na concentração. Dessa forma, o local pode ser usado para leitura, por exemplo.

Se quiser, coloque spots de luz no chão para destacar paredes decoradas com quadros, fotos, desenhos e objetos. Deixar coisas bonitas da casa em evidência gera uma sensação de bem-estar.

Uma recomendação que pode mudar as refeições diárias em família é colocar um pendente de fio sobre mesa de jantar. O elemento, por si só, já é um enfeite, enquanto a iluminação focada deixará o móvel mais bonito. Priorize sempre as lâmpadas à base de LED para economizar energia.

Escolha cores claras

As cores neutras (branco, creme, marrom e cinza — todas claras) são mais indicadas para os cômodos, pois favorecem a luz natural e dão leveza aos cômodos. Pinte as paredes com tons sóbrios, já as cortinas, mobílias e tapetes podem ter tonalidades intensas, desde que sigam a padronização do ambiente.

Para não deixar a decoração muito crua, você pode usar cortes fortes em almofadas, enfeites e quadros. Vale ousar em estampas e formas geométricas para deixar tudo mais moderno e atrativo.

Pratique o desapego

Uma das coisas mais gratificantes é abrir mão de coisas que não servem mais, ou seja, aquelas que não têm mais sentido no seu cotidiano, pois facilita muito na otimização de espaço.

Ao praticar o desapego, você obtém mais espaço e pode organizar o seu imóvel com itens realmente úteis e de seu interesse. O que estiver jogado e acumulando sem necessidade pode ser descartado, doado ou vendido, isso inclui acessórios, objetos, eletrônicos, móveis, roupas, calçados e até mesmo a tão temida papelada (documentos vencidos, boletos, faturas, revistas antigas, recibos etc.).

Viu só como é possível otimizar o espaço dos cômodos da sua casa? Basta avaliar as necessidades que você tem e aplicar as sugestões mencionadas neste conteúdo. Assim, seu imóvel ficará mais aconchegante e funcional.

Aproveite a visita ao blog e aprimore seus conhecimentos com essas dicas para decoração de um apartamento pequeno.

As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.