Meu Primeiro Imóvel

Bairro comercial ou residencial: qual a melhor opção para morar?

Veja as diferenças entre os bairros comerciais e residenciais e escolha a melhor opção para investir em um imóvel.

Escolher o imóvel ideal para morar é um passo fundamental na hora de comprar uma nova casa ou apartamento. Mas o lugar onde ele está localizado também influencia muito na qualidade de vida dos moradores.

O que é melhor para você: um bairro comercial ou residencial? Na verdade, o que pode dizer isso são suas prioridades e seu estilo de vida.

Cada uma dessas opções tem suas características, além de vantagens e desvantagens diferentes. A opção ideal é aquela que está mais de acordo com seus hábitos pessoais e as necessidades da sua família. Por isso, vale a pena conhecer as alternativas e entender o que cada uma delas pode trazer de bom.

Quer uma ajuda nessa escolha? Confira o post que a gente preparou para você com informações que devem ser levadas em consideração antes de bater o martelo na compra do imóvel ideal!

Bairro comercial ou residencial: a importância de avaliar as duas opções

Cada família tem suas características próprias. Há aquelas com crianças pequenas e que, por isso, necessitam de escolas e pontos de diversão mais próximos.

Por outro lado, pessoas na melhor idade que preferem sossego e tranquilidade. Existem ainda as pessoas solteiras, que passam muito tempo fora e não se preocupam com barulho ou movimentação. Para elas, lugares para se divertir em família e proximidade com colégios não são aspectos prioritários. Muitas, na verdade, gostam de estar perto de espaços de diversão, onde possam ter momentos de lazer com os amigos e não precisem se afastar muito de casa.

Em todos os casos, ainda é preciso pensar no bem-estar de quem vai morar na casa, levando em consideração questões como a segurança, fugindo de áreas com maior índice de violência.

O fato é que, se você olhar apenas para o imóvel, pode acabar morando em uma ótima casa, do tamanho ideal, mas em um bairro totalmente desagradável, por não atender as suas necessidades.

Bairro comercial: a vantagem de ter tudo pertinho de casa

A princípio, um comprador pode achar que os bairros comerciais não são, por sua própria natureza e dinâmica, os melhores para morar. Mas isso depende, antes de tudo, de suas prioridades.

Se você trabalha o dia todo fora, não vai se incomodar com o barulho das lojas e o movimento de veículos. Além disso, o fato de haver grande circulação de pessoas pode fazer com que uma casa fechada durante o dia fique mais segura em relação a furtos.

Além disso, a proximidade de todo tipo de comércio pode ser muito prática. Você pode contar com:

- farmácias;
- grandes lojas de varejo;
- empresas de material de construção;
- supermercados;
- oficinas mecânicas;
- lojas de ferragens, entre outros.

No fim das contas, morar em áreas comerciais também tem vantagens, viu só?

Bairro residencial: a tranquilidade e a segurança como pontos fortes

Os preferidos na hora de escolher um novo lar são os bairros residenciais. Isso não acontece sem razão, já que a presença de outras famílias, a tranquilidade e os espaços para correr, passear e sair com cães dão um plus na qualidade de vida.

A distância do comércio tem suas vantagens. Uma delas é que a circulação de pessoas à noite é mais equilibrada. As ruas não ficam vazias fora do horário comercial, o que oferece um bom nível de segurança para a família. Além disso, nesses bairros, é comum haver maior disponibilidade de condomínios fechados.

A oferta de produtos e serviços nos bairros residenciais é menor, portanto, vale a pena verificar a distância para os centros comerciais mais próximos, analisando a facilidade de acesso a itens básicos. Pode ser que você encontre algum estabelecimento próximo, afinal, ainda há pontos comerciais muito úteis, como:

- panificadoras;
- pet shops;
- clínicas estéticas;
- farmácias;
- academias, entre outros.

Além disso, dependendo do bairro, pode haver maior disponibilidade de casas com sobra de terreno ou apartamentos mais espaçosos, o que é vantajoso para famílias maiores e para aqueles que gostam de criar animais.

Outros tipos de bairros: áreas turísticas ou boêmias

Mas as opções não se resumem somente aos bairros residenciais e comerciais. Ainda há outras possibilidades que você pode considerar, caso seja do seu agrado.

Um exemplo são as áreas turísticas. As grandes cidades e capitais sempre têm seus atrativos e contam com centros recheados de hotéis, pousadas, entre outros. Neles, geralmente há uma forte presença de restaurantes, por exemplo.

Nas cidades litorâneas, essa região geralmente é próxima à beira-mar. Em locais assim, o movimento à noite é equilibrado e, para quem tem negócios na área ou gosta de estar próximo de atrações turísticas, é uma boa pedida.

os solteiros, ou até mesmo os casais, que gostam de diversão noturna também podem considerar a opção de morar em regiões boêmias, onde a vida noturna é intensa e as opções de boates, bares e clubes são extensas.

No entanto, é preciso ter cuidado: quando você não estiver com muita disposição para as noitadas, pode ser necessário lidar com o barulho, graças ao fluxo de veículos e aos próprios eventos locais. Por isso, não é muito interessante escolher uma casa exatamente onde as coisas acontecem, mas sim nas áreas próximas, onde o acesso seja fácil e ainda seja possível ter alguma tranquilidade à noite.

Como você pode ver, sua escolha não está limitada à dúvida entre um bairro comercial ou residencial. O melhor a fazer é parar para pensar no que você deseja, consultar os outros membros da família e fazer uma escolha acertada, que atenda às necessidades de todos.

Quer mais dicas? Então, confira quando vale a pena investir em uma casa em condomínio fechado!