Meu Primeiro Imóvel

8 dicas de decoração de cozinha para transformar esse ambiente

Está a fim de decorar a sua cozinha para deixá-la mais convidativa e aconchegante? Então, este post é para você!

Saber escolher os móveis e objetos que compõem a casa ou o apartamento é indispensável para o conforto e bem-estar da sua família. Neste post, discutiremos sobre as melhores opções de decoração de cozinha com foco em bom gosto e minimalismo.

Isso porque esse cômodo tem grande importância para a casa e, geralmente, conta com utensílios que ocupam muito espaço. Além disso, precisa ter uma excelente circulação de ar e bom espaço para armazenar mantimentos de uso diário.

A boa notícia é que, com pequenas atitudes e investimentos certeiros, é possível ter uma cozinha bonita, organizada e convidativa. Para isso, é necessário aproveitar todos os cantos disponíveis — inclusive o teto.

Se não tem ideia de como começar, acalme-se! A seguir, apresentamos 8 recomendações incríveis para decorar a sua cozinha e criar um ótimo ambiente. Confira!

1. Diversifique a iluminação local

Cozinhas necessitam de uma iluminação bem planejada. Caso contrário, podem ficar escuras — o que dificulta a execução de atividades básicas, como cortar alimentos, passar café ou preparar um bolo — ou se tornarem visualmente menores, gerando incômodo e a sensação de espaço abafado.

Nesse sentido, além de instalar fontes diretas de luz para diminuir a sombra e clarear o cômodo, você pode colocar luminárias modernas. Fitas de LED, plafons e pendentes são ótimas ideias. Dessa forma, é possível realçar determinadas áreas do ambiente e, inclusive, destacar o seu estilo decorativo.

2. Escolha uma base neutra

Tons claros dão amplitude visual, o que dá impressão de um ambiente maior. Logo, se você deseja fazer uma decoração de cozinha mais discreta, considere a possibilidade de preencher as superfícies com cores neutras e suaves.

Variações como amarelo-claro, bege, branco, creme e cinza são perfeitas para teto, piso e paredes. Ao focar nessas tonalidades, você terá uma boa base neutra para adicionar toques parciais de brilho, de texturas e até de paletas mais vistosas, como azul-turquesa, laranja, vermelho, rosa e roxo.

Vale citar que cores claras refletem a luz solar, gerando uma sensação de espaço aberto e arejado, o que é ótimo para quem costuma ficar um bom tempo na cozinha.

3. Use revestimentos sofisticados

Não é porque o assunto é cozinha que as únicas sugestões de revestimentos são azulejos e porcelanatos. Você pode (e deve) buscar opções que também são utilizadas em locais molhados, com ladrilhos hidráulicos, os pisos cimentícios e as pedras.

Sendo assim, basta ter cuidado com a superfície dos materiais usados no piso. Escolha os que apresentam características antiderrapantes, a fim de evitar acidentes (quedas e escorregões) e garantir mais segurança.

Nas paredes, por exemplo, você pode utilizar peças lisas e mais chamativas tranquilamente. Nesse caso, as pastilhas de vidro agregam mais cor e estilo ao cômodo. Além disso, o catálogo de produtos presente no mercado permite incluir temas decorativos da sua preferência: clássico, colonial, rústico ou industrial.

4. Otimize o espaço com móveis funcionais e prateleiras

Uma dica que parece óbvia, mas que precisa ser reforçada é: não compre móveis sem considerar as dimensões da sua cozinha. Isso porque essas peças podem não se encaixar em suas áreas livres, fazendo com que o ambiente apresente um visual poluído e mal-aproveitado.

Para evitar esse problema, tire todas as medidas necessárias e considere-as antes de comprar algo. Opte por peças funcionas, pois elas ocupam pouco espaço e podem ser utilizadas para diversas finalidades.

Uma ideia de item multiúso é uma bancada que também serve como adega, armário e mesa. Outra sugestão é a estante vazada, que contém compartimentos para guardar eletrodomésticos e pode servir como divisória no local.

Outra dica interessante é aproveitar locais livres das paredes para colocar nichos e prateleiras. Assim, você ganha mais repartimentos para acomodar seus utensílios de cozinha.

5. Aproveite cada cantinho do ambiente

Em geral, o que falta é criatividade para aprimorar o espaço e aproveitar cada centímetro vago. Afinal, mesmo um local compacto tem cantos vazios que podem ser ocupados por ferramentas e objetos.

Já cogitou fixar um suporte de madeira ou de ferro no teto? Essa armação pode conter fileiras de pregos ou ganchos para segurar panelas e frigideiras. Além disso, os ganchos também podem ser fixados dentro dos armários ou nas paredes para pendurar conchas, canecas, panos de prato, peneiras, raladores, entre outros, amenizando o excesso de coisas "jogadas" na cozinha.

6. Adote um jardim ou horta vertical

Já pensou em adicionar plantas na sua decoração de cozinha? Ter plantas em casa é bastante benéfico, pois elas trazem vida para o interior, tornam a temperatura mais amena e melhoram a qualidade do ar.

Uma boa maneira de fazer isso é elaborar uma horta ou um jardim vertical, por meio de suportes aéreos, hangers e treliças. Dessa forma, você traz a natureza para o local e, de quebra, pode ter uma alimentação sustentável, cultivando ervas, hortaliças, temperos e pequenas frutíferas (morangos e tomates).

7. Integre a cozinha a outras áreas

As cozinhas americanas são ótimos exemplos de amplitude residencial, pois apresentam layout funcional e geralmente ficam incorporadas ao cômodo mais próximo, como a sala de estar.

Se o seu imóvel contém uma planta tradicional — que divide os ambientes por paredes —, cogite a possibilidade de retirar essas divisórias. Essa modificação precisa ser avaliada por um profissional, que indicará se determinados alicerces poderão ser retirados sem comprometer toda a estrutura.

Caso não seja possível fazer essa mudança estrutural, tente conseguir amplitude de outras maneiras. Se a cozinha dá acesso à lavanderia ou varanda, por exemplo, coloque uma porta de vidro entre os cômodos. A transparência desse material dará continuidade visual, dando a impressão de que esses locais são mais extensos do que aparentam.

8. Aposte na simplicidade

Já notou que os ambientes clean aparentam ter metragem de sobra? Isso porque eles são decorados a partir de poucos elementos e objetos, resultando em uma harmonia próxima à simplicidade.

Bibelôs, esculturas, louças decorativas, galheteiros sofisticados e outros adornos podem ficar bonitos em diversos lugares — principalmente nas gôndolas das lojas —, mas não em cozinhas pequenas, por exemplo.

Locais compactos requerem limpeza visual, o que indica que você precisa focar em manter um ambiente singelo, com objetos úteis para o seu dia a dia. Basta seguir essa recomendação para ter um cômodo estiloso e funcional. Afinal de contas, menos é mais.

Esperamos que este conteúdo tenha ajudado você a ter uma boa noção sobre o que considerar em uma decoração de cozinha. Por fim, alie essa tarefa à tecnologia e utilize aplicativos de decoração para sofisticar essa experiência que é criar um ambiente aconchegante e convidativo. E o melhor: com a sua cara!

E então, gostou deste conteúdo? Aproveite a oportunidade para aprimorar os seus conhecimentos sobre finanças e aprender como conseguir dinheiro para fazer reformas e decorações na sua casa. Baixe o nosso guia de planejamento financeiro e descubra como realizar os seus sonhos.
Guia do planejamento financeiro para ter sucesso

Racon Blog

Por Racon Blog

Data Publicado em 27 de Dezembro de 2019 | Atualizado em 3 Abril de 2020.

cozinha planejada cozinha planejada decorar cozinha decorar cozinha Decoração tendências Decoração tendências

As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.