Planejamento Financeiro

Afinal, como se dar bem ao estudar à distância? 5 dicas para conseguir!

Você sente certa dificuldade para estudar à distância? Saiba como melhorar o desempenho com essas dicas imperdíveis!

De fato, nada substitui um ambiente presencial, capaz de promover uma profunda interação entre estudantes e professores. Apesar disso, principalmente devido ao aprimoramento das tecnologias utilizadas, estudar à distância é uma prática que vem ganhando muitos adeptos. Afinal, tudo o que você precisa para participar é de um espaço na agenda e um dispositivo com conexão à internet.

Sem dúvida estudar a distância tem diversas vantagens. Mas, para obter um bom rendimento nessa modalidade de ensino, é fundamental seguir algumas dicas.

Quer saber quais são elas e aproveitar a modalidade de educação a distância (EAD) ao máximo? Continue com a gente para descobrir!

Quais são os benefícios da educação a distância?

Antes de aprender a extrair o maior proveito das suas aulas online, vale lembrar por que a EAD é uma incrível ferramenta de desenvolvimento pessoal e profissional. Para isso, basta que você tenha à disposição professores qualificados (com conhecimento aprofundado e excelente didática) e, sobretudo, uma infraestrutura adequada à educação a distância.

Cumpridos esses requisitos básicos, a EAD se torna interessante por proporcionar:

- economia — devido à diminuição das despesas e custos típicos de uma estrutura física, os cursos online são mais baratos do que os presenciais. Com isso, as chances de sobrar mais dinheiro no fim do mês são significativas;
- variedade — no mundo virtual, as instituições de ensino não são limitadas pelo espaço reduzido de uma estrutura física;
- flexibilidade — como geralmente as aulas são gravadas, você tem a liberdade de assisti-las quando puder e onde estiver;
- revisão contínua do conteúdo — na maior parte das vezes, você pode ver e rever as mesmas aulas quantas vezes quiser;
- continuidade dos estudos — devido à correria dos dias atuais, o ensino EAD se mostra como solução oportuna para, enfim, iniciar uma pós-graduação, por exemplo. Com planejamento financeiro, a opção se torna bem viável.

Como se dar bem na educação a distância?

Tudo o que foi dito há pouco é muito bom, mas, para estudar à distância de maneira satisfatória, você precisa seguir estas 5 dicas:

1. Faça um planejamento de estudos

Estudar à distância exige muita disciplina e planejamento. Mesmo que tenha de se deslocar a uma unidade presencial, tais ocasiões se limitam à realização de provas ou exames. Na prática, a ausência de contato com um local físico aumenta a chance de se esquecer datas importantes.

A boa notícia é que o aparente problema é facilmente solucionável por meio da elaboração de um planejamento de estudos detalhado. Atualmente, existem muitas maneiras de se programar. Você pode, por exemplo, recorrer a planners ou aos mais variados aplicativos desenvolvidos especificamente para celular. No segundo caso, uma das vantagens é a programação de notificações.

Independentemente dos mecanismos selecionados, o importante é que eles sejam úteis na hora de distribuir as tarefas de acordo com a carga horária disponível para estudar. Logo, o cronograma é imprescindível para que você estabeleça uma rotina de estudos alinhada a todas as demais atividades efetuadas ao longo da semana.

2. Defina horários específicos

Anteriormente, nós mencionamos uma palavra-chave da educação a distância: rotina. A fim de que ela seja o mais sólida possível, você deve especificar intervalos específicos de estudo. Por mais tentador que seja estudar a hora que quiser, o rendimento é maior com horários predeterminados. Isso significa que você deve estudar diariamente na mesma faixa de horário (seja pela manhã, tarde ou noite).

Ainda nesse ponto, é aconselhável definir os intervalos de cada tipo de atividade. Desse modo, fica mais fácil assegurar que todas as atividades serão finalizadas. Assim, elas não se acumulam ao longo da semana, o que prejudicaria o desempenho no decorrer do curso.

3. Reserve um espaço apropriado para estudar

Naturalmente, o cumprimento da rotina de estudos imaginada depende de um lugar organizado, confortável e silencioso. Em um ambiente que reúna essas características, você se sentirá muito mais motivado e, portanto, mais propenso a respeitar o próprio cronograma.

Aqui, é bom ressaltar que o “silêncio” destacado fica por sua conta. Muitas pessoas só conseguem se concentrar o bastante se houver algum som no ambiente. Nesse caso, também existem múltiplas alternativas, como a reprodução de músicas ou, inclusive, de sons capturados de cafés. Contanto que os recursos usados contribuam para ampliar a motivação e a concentração, tudo é válido.

O local reservado para o estudo online precisa, invariavelmente, ser convidativo ao ponto de você sentir falta dele quando estiver em outros lugares. Quanto mais à vontade você estiver nesse ambiente, melhor tende a ser a qualidade da sua aprendizagem.

4. Pratique uma metodologia de aprendizagem eficaz

Com relação aos métodos de aprendizagem efetivos, existem muitos. Soma-se a isso o fato de que você pode exibir bons resultados em mais de uma metodologia. Dito isso, vale a pena testar alguns deles, ao menos, e verificar como você se sai. Nesse sentido, conheça dois hábitos de estudo altamente recomendados:

Criação de mapas mentais

Um método extremamente eficaz para muita gente é o mapa mental. Em maior ou menor grau, o cérebro tende a priorizar imagens. No mapa, elas são representadas por desenhos, fotografias, setas, gráficos etc. Mesmo que você pense que sua mente não é “visual”, o mapa ajuda, no mínimo, a organizar as ideias.

Faça o teste e notará que até mesmo a criação de simples tópicos em diagramas produzem efeitos impressionantes quanto à memorização. Além disso, os mapas mentais são ótimos substitutos dos tradicionais resumos feitos no caderno. Sempre que precisar revisitar suas próprias anotações, você pode simplesmente dar uma olhada em um dos mapas e pronto.

Anotações e revisões constantes de conteúdo

Pense nos conteúdos que aprendeu ao longo do ensino superior ou médio e diga do que você lembra — provavelmente, pouca coisa. Você pode diminuir consideravelmente o esquecimento por meio do hábito de anotar e revisar os conteúdos.

Em se tratando da educação a distância, existe uma nítida vantagem: a possibilidade de pausar as aulas e registrar os aspectos que julgar mais relevantes. Na hora de revisar, você pode recorrer aos próprios mapas mentais ou a qualquer resumo minimamente organizado.

5. Explore os fóruns de dúvidas

Por fim, nós não poderíamos deixar de falar acerca dos fóruns de dúvidas, muito comum em diversas plataformas de cursos online. Observe que esses espaços costumam ser ótimas oportunidades de conferir as análises dos colegas. Com um bom filtro, certamente você solucionará a maior parte das dúvidas que venham a surgir no transcorrer do curso.

No mais, os fóruns também são excelentes para praticar o que você aprendeu. Isso porque o processo de ensinar alguém também ajuda na solidificação da nossa própria aprendizagem.

Com todas essas dicas, estudar à distância será algo mais prazeroso e, muitas vezes, vital para conquistar a estabilidade profissional. Ao notar a melhora do seu desempenho, também é provável que você se sinta motivado a realizar outros cursos online. Enquanto estuda no conforto de casa, apenas se lembre de economizar energia. Tirar o notebook da tomada quando a bateria estiver cheia, por exemplo, já colabora na preservação do planeta.

Por falar nisso, nós temos muitas outras dicas sobre sustentabilidade no nosso blog. Quer recebê-las diretamente no seu e-mail? Então, assine a nossa newsletter!

As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.