Planejamento Financeiro

Como controlar os gastos que saem do seu bolso diariamente?

Quer aprender a controlar seus gastos diários? Leia o nosso post e entenda como fazer isso da melhor maneira possível!

Saber montar e seguir um planejamento financeiro nem sempre é uma tarefa simples, principalmente se você não domina a arte de controlar os gastos diários — que parecem inofensivos, mas podem ser justamente os vilões do seu orçamento.

Se, constantemente, você tem a sensação de que o seu dinheiro sumiu, sem saber ao certo o que fez com ele, talvez esteja na hora de parar para reavaliar a maneira como você lida com as suas finanças. A boa notícia é que com tantas ferramentas disponíveis atualmente a tarefa é menos complicada do que parece.

No post de hoje, vamos dar algumas dicas do que fazer para melhorar o seu planejamento financeiro.

Como montar um bom planejamento financeiro?

Para que você consiga não apenas montar, mas também seguir um planejamento financeiro, é extremamente importante conhecer os seus hábitos. Portanto, o primeiro passo é fazer uma autoavaliação e responder os questionamentos que elencamos abaixo.

Quais são as coisas com as quais você não conseguiria viver sem?

Um erro muito comum é tentar criar um planejamento financeiro que não vai funcionar na prática. E isso acontece porque as pessoas tendem a traçar metas agressivas e irreais, abrindo mão de certas coisas que elas gostam muito e que, provavelmente, não resistirão por muito tempo a ficar sem.

Logo, antes de mais nada, elenque quais são os itens dos quais você não quer abrir mão. Pode ser o barzinho com os amigos todo sábado, a pizza com a namorada ou o namorado todo domingo, a viagem de férias, entre outros.

Mesmo que não esteja disposto a cortar a cerveja com os amigos, diminuir a frequência pode ser uma boa opção. Não há nada de errado em desfrutar desse momento de lazer e diversão uma vez ou outra.

Com o que você gasta mais dinheiro?

Agora chegou o momento de analisar o extrato da sua conta-corrente. Onde você gasta o seu dinheiro? Primeiramente, separe as contas fixas, como aluguel, estudos, luz, água, telefone, seguro do carro, parcelamentos, se você tiver algum, entre outras coisas que precisa pagar todo mês.

Depois, comece a pensar nos seus gastos variáveis e elenque-os nas seguintes categorias:

· alimentação;
· transporte;
· lazer;
· vestuário;
· gastos diários.

Após separar cada um dos seus custos, você vai descobrir quais são os itens que fazem você gastar mais dinheiro. Revise os seus hábitos, mas lembre-se: para o planejamento ter um efeito positivo, você deve estar comprometido a fazer mudanças que, muitas vezes, podem não ser prazerosas.

Logo, olhando para as suas anotações, reflita sobre onde pode melhorar e o que fazer para diminuir os valores gastos no café depois do almoço, por exemplo.

Quais são os seus planos para o futuro?

Esse é um dos momentos mais prazerosos dessa tarefa. Chegou a hora de traçar os seus planos para o futuro. Logo, anote os objetivos de curto, médio e longo prazo.

Indique qual valor total você precisa para alcançar cada um deles e depois divida o resultado pelo tempo que você estabeleceu para encontrar o valor mensal que deve poupar.

Ou seja, se você deseja fazer uma viagem daqui a 18 meses no valor de R$ 10.000,00, você precisa economizar R$ 556,00 por mês, aproximadamente. Essa é uma meta realista para você? Se for, ótimo, comece agora a organizar as suas finanças. No entanto, se a resposta for negativa, revise o tempo até que o valor da economia se encaixe no seu orçamento mensal.

Não se esqueça que você deve ser o mais honesto consigo e com os números. Não adianta dizer que vai poupar R$ 556,00 por mês se você ganha R$ 1.500,00 e tem contas fixas com aluguel e seguro que somam cerca de R$ 800,00. Se você acha que tem dificuldade para guardar dinheiro, considere a possibilidade de fazer um consórcio para atingir a sua meta.

O que fazer para controlar os gastos diários?

Se você já conseguiu identificar quais são os itens que fazem você gastar dinheiro sem perceber, chegou o momento de parar de agir por impulso e buscar alternativas. Abaixo, listamos algumas ideias para ajudá-lo a manter o controle dos gastos.

Estipule cotas

Para evitar que você gaste todo o seu dinheiro de uma só vez e passe o resto do mês se lamentando, estipule contas semanais e mensais para cada item que faz parte da sua rotina.

Dessa maneira, você consegue agendar melhor os seus compromissos, saber quando pode sair com a galera e quando é melhor ficar em casa assistindo a um filme.

Procure alternativas

Se você gosta de um café depois do almoço, considere a possibilidade de fazer a sua própria bebida no refeitório da empresa. Não é raro ver funcionários rateando custos para manter uma cafeteira acessível a todos.

Se você gosta de sair com os amigos para tomar uma cerveja, troque o bar pela sua casa ou a de outra pessoa da turma. Comprando as bebidas e os petiscos no supermercado, por exemplo, você gasta bem menos.

Abuse da tecnologia

A tecnologia tem sido uma aliada para inúmeros objetivos. Logo, não poderia ser diferente com quem pretender controlar os gastos diários.

Se antes era necessário anotar todas as compras em um caderninho, o que inviabilizava a vida de muitas pessoas, hoje temos aplicativos que se integram diretamente com a conta do usuário e classificam todos os débitos.

O mais legal é que a maioria deles fornece o serviço de gráfico e comparação entre meses. Assim, você consegue acompanhar o seu progresso, o mês que saiu do planejado, os itens que ainda podem melhorar e o valor disponível para poupar e investir.

Estar atento aos seus hábitos de consumo e manter um planejamento financeiro é importante para conseguir alcançar os seus objetivos e desfrutar de uma vida com mais qualidade, sem estar sempre no limite do cheque especial. Portanto, não subestime a importância de cuidar do seu futuro desde cedo.

Se você gostou do nosso texto sobre como controlar os gastos diários, conheça também 5 formas de juntar dinheiro para criar um patrimônio pessoal. Baixe nosso eBook gratuito e tenha uma boa leitura!

5 Formas De Juntar Dinheiro Para Criar Um Patrimônio Pessoal

Racon Blog

Por Racon Blog

Data Publicado em 15 de Outubro de 2018

controlar os gastos controlar os gastos como controlar os gastos como controlar os gastos

As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.