Planejamento Financeiro

Estabilidade financeira: como conquistá-la ainda jovem?

Quer obter estabilidade financeira ainda jovem, mas não sabe por onde começar? Então, confira as nossas dicas!

Ter estabilidade financeira é algo que muitos jovens desejam, porém poucos costumam ter planejamento para alcançá-la o quanto antes. No início, esse esforço pode até parecer complexo, mas com bastante foco e determinação, é possível, sim, garantir um orçamento saudável. O interessante é que dá para começar bem cedo, por exemplo, ainda no período de graduação.

Portanto, se você está na casa dos 20 anos de idade, as chances de ter a tão sonhada independência financeira após os 30 anos é muito grande. Para isso, basta desenvolver pensamentos e hábitos em longo prazo.

Quer saber como? Então, confira este conteúdo que elaboramos sobre o tema e tire de vez as suas dúvidas.

O que é estabilidade financeira?

Estabilidade financeira significa ter dinheiro suficiente para pagar as contas mensais e ainda conseguir adquirir ou fazer aquilo que você deseja, de maneira confortável, sem peso na consciência.

Ou seja, um indivíduo bem-sucedido financeiramente tem capital para suficiente para sustentar o seu padrão de vida e executar projetos futuros de forma apropriada, evitando endividamentos.

Vale destacar que sucesso financeiro pode significar diversas situações, dependendo das demandas e dos objetivos de cada pessoa. Isto é, você só atingirá os seus objetivos quando tiver cumprido as suas metas de médio e longo prazo. Esses propósitos podem ser comprar um apartamento/casa, adquirir um automóvel de luxo, abrir uma empresa rentável, fazer uma viagem etc.

Quais hábitos ajudam a conquistar a estabilidade financeira ainda jovem?

Adquirir inteligência financeira é algo que depende de hábitos bem fundamentados. Confira, a seguir, as atitudes que você precisa desenvolver para obter sucesso nesse quesito.

Tenha um bom planejamento

É praticamente impossível pensar em estabilidade financeira sem contar com um planejamento consciente. Isso porque é exatamente a partir daí que você iniciará a sua jornada para um controle mais consciente do seu capital todos os meses, o que permite seguir para as próximas etapas sem maiores dificuldades.

Portanto, pegue papel e caneta ou utilize um aplicativo financeiro e marque todas as suas despesas: alimentação, aluguel, cartão de crédito, saúde, transporte, lazer, entre outras. Assim, você consegue saber para onde uma parte do seu dinheiro está indo, além de descobrir se o valor que está chegando em sua conta é o bastante para pagar os seus gastos mensais.

Ao classificar todas as contas em ordem de necessidade, você saberá com exatidão o que é prioridade e o que pode ser cortado ou, pelo menos, diminuído.

Poupe o quanto antes

Isso mesmo, poupe desde já! Quanto antes você estruturar o seu patrimônio financeiro, mais perto de uma vida confortável e equilibrada você estará.

Ao agir dessa forma, mais gradativo o processo será. Isso significa que não será necessário poupar grandes quantias de uma só vez para chegar no seu objetivo. Com poucos, mas constantes, valores é possível conquistar a independência financeira sem maiores problemas.

Atente para os seus investimentos

Poupar não significa apenas guardar dinheiro ou direcionar um determinado montante, mês a mês, para uma caderneta de poupança. É preciso investir esse capital em alternativas rentáveis, desde que você tenha preparo, cuidado e muita atenção.

Escolha as melhores modalidades de investimentos existentes no mercado, diversificando-as. Isso porque é muito arriscado aplicar todo o seu dinheiro em uma única opção. Sendo assim, varie os seus investimentos para amenizar os riscos e aumentar a sua rentabilidade.

Existem diversas soluções, como é o caso do Tesouro Direto, no qual é possível investir com um incentivo inicial de pouco mais de R$30.

Preste atenção nas dívidas

Um dos maiores empecilhos da estabilidade financeira são as dívidas. Para evitar que essa situação ocorra com frequência, programe-se para saná-las o quanto antes.

Para isso, não faça compras em excesso para não prejudicar o seu orçamento. Adote a filosofia de saber dizer "não" para gastos comuns e fuja de gastos supérfluos. Pondere sempre a necessidade e a utilidade do bem a ser adquirido.

Dica: quando for comprar algo, fique por alguns dias sem fazer a compra (entre 7 a 14 dias). Caso a mercadoria/produto permaneça sendo necessário, feche negócio sem culpa. Contudo, se você constatar que seria somente um gasto extra, deixe essa aquisição de lado e aplique o seu dinheiro. Será muito mais vantajoso no futuro. Teste e comprove!

Encontre formas de gerar renda extra

Esse é um passo relativamente opcional, pois demanda uma boa preparação. No entanto, se você ainda está se graduando, vale muito a pena investir em uma fonte de renda extra para abreviar a sua jornada para a estabilidade financeira. Essa atitude dá mais tranquilidade para o seu orçamento, pois eleva o seu rendimento mensal, o que é uma manobra excelente para quitar os seus débitos mais facilmente.

Uma boa sugestão é fazer uso daquilo que você sabe fazer de melhor, como transformar um determinado hobby em uma fonte de renda. Por exemplo, se você é bom em editar vídeos, ofereça serviços para digital influencers. Caso você goste de escrever, preste serviços como redator freelancer nas horas vagas. Essas são apenas algumas recomendações para ganhar dinheiro em casa, e você deve escolher aquilo que mais se adéqua à sua realidade e aos seus propósitos.

Por fim, lembre-se de que essas atividades vão muito além do pagamento de dívidas, caso essa seja a sua realidade. O objetivo principal é obter uma reserva a mais para ser utilizada em momentos de necessidade. Se você tiver essa atenção, certamente todo o esforço valerá a pena.

Estude sobre educação financeira

Estamos em um cenário no qual não se fala muito sobre educação financeira. E a consequência dessa realidade é essa dificuldade que os jovens têm em controlar as suas finanças pessoais.

Logo, uma dica de ouro é: se especialize sobre o tema! Aproveite as oportunidades que temos à disposição hoje. Busque por conteúdos e ferramentas que ajudam nesse sentido, principalmente na internet. No YouTube, por exemplo, há diversos canais que ensinam para o público tudo sobre o assunto de maneira didática e sem termos complicados.

Ao colocar em prática as dicas mencionadas acima, você certamente conquistará uma boa estabilidade financeira. Dessa forma, praticamente tudo o que você deseja quando jovem poderá ser adquirido no futuro de forma natural, sem endividamentos e dores de cabeça. Um sonho que está logo ali. Para isso, basta começar agora mesmo!

Se você achou este conteúdo útil e deseja aprimorar os seus conhecimentos sobre o tema, confira o nosso guia do planejamento financeiro para ter sucesso.
Guia do planejamento financeiro para ter sucesso

As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.