Saiba agora como prolongar a vida útil da bateria de um carro!

Entenda os itens que influenciam na vida útil da bateria do seu carro e evite os gargalos que acabam com a longevidade!
  • Atualizado em September 22, 2021
  • Publicado em September 22, 2021
  • Seu carro

A bateria de carro é um dos componentes essenciais para o funcionamento do automóvel, logo, a sua durabilidade é de grande importância para evitar danos elétricos e contratempos com o veículo parado. Uma bateria de qualidade dura, em média, de 2 a 3 anos. Nesse sentido, um item de marca inferior pode ser reduzido pela metade da sua vida útil.

A longevidade da bateria de carro também é influenciada pelo bom uso do veículo e é sobre esse tema que vamos falar nesta leitura. Caso você queira aproveitar melhor a sua bateria de carro, veja a seguir os tópicos que preparamos.

Compre a bateria de carro correta

A bateria de carro é como todas as outras peças que envolvem o seu veículo, assim como existem componentes ideias para cada modelo, o mesmo vale para bateria. A sua amperagem deve ser correspondente ao tipo do carro, bem como os itens elétricos utilizados, pois ambos devem ser correspondentes à carga que o carro precisa para funcionar normalmente.

Além disso, não se iluda com modelos de baterias muito baratas, apesar de encontrá-las no mercado com certa facilidade, a sua qualidade certamente não será tão boa quanto uma bateria de maior valor. A bateria boa precisa de materiais puros, por isso é difícil encontrar uma boa e barata. Logo, não dispense a qualidade, pois isso pode custar o seu motor de partida!

Dê a partida com os itens elétricos desligados

Dar a partida no veículo demanda uma carga elétrica muito intensa da bateria, por isso, quando os acessórios elétricos estão ligados, o risco de sobrecarga é muito maior, impactando diretamente na longevidade da sua bateria de carro. O ideal é desligar todos os acessórios, como rádio, ar-condicionado, faróis e outros.

Contudo, para os automóveis que têm um sistema robusto de som, como volumes altos e fortes, esse tópico é ainda mais importante. Pois, ao dar partida no carro com esses módulos ligados, você pode danificar os demais itens elétricos do veículo e descarregar completamente a bateria, impossibilitando ligar o carro.

Desligue os itens elétricos antes de desligar o motor

Algumas pessoas, seja por pressa ou por falta de informação, têm o hábito de simplesmente desligar o carro e sair sem antes tomar essas ações, desligar corretamente o rádio, farol, ar-condicionado e outros itens. Parece algo inofensivo, contudo, está relacionado ao tópico anterior.

Esse costume acaba sobrecarregando a bateria na sua próxima partida, pois quando for ligar o carro novamente, os últimos itens elétricos que estavam em uso e não foram desligados do jeito correto, serão religados automaticamente. Como já explicamos, essa sobrecarga diminui a vida útil da bateria do carro.

Não abuse dos itens elétricos com o motor desligado

Ainda relacionado aos itens elétricos do carro, evite usá-los enquanto o motor estiver desligado. Muitos proprietários de veículos têm esse hábito de deixar o som ligado enquanto faz outra atividade ou utilizam o ar-condicionado sem ligar o motor. Esses costumes, assim como esquecer os faróis ligados, diminuem a vida útil da bateria.

Por isso, procure evitar o uso desses componentes com o motor desligado e certifique-se que os faróis também foram desligados ao sair do veículo. Afinal, como os itens elétricos utilizam bastante energia da bateria, podem descarregá-la de forma rápida e inesperada, chegando ao ponto de não conseguir ligar o carro novamente.

Evite acessórios não originais

Pode até parecer que incentivar o uso de acessórios originais é uma forma das próprias montadoras de automóveis lucrarem em cima dos proprietários. Contudo, não abrir mão dos acessórios originais é uma prática que garante a integridade do seu veículo, bem como a durabilidade da bateria quando se trata de componentes que dependem dela.

Os fabricantes da marca do seu veículo produzem os itens com as características ajustadas às necessidades do seu carro que demandam certa complexidade. Por isso, utilizar marcas desconhecidas ou não compatíveis com as exigências do seu modelo, bem como qualidade duvidosa, pode representar a redução da sua bateria, além de causar riscos de problemas elétricos.

Fixe a bateria adequadamente

Ao andar em vias irregulares ou o uso comum do dia a dia do automóvel, pode fazer com que a bateria sofra uma leve folga nos ajustes dos seus cabos. Não significa que isso vai influenciar na vida útil do componente, mas pode impactar na recarga da bateria, pois não será tão eficiente. Além disso, pode gerar um curto circuito prejudicando a sua segurança.

Para evitar contratempos, verifique periodicamente se a bateria está bem conectada aos seus cabos e fixa na câmara. Caso note algum deslocamento, faça os ajustes necessários para garantir que a recarga seja feita sem prejudicar o funcionamento da parte elétrica. O mesmo vale para checar se todos os itens estão em boas condições de uso.

Ligue o motor do carro periodicamente

Todo automóvel é feito para estar em movimento, do contrário, é comum ocorrer alguns danos por falta de uso. Sobretudo, a bateria carrega com o motor em funcionamento e mesmo desligado completamente, parte do veículo continua consumindo energia.

Portanto, essa dica é para os proprietários que usam pouco o veículo — ou para quem vai viajar e precisa deixar o carro alguns dias parado na garagem, peça para alguém fazer isso por você, — que é ligar o motor semanalmente. O ideal é pelo menos 10 minutos por semana o veículo ficar ligado e usar todas as suas funcionalidades, andar com o carro, por uns 20 minutos na semana. Assim, garante o bom funcionamento de toda sua mecânica.

Mantenha os terminais limpos

Por fim, para garantir o bom funcionamento da bateria do carro é essencial fazer a manutenção dos terminais da bateria. Com o tempo, eles sofrem oxidação e geram o chamado zinabre, que é um resíduo esverdeado e prejudica o funcionamento dos terminais.

Para fazer a sua manutenção é simples, basta desconectar primeiro o cabo negativo, depois o positivo e fazer a limpeza com uma solução de água com bicarbonato de sódio. Esfregue com cuidado cada terminal até remover o resíduo, seque bem e depois ligue, dessa vez, primeiro conecte o positivo e depois o negativo.

Contudo, para que todas as dicas listadas até aqui realmente tenham a sua eficiência esperada, é indispensável que a bateria de carro seja uma de qualidade e compatível com o modelo e demais acessórios do seu automóvel. Assim, você garantirá maior durabilidade da sua bateria e aproveitará melhor todo o potencial do seu veículo.

Agora que você entendeu como prolongar o uso da sua bateria de carro, conheça os perigos de deixar o seu veículo parado!
As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.
Mostrar comentários
Leia também
drive_eta
Seu carro

Consórcio de carros usados: como funciona?

drive_eta
Seu carro

Carros seminovos de até R$ 30 mil? Veja qual vale a pena comprar!

drive_eta
Seu carro

Veja os modelos de carros para PcD mais baratos em 2021!