Meu Primeiro Carro

Você sabe o que é preciso para comprar um carro?

Pensando em comprar um carro novo? Saiba agora o que você precisa para realizar uma aquisição sem problemas!

O desejo por um veículo é mais que uma simples aquisição, é muitas vezes a realização de um sonho. Mas alcançar esse objetivo requer programação, pois além de expectativas envolve um montante financeiro que nem sempre está à disposição. Então, nesse caso, é melhor se organizar e entender tudo o que precisa para comprar um carro e ter a tranquilidade para pagá-lo.

Quer conhecer os passos que deve seguir para se organizar melhor e sair de carro novo sem impactar muito as finanças? Veja agora mesmo!

Planejando a compra do carro

O sonho do carro novo pode se tornar um pesadelo, caso você tenha dificuldades para arcar com o compromisso assumido. Por isso, é muito importante se planejar para esse momento e estar seguro das parcelas que vai pagar todos os meses sem comprometer o orçamento.

A melhor forma de fazer esse planejamento é pesquisar e comparar as opções que existem no mercado, depois de uma minuciosa avaliação do valor disponível para a aquisição. Quando você tem consciência de quanto pode investir, tudo fica mais fácil.

As opções de parcelamento

As duas opções mais utilizadas pelos brasileiros na hora de comprar um carro são o financiamento e o consórcio. Mas você sabe quais são as principais diferenças entre as duas modalidades? Confira abaixo!

Financiamento

Caso precise do veículo de imediato, essa provavelmente será sua escolha de parcelamento, pois a principal vantagem é a de já sair com o carro — ou aguardar apenas alguns dias. No entanto, as taxas de juros cobradas pelas financeiras são mais altas, o que faz com que o valor final a ser pago fique bem elevado, principalmente se você não der entrada(condição que nem sempre é possível).

Consórcio

Por outro lado, o consórcio é mais indicado para compradores mais disciplinados, que estão se preparando com cautela para a aquisição do bem, uma vez que é preciso aguardar a contemplação. As taxas cobradas pelas administradoras são mais acessíveis e não sofrem as variações da Selic, o que faz com que o custo final seja menor. Além disso, não é necessário nenhum valor de entrada.

Uma boa forma de comparar os dois modelos é criar uma planilha de valores, separando o que será acrescido de taxas, como ficarão as parcelas e como ficará o custo final. Assim, é mais fácil visualizar o que pesa em cada tipo de parcelamento e qual condição é mais interessante para o seu momento e seu planejamento financeiro.

Dicas para escolher o melhor carro

Decida o tipo de veículo

O primeiro passo é decidir o tipo de veículo que atende as suas necessidades:

- novo ou usado;
- popular ou de luxo;
- hatch ou sedan.

Com essas definições você já norteia as opções disponíveis no mercado e os valores que estão dentro do que destinou para investir.

Pesquise valores

Não tenha pressa! Percorra as concessionárias e avalie os preços e condições de cada uma, pois você pode encontrar muitas distinções entre elas. Além disso, dependendo do período, é possível conseguir descontos e bônus que fazem diferença.

Avalie as marcas

Levante o histórico das marcas, das montadoras e dos modelos e versões. Conheça a opinião de compradores e as experiências boas e ruins. Analise também a desvalorização dos tipos escolhidos.

Teste antes de comprar

Se for carro novo, faça um test drive e veja se ele oferece o conforto, a dirigibilidade e a impressão esperada. No caso de veículos usados, além de verificar se ele não apresenta nenhum problema, é interessante levá-lo até um mecânico de confiança para avaliar o motor, a estrutura e a quilometragem.

Analise as garantias e revisões

Essa dica serve tanto para carros novos quanto usados. No caso dos novos, é importante saber o que a garantia cobre e como serão as revisões e os valores. Já com usados é importante saber como foram feitas e quais as condições que ainda estão válidas.

Documentos necessários: o que precisa para comprar um carro

Os procedimentos e documentações necessárias diferenciam um pouco quando a compra é de veículo novo ou usado. Veja quais são esses trâmites.

Carro usado

Verifique a documentação

Antes de qualquer negociação, confira a documentação do veículo. Consulte sua situação no DETRAN do seu estado para ter certeza de que não existe nenhuma pendência que possa prejudicar o andamento da transação. Verifique também o número do chassi.

Faça a transferência

Os documentos necessários para realizar a transferência são:

- original e cópia do RG e CPF ou CNH do comprador;
- original e cópia do comprovante de residência do comprador;
- Certificado de Registro de Veículo (CRV) original preenchido, datado e assinado com reconhecimento de firma do vendedor e comprador;
- comprovante de pagamento de débitos (tributos, multas ou encargos pendentes);
- documento de vistoria do veículo realizada pelo DETRAN;
- quando o proprietário for Pessoa Jurídica, cópia autenticada do contrato social (ou última alteração contratual se for o caso) da empresa proprietária do veículo.

O comprador tem 30 dias corridos para efetuar a transferência, de acordo com a data informada no CRV. Caso contrário, será aplicada multa e o antigo proprietário continuará sendo o responsável pelo bem.

Carro Novo

Normalmente a própria concessionária já resolve os trâmites da documentação no caso de compra de carro 0km. São necessários os seguintes documentos:

- original e cópia do CPF, RG e comprovante de residência;
- cópia da nota fiscal do fabricante;
- RENAVAM preenchido, disponível nos sites do DETRAN;
- original da nota fiscal da concessionária ou revenda;
- decalque do chassi;
- comprovantes de pagamentos das taxas de primeiro registro e de emplacamento.

Basta apresentá-los no DETRAN e serão emitidas as guias de pagamento do IPVA e DPVAT (seguro obrigatório). Após o pagamento, será feito o pedido de emissão do CRV e do CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo) e a geração do número da placa. Você tem o prazo de 15 dias da emissão da nota fiscal para realizar o emplacamento.

Como visto, é importante se planejar e entender o que precisa para comprar um carro. É fundamental pesquisar bastante para definir a forma de parcelamento que não vai comprometer suas finanças e que condiz com as suas expectativas. Depois é só separar os documentos necessários e fechar o melhor negócio.

Gostou deste post? Então, aproveite e conheça mais informações sobre como adquirir seu primeiro veículo sem passar por problemas financeiros!

Como Adquirir Seu Primeiro Veiculo

As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.