Planejamento Financeiro

Contas inativas do FGTS: como usar o dinheiro de forma inteligente?

Conseguiu sacar o saldo das suas contas inativas do FGTS? Veja algumas dicas para a utilização inteligente desse valor!

Dinheiro extra sempre é bem-vindo, não é mesmo? Esse é o caso do recebimento parcial ou total dos saldos das contas inativas do FGTS. Basicamente, a liberação é parte da iniciativa de um projeto governamental de incentivo à economia. Contudo, existe um grande ponto de interrogação na mente de muitas pessoas: qual seria a melhor maneira de usar o dinheiro dessas contas?

Antes de qualquer coisa, você precisa se informar a respeito dos saques desses valores. Atualmente, foram estipulados regras específicas, as quais deram origem a diferentes modalidades de saques. Dois exemplos são o saque-aniversário e o saque emergencial. Independentemente do tipo de saque, ele deve ser precedido de um planejamento financeiro adequado. Ele é essencial para que você utilize o valor de um modo inteligente.

Por ora, confira agora mesmo algumas dicas igualmente fundamentais quanto à utilização do saldo das contas inativas do FGTS!

Como é a rentabilidade das contas inativas do FGTS?

Sem dúvida alguma e desde que não haja alguma urgência financeira no momento, você deve avaliar as possibilidades de fazer esse dinheiro render. Isso significa que seus olhos devem se voltar para investimentos rentáveis e de baixo risco. Somente assim será possível multiplicar o valor inicial de maneira consistente e contínua.

Igualmente interessante é o equilíbrio entre risco, rentabilidade e liquidez proporcionado pelos fundos multimercado. A gestão deles fica a cargo de analistas financeiros especializados em investimentos. Soma-se a isso a constituição da carteira, formada e balanceada de acordo com o perfil de cada investidor.

Na pior das hipóteses, tente constatar a viabilidade de destinar ao menos uma parte do montante para a criação de uma reserva de emergência. Por sinal, ela é a base de qualquer investidor. Não importa se você começará com pouco ou muito, pois o mais importante é colocar seu futuro financeiro em movimento.

Com esses cuidados básicos, você aumentará seu patrimônio. Em um médio e longo prazo, provavelmente não dependerá de novas liberações do FGTS inativo. Isso porque terá um fundo emergencial bem administrado e pronto para suprir suas necessidades.

Portanto, seja das contas do FGTS, seja do seu salário, a rentabilidade do seu dinheiro envolve a aplicação de uma gestão financeira objetiva e eficaz. Pense como um grande gestor de uma empresa bem-sucedida e você certamente encontrará ótimas soluções para ampliar o saldo da sua conta-corrente.

Como o saldo das contas inativas do FGTS pode ser usado?

No que tange aos demais usos inteligentes e recomendáveis do saldo proveniente dessas contas, há algumas possibilidades que merecem menção.

Quite suas dívidas

Fazer o dinheiro render e, como se diz, “trabalhar por você” sempre é o cenário mais favorável. Acontece que, na prática, essa não é a realidade atual de todo mundo. Se você estiver endividado, fica difícil pensar em investir. A boa notícia é que o saldo das contas do FGTS ajudam e muito a resolver problemas que pareciam insolúveis.

Em alguns casos, é impossível pagar, de fato, todas as dívidas devido ao valor total elevado. Se você se identificar com essa situação, lembre-se de priorizar as dívidas mais urgentes, buscando obter descontos vantajosos mediante pagamentos à vista.

Caso restem uma ou mais dívidas pendentes, veja quais são as condições e simule os valores relacionados às propostas de reparcelamento. Saiba separar as contas e faça valer seu poder de negociação. Essa também é uma forma interessante de fazer com que seu dinheiro tenha mais valor.

Invista em si mesmo

Anteriormente, nós falamos um pouco a respeito da importância dos investimentos propriamente ditos. Outro modo de ver a questão é levar em conta a aplicação do dinheiro em sua carreira profissional. Para isso, basta aproveitar os diversos cursos online disponíveis.

Com um computador ou até mesmo pelo smartphone ou tablet, você pode se informar sobre as mais recentes atualizações específicas da sua área de atuação. Se ainda não tem uma pós-graduação, por exemplo, a grana extra pode gerar a grande oportunidade de incrementar a formação acadêmica.

Suponha que você já tenha pós-graduação e muitos cursos de especialização técnica concluídos. Ainda assim poderá se aprimorar profissionalmente. Um ótimo exemplo são os cursos de língua estrangeira. Muitas vezes, até mesmo os melhores profissionais em seus segmentos de mercado ficam de fora da disputa de vagas extremamente concorridas. O motivo? A ausência de proficiência adequada em inglês.

Já é fluente em inglês? Estude alemão, francês, japonês ou qualquer outra língua com alta demanda no seu nicho corporativo. Em alguns deles, o diferencial não fica por conta de nenhuma dessas línguas, e sim do mandarim.

Como você pode notar, o aperfeiçoamento profissional abre um amplo leque de opções. Cabe a você pesquisar e analisar todas elas com calma e praticidade.

Planeje o futuro que sempre quis

E que tal utilizar o saldo das contas inativas do FGTS para programar aquela viagem que parecia cada vez mais distante? Ou, quem sabe, ir ainda mais longe: planejar a mudança para alguma cidade estrangeira. A materialização desses e de outros sonhos tende a ganhar força perante o impulso financeiro necessário para os primeiros passos.

Sem qualquer exagero, a qualidade da gestão das suas finanças é diretamente proporcional à conquista de seus objetivos. Os eventuais saques do FGTS entram como facilitadores dos processos envolvidos.

Compre um imóvel

Finalmente, chegamos ao uso mais comum do FGTS: a aquisição do tão desejado imóvel. Realmente, o dinheiro das contas inativas fornece o fôlego que faltava para levar o projeto de casa própria adiante. Logo, se sua prioridade atual é comprar um imóvel, existe uma real chance de facilitá-la.

Vale a pena usar o dinheiro das contas inativas do FGTS para consórcio?

Você pode utilizar o FGTS para adquirir patrimônio — esteja ele pronto ou ainda em fase de edificação. No segundo caso, preste atenção à exigência de comprovação de posse do terreno da obra. Quando se trata do consórcio, a utilização do fundo se torna muito vantajosa.

No consórcio de imóveis, há duas maneiras igualmente interessantes e inteligentes de uso do FGTS:

- realização de lances — aqui, o intuito é o de acelerar a contemplação do bem;
- complemento da carta de crédito — caso você queira adquirir um imóvel com valor acima do previsto pelo consórcio, a solução é simples: usar o FGTS para cobrir a diferença.

O consórcio, por si só, já se apresenta como uma alternativa de investimento altamente rentável e segura. Ao utilizar o saldo das contas inativas do FGTS, sua escolha não poderia ser mais acertada. Afinal, ele propicia uma excelente oportunidade de pagar menos por um bem que conta com elevado potencial de valorização. É importante lembrar que você deve ficar atento às regras de utilização so FGTS.

Por fim, é importante dizer que os procedimentos de aquisição imobiliária tendem a gerar inúmeras dúvidas. Se esse for o seu caso, fique tranquilo! Baixe nosso guia com o checklist completo para a compra do seu primeiro imóvel!
Checklist 5 Passos Importantes Para A Compra Do Primeiro Imovel Banner Artigo Blog

As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.