Planejamento Financeiro

Descubra as 10 mulheres mais ricas do mundo!

Poderosas e bilionárias! Conheça mais sobre as 10 mulheres mais ricas do mundo e seus patrimônios!

As mulheres vêm conquistando o próprio espaço em diversos setores da sociedade, inclusive entre os bilionários! Afinal, elas marcam uma presença cada vez maior no ranking da Revista Forbes com os mais endinheirados do planeta.

Quer saber quem são as 10 mulheres mais ricas do mundo? A lista de 2019 inclui nomes como:

1. Françoise Bettencourt;
2. Alice Walton;
3. Jacqueline Mars;
4. Yang Huiyan;
5. Susanne Klatten;
6. Laurene Powell Jobs;
7. Abigail Johnson;
8. Iris Fontbona;
9. Gina Rinehart;
10. Kwong Siu-hing;

Para conhecer mais sobre elas e os valores das suas fortunas, continue com a leitura!

1. Françoise Bettencourt

No topo da lista das mulheres mais ricas do mundo está a francesa Françoise Bettencourt, presidente da L’Oreal, famosa companhia de cosméticos. A fortuna estimada da empresária é de US$46,5 bilhões.

Ela começou a trabalhar na empresa fundada pelo seu avô, Eugène Schueller, em 1997 e tornou-se a principal herdeira depois da morte de sua mãe, Liliane Bettencourt.

Recentemente, sua fundação familiar, a Bettencourt-Meyer, junto com a L’Oreal, doou cerca de 200 milhões de euros para a reconstrução de Notre Dame, após um incêndio que destruiu grande parte da catedral em abril de 2019.

2. Alice Walton

Entre as mulheres mais ricas do mundo também está a norte-americana Alice Walton, filha de Sam Walton, empresário e fundador da rede Walmart. Embora ela tenha um patrimônio de US$41,5 bilhões, Alice prefere levar uma vida mais afastada do mundo dos negócios.

Ela atua como presidente do Museu de Arte Americana Crystal Bridges na cidade em que vive, em Bentonville, Arkansas. Além disso, Alice faz parte da Fundação Família Walton e trabalha em prol de causas ambientais e educacionais.

3. Jacqueline Mars

Logo atrás de Alice Walton está a investidora e herdeira norte-americana Jacqueline Mars, com um patrimônio acumulado de US$23,9 bilhões — conquistado de uma forma bem doce! Parece brincadeira, mas, na verdade, grande parte da sua fortuna vem de uma das empresas de doces mais poderosas do mundo, a Mars.

Além das barras de chocolate Mars e Snickers, a companhia também produz os famosos M&M, Milky Way e Twix. O grupo também atua em outros setores e é responsável por marcas como Whiskas, Pedigree e Royal Canin. Interessante, não é mesmo?

Jacqueline trabalhou cerca de 20 anos na empresa e fez parte da diretoria até 2016. Atualmente, aos 89 anos, ela se dedica às causas sociais.

4. Yang Huiyan

A quarta colocada na relação das mulheres mais ricas do mundo é a chinesa Yang Huiyan. A sua fortuna é avaliada em US$22,1 bilhões.

Yang se formou em Marketing na Ohio State University, nos Estados Unidos. Hoje, com apenas 37 anos, ela é a proprietária de uma das maiores empresas da China, a Country Garden Holdings, que atua no setor imobiliário.

5. Susanne Klatten

Com um patrimônio de US$21 bilhões, a alemã Susanne Klatten é considerada pela Forbes como a quinta mulher mais rica do mundo. Ela herdou 19,2% da fabricante de automóveis BMW e desempenha um papel crucial em outra empresa da família, a Altana AG, especializada em produtos químicos.

Graças à sua atuação como única proprietária e vice-presidente, a companhia movimenta mais de US$2,5 bilhões em vendas por ano, segundo a Forbes. Susanne se formou em economia e depois concluiu um MBA.

6. Laurene Powell Jobs

Pelo nome, já é possível reconhecer a origem da fortuna da sexta colocada na lista das mulheres mais ricas do mundo. Laurene Powell Jobs é viúva de Steve Jobs, o criador da Apple, e o seu patrimônio é avaliado em US$18,6 bilhões.

Laurene tem investido toda a sua fortuna no trabalho que desenvolve na organização Emerson Collective, fundada por ela em 2004 e destinada a ajudar estudantes com poucos recursos. Além disso, a empresária também tem o controle de parte das ações da The Walt Disney Company.

7. Abigail Johnson

Abigail Johnson, a sétima mulher mais rica do mundo, atua em uma área em que os homens ainda são a grande maioria: investimentos. A norte-americana tem uma fortuna de US$15,6 bilhões e atua como presidente da Fidelity Investiments.

Ela concluiu MBA em Harvard e começou na empresa da família no cargo de analista, em 1988. Em 2018, graças ao seu empenho na área de criptomoedas, a companhia lançou uma plataforma para investidores negociarem bitcoin e ether.

8. Iris Fontbona

A lista das mulheres mais ricas do mundo conta com uma representante da América do Sul: a chilena Iris Fontbona, dona de uma fortuna avaliada em US$15,4 bilhões. Ela herdou do marido, Andrónico Luksic, a Antofagasta, uma empresa de mineração.

Junto com seus filhos, ela também tem uma participação no grupo Quiñenco, que tem empresas do segmento bancário e cervejeiro.

9. Gina Rinehart

No penúltimo lugar da lista com as 10 mulheres mais ricas do mundo está a australiana Gina Rinehart, com uma fortuna de US$15,2 bilhões. Ela é filha de um empresário do setor de minério de ferro e recuperou grande parte dos negócios falidos do pai.

Atualmente, sua companhia também é a terceira maior produtora de gado da Austrália e detentora de diversas propriedades pelo país.

10. Kwong Siu-hing

Ocupando a décima posição do ranking da Forbes está a chinesa Kwong Sui-hing, com um patrimônio de US$15,1 bilhões. Aos 90 anos, ela é dona do conglomerado Sun Hung Kai Properties, considerado o maior empreendimento imobiliário de Hong Kong.

Um dado interessante da sua trajetória é que ela assumiu a presidência do negócio de 2008 e 2011, depois de uma briga entre os seus filhos.

Interessante conhecer mais sobre as mulheres mais ricas do mundo, não é mesmo? Sem dúvidas, suas histórias podem servir de inspiração para muitas pessoas.

Agora, que tal entender mais sobre como organizar o seu próprio orçamento? Afinal, essa é uma excelente forma de caminhar rumo à riqueza e fundamental para quem deseja ser bem-sucedido.

Então, entenda mais sobre finanças femininas e os motivos pelos quais as mulheres têm tanto sucesso!

As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.