Planejamento Financeiro

Planejamento de ano novo: como se preparar para o novo ano

Como montar o seu planejamento para o ano novo? Descubra algumas ótimas dicas para fazer isso e se organizar melhor.

A chegada do novo ano representa uma ótima oportunidade para colocar vários aspectos da sua vida de volta aos trilhos. A cada Réveillon, milhares de pessoas traçam metas para cumprir no ano que se inicia. No entanto, a maioria delas, com o passar do tempo, deixa as intenções de lado, continuando pouco disciplinadas e organizadas naquilo que pretendiam realizar. Para que as coisas realmente aconteçam, você precisa de um planejamento para o ano novo.

Assim, além de saber aonde quer chegar, você também terá clareza acerca do caminho adequado para alcançar suas metas. Além disso, os imprevistos que surgirem durante o trajeto serão solucionados de um modo mais rápido e eficaz. Afinal, a maioria (ou todas) das respostas serão contempladas pelo planejamento. Logo, basta segui-lo para que você seja bem-sucedido em 2020.

Interessado em se preparar para conquistar os objetivos desejados neste ano que se inicia? Confira, a seguir, as principais dicas para elaborar o seu planejamento para o ano novo!

Aprenda a organizar suas ideias e a deixá-las visíveis

A primeira medida a ser tomada é colocar no papel as áreas que serão prioritárias na sua vida. Também é importante estabelecer um passo a passo para atingir seus objetivos. Por exemplo, se você deseja perder peso, anote em sua lista iniciativas como:

- marcar uma consulta com um nutricionista e um endocrinologista;
- entrar para uma academia;
- ler diferentes conteúdos que apresentem dicas relacionadas a uma alimentação mais saudável.

Organização é palavra de ordem. Portanto, utilize listas, planilhas, cadernos de anotações ou qualquer outro recurso para colocar todas as suas informações em dia. Somado a isso, nunca se esqueça de traçar metas realistas para o seu próximo ano. De nada adianta fazer um planejamento que tem como objetivo algo incompatível com a sua realidade.

Estabelecer metas surreais é um dos grandes erros cometidos por quem faz um planejamento. Essa atitude pode desanimar a pessoa no meio do caminho, quando ela perceber que não está próxima de alcançar a sua aspiração ou não está evoluindo o suficiente.

Uma boa dica para preservar a motivação no decorrer da jornada consiste em fragmentar o objetivo principal em metas menores — as chamadas minimetas. Se você quer economizar R$10 mil ao longo do ano, fracione esse valor e pense em quanto poderia economizar mensalmente. Desse modo, você pode celebrar a conquista dessas pequenas metas gradualmente.

Compare o contexto atual com os anos anteriores

Outro ponto fundamental ligado ao planejamento para o ano novo é o comparativo com os anos passados. O importante não é levar a sua análise para um período muito distante. Assim, considere os anos mais recentes, como 2018 e 2019. O que mudou em sua vida de lá para cá?

Com relação ao aspecto financeiro, é preciso reconhecer quaisquer alterações, mesmo que elas sejam negativas. Se o poder de compra diminuiu devido a uma redução da renda, a melhor coisa a se fazer é admitir a nova situação.

Isso não significa, de modo algum, que ela seja imutável — 2020 está aí para que você prove o contrário. Porém, para transformar uma realidade é necessário enxergá-la nos mínimos detalhes. O processo envolve um exercício de autoconhecimento, devidamente associado ao estudo dos elementos que interferem em sua vida pessoal.

Com essa visão mais ampla de si mesmo e da sociedade na qual você está inserido, você consegue visualizar os obstáculos mais nitidamente. Como consequência, pode traçar um planejamento específico, especialmente direcionado para o recorte da sua vida recente. Em resumo, as chances de sucesso ao longo de 2020 serão muito maiores.

Jamais ignore a própria experiência, pois ela fornece um mapa completo das ações que funcionaram ou fracassaram. Reúna tudo isso e crie um planejamento para o novo ano que realmente faça diferença na sua vida.

Crie metas específicas para cada área da sua vida

A fim de elaborar um planejamento que seja, de fato, organizado, outra dica relevante é dividi-lo em áreas. Veja como fazer a seguir.

Saúde e esporte

Uma meta muito comum em todo início de ano é o comprometimento em adotar hábitos mais saudáveis. Para não ficar só na promessa, comece logo com a prática de alguma atividade física, mesmo que seja leve, como caminhar três vezes por semana.

O ideal é que você descubra qual tipo de exercício físico o agrada, para que não o pratique somente como mera obrigação. A manutenção das metas depende muito da sensação de prazer proporcionada pelas atividades escolhidas.

Mente e espírito

“Mente sã, corpo são”. A melhor forma de concretizar isso é traçando pequenos objetivos. Acredite: é possível. Marque uma consulta com um terapeuta ou procure atividades ao ar livre que transmitam uma boa dose de serenidade.

Muita gente faz planos para se dedicar a alguma atividade relacionada ao relaxamento mental. A pressão e o estresse diários gerados pela sociedade moderna podem desenvolver consequências ruins em médio e longo prazo. Então, reserve uma parte de 2020 para cuidar da própria mente, deixando-a mais saudável e aliviada da rotina. Existem diferentes formas de se fazer isso, como o desenvolvimento do hábito de meditar ou praticar ioga.

Família e relacionamentos afetivos

Essas também são áreas que sempre entram nas listas de metas. Quem já tem uma família formada, costuma estabelecer objetivos para cuidar melhor dela. E quem ainda está à procura de um relacionamento, pode ter o desejo de encontrá-lo em 2020.

Pense nos seus desejos para os próximos meses no campo afetivo e fique mais aberto a alcançá-los. Lembre-se de que se a intenção é conhecer mais pessoas, é preciso frequentar mais lugares, preferencialmente diferentes daqueles aos quais você costuma ir.

Carreira e vocação

Muitas pessoas têm como objetivo colocar a vida profissional em dia para o próximo ano — seja para ver melhores resultados no atual emprego ou encontrar aquela tão sonhada vaga.

Para isso, atualize o seu currículo e veja o que é possível fazer para encontrar e conquistar o emprego dos seus sonhos. Pode ser necessário, por exemplo, fazer cursos, especializações ou frequentar eventos do seu nicho de atuação.

Cultura e lazer

Uma pessoa não vive só de trabalho, não é mesmo? Por isso, cultura e lazer devem sempre ser levados em consideração durante os planejamentos para cada novo ano.

Considere viagens para lugares diferentes ou mais idas ao cinema e teatro. Esquematize como poderá separar mais tempo para momentos de repouso e entretenimento. Caso o orçamento esteja apertado, informe-se sobre as opções gratuitas de entretenimento da sua cidade.

Sociedade e comunidade

Como diz o ditado: “nenhum homem é uma ilha”. Com isso mente, vale a pena dedicar alguma parte da sua vida para a melhora da vida em sociedade. Nesse sentido, o planejamento de virada de ano também pode abranger diversas medidas. Dois exemplos simples são a participação em campanhas para aprimorar a coleta de lixo do seu bairro e a prática de algum trabalho voluntário.

Finanças

Quer finalmente eliminar todas as dívidas neste novo ano? Assim como nas outras áreas citadas, a melhor maneira de alcançar sua estabilidade financeira é detalhando os seus gastos no dia a dia. Um ótimo início é verificar exatamente o destino que você tem dado ao seu dinheiro.

Então, anote diariamente todos os seus ganhos e gastos (até mesmo os menores). Assim, você poderá analisar essas informações, de forma a otimizar o aproveitamento da sua renda. Esse hábito simples é primordial para conseguir criar a tão sonhada reserva de emergência. Até a aquisição de bens de consumo mais caros, como um carro ou imóvel, é facilitada.

Se você tem um objetivo financeiro a ser alcançado, não se esqueça de conservar uma porcentagem de seu planejamento mensal destinado a ele. Outro bom conselho para ver seu dinheiro se multiplicar é aplicá-lo em investimentos que rendem mais do que a poupança.

Não tente abraçar o mundo

Muitas vezes, vários aspectos das nossas vidas entram em um ritmo de descompasso. Nesses momentos, nada mais parece funcionar ou fazer sentido. Não à toa, uma das funções do planejamento para o novo ano é realimentar a motivação necessária para buscar as próximas conquistas. Mas o que fazer quando ainda faltam as anteriores?

Os matemáticos gostam de dizer, de modos distintos, que todo problema encerra sua própria solução. Se 2019 foi um ano ruim, você precisa rever os motivos por trás disso. Um fator determinante é não tentar recuperar todo o tempo perdido de uma só vez. A depender do acúmulo, talvez alguns detalhes exijam mais tempo para serem resolvidos. O planejamento também é importante para evitar atitudes incoerentes ou exageradas — lembre-se das minimetas!

Tenha, no máximo, quatro objetivos para alcançar neste ano que se inicia. Lembre-se: se você tentar ajustar todos os aspectos negativos em sua vida, são grandes as chances de que nenhum deles realmente mude. Por isso, mantenha-se firme nas metas mais importantes para você.

Feito o planejamento, você precisa monitorá-lo constantemente. Dessa forma, poderá ver o que está fluindo ou não. Com os problemas e soluções correspondentes já previstos, você sequer perderá muito tempo efetuando eventuais ajustes.

Como visto, um planejamento para o ano novo é extremamente importante na vida de qualquer pessoa. Para tanto, é conveniente não apenas ter metas realistas, mas saber como alcançá-las. Conhecer sua realidade e seus limites, sejam físicos, psicológicos ou financeiros, é igualmente crucial nesse momento. O mesmo pode ser dito com relação a uma maneira eficaz de acompanhar o cumprimento das metas do seu planejamento.

Por falar nisso, aproveite para baixar gratuitamente a nossa planilha anual de orçamento pessoal e comece o ano novo com tudo!
Planilha Anual De Orcamento Pessoal Tenha Uma Organizacao Mes A Mes Banner Artigo Blog

As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.