Planejamento Financeiro

Quais atitudes devo ter para quitar dívidas e começar a investir?

Quer começar a investir? Então aprenda como pagar suas dívidas e começar a poupar dinheiro com atitudes simples.

Muitas pessoas sonham em juntar dinheiro para fazer um investimento, realizar um grande desejo ou simplesmente ter uma reserva de segurança. No entanto, para atingir esse objetivo, é preciso tomar uma série de atitudes.

Se você quer saber o que deve fazer para quitar dívidas e começar a investir, este post é para você. Continue a leitura e confira nosso guia completo!

Renegocie as dívidas

Se você está com débitos atrasados em bancos, lojas e instituições financeiras é preciso fazer o possível para fugir dos juros, que são muito altos. Por isso, ligue para o gerente e procure saber o que pode ser feito.

Ao demonstrar interesse em quitar seus débitos, a maioria dos bancos e empresas pode oferecer um reparcelamento com juros mais baixos. Isso porque é mais vantajoso para eles receber um valor um pouco menor, do que iniciar um caro e demorado processo judicial.

Independentemente de ser ou não possível renegociar todas as dívidas, você deve começar a quitar aquelas que apresentam uma taxa de juros maior.

Crie metas

A partir desse momento, você fará uma reeducação financeira, que incluirá cortar diversos gastos supérfluos e reduzir outras despesas. Tudo isso será necessário para atingir seu objetivo. Mas, para que você se mantenha motivado, é preciso criar metas.

Por exemplo, determine que até o fim do ano você terá guardado 3 mil reais. Ou que, no próximo ano, você guardará mais 5 mil reais. Esse tipo de meta tem como propósito instigar você e sua família a economizar o suficiente.

Além disso, quando você ficar chateado por não poder gastar com algo, lembre-se dessas metas para não desistir do objetivo principal.

Identifique onde cortar gastos

Você deve passar pelo menos um mês anotando todos os seus gastos para poder analisá-los e definir quais são supérfluos. Sempre é possível eliminar pequenos hábitos que ao final consomem muito dinheiro, como tomar café na padaria, almoçar fora com frequência, entre outros.

Se você deseja guardar bastante dinheiro, pode tomar atitudes maiores, como se mudar para um lugar em que o aluguel seja mais barato, trocar o carro por um modelo mais econômico, optar por planos mais baratos de internet, TV e celular e assim por diante.

É importante ter em mente que você não precisa viver em más condições para guardar dinheiro, apenas é necessário ter disciplina e fazer pequenos sacrifícios — que não reduzam drasticamente o seu conforto.

Tenha um planejamento

Para quitar dívidas e começar a investir, é preciso ter muita organização. Por isso, anote:

- todas as dívidas que você tem;
- seus gastos fixos mensais;
- gastos pontuais programados (manutenções preventivas do carro, compra de material escolar, por exemplo);
- seus ganhos mensais;
- o dinheiro que você economizou cortando supérfluos.

Você pode utilizar uma planilha ou um aplicativo de controle financeiro para manter essas informações sempre atualizadas. A partir daí, comece a acompanhar mensalmente seu progresso.

Se o seu ganho mensal for muito inferior ao valor das suas dívidas e gastos, considere complementar a renda prestando algum tipo de serviço que você tenha facilidade em fazer. Você pode vender doces caseiros, revender cosméticos, trabalhar como motorista por meio de aplicativos, por exemplo.

Faça mais coisas em casa

Um bom jeito de poupar dinheiro é fazendo as coisas em casa. Por exemplo: cozinhando com mais frequência e levando marmita para o trabalho, ou lavando o próprio carro em vez de pagar por isso.

Opte por cozinhar mais vezes em casa, mesmo quando quiser uma comida especial — no final você economizará mais do que se tivesse ido a um restaurante.

Pedir delivery em vez de sair para jantar também é mais econômico, pois evita ter que pagar estacionamento, gasolina e taxa de serviço.

Além disso, atividades de lazer podem ser feitas em casa. Se você mora em condomínio, faça uso das áreas comuns, como piscina e churrasqueira. Se você mora em uma casa, aproveite o espaço para receber os amigos e a família.

Utilize os serviços de streaming para assistir a séries e filmes com a família por um valor fixo, um programa muito mais barato do que ir ao cinema.

Busque apoio

Quando você tem como objetivo guardar dinheiro, é preciso conversar com sua família e amigos para que eles entendam a situação e colaborem. É importante explicar aos filhos que algumas restrições de gastos são importantes para um futuro melhor.

Já seus amigos devem estar cientes de que você não poderá sair com eles com tanta frequência, pois precisa economizar. Talvez eles também possam ficar motivados a guardar dinheiro ou dividir dicas com você.

Ao falar sobre essa situação para as pessoas do seu convívio, elas poderão ajudar você a pensar em novas formas de economizar. Além disso, elas serão mais compreensivas quando você não puder participar de algum evento social.

Não é preciso deixar de se encontrar com as pessoas que você gosta, basta encontrar formas mais econômicas de fazer isso — reunir-se na casa de alguém em vez de ir a um bar, por exemplo.

Evite parcelas

Compras parceladas são dívidas que você faz contando com um dinheiro incerto do futuro. Por isso, evite ao máximo fazer compras parceladas e, se for realmente necessário, parcele em poucas vezes.

É desafiador, mas o ideal é que você tenha a seguinte mentalidade: se você ainda não tem o dinheiro, não deve gastá-lo. Isso também significa evitar o cartão de crédito e centralizar suas compras em um único cartão de débito, para ter mais controle.

Faça um investimento

Aplicar seu dinheiro é uma boa forma de saber que ele estará seguro. Uma boa opção é investir em um consórcio, pois, além de usar seu dinheiro de uma forma inteligente e disciplinada, você ainda terá um bem no final do período de pagamento.

consórcio é vantajoso principalmente porque não cobra juros e é uma maneira de exercitar disciplina financeira. Entenda, neste artigo, a diferença entre financiamento, consórcio e empréstimo!

As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.