Planejamento Financeiro

Saiba o que é e como realizar um investimento sustentável

Confira algumas opções de investimento sustentável e garanta um futuro seguro para você e sua família.

Com a instabilidade econômica que o país tem enfrentado nos últimos tempos, as pessoas estão cada vez mais interessadas em fazer um investimento sustentável que traga conforto e segurança para sua família em médio e longo prazo.

Poupar uma parte de seus rendimentos para garantir o acesso a uma boa educação aos filhos, com o pagamento de escolas e faculdades renomadas, e poder aproveitar uma aposentadoria tranquila — momento em que os gastos tendem a aumentar, especialmente com saúde —, é um dos maiores desejos dos brasileiros. Muitos estão cansados de viver apenas para pagar contas, de forma que nunca sobre dinheiro no fim do mês.

Pensando nisso, no post de hoje vamos falar sobre os investimentos seguros e como você pode fazer uso deles. Acompanhe!

O que é um investimento sustentável?

O investimento sustentável é aquele que proporciona segurança e conforto para o investidor em longo prazo. É comumente escolhido por pessoas que pensam no futuro e pretendem formar uma família.

Após um período de fácil acesso ao crédito, no qual muitos consumidores se endividaram com cartões de crédito, cheque especial e financiamentos, o brasileiro passou a buscar mais informações sobre educação financeira, incluindo formas de investir o seu dinheiro e garantir mais segurança nesse quesito.

Até a geração Y, isto é, pessoas nascidas do começo da década de 80 até meados dos anos 90 — conhecidas por não ficarem mais de dois anos no mesmo emprego —, está buscando mais estabilidade profissional diante do cenário negativo que o país vem apresentando nos últimos tempos.

Como realizar investimentos sustentáveis?

No mercado há diversas opções de investimentos sustentáveis, de risco baixo ou moderado, que trazem segurança ao investidor. Para escolher uma delas, é necessário conhecer as suas expectativas, ambições e o valor disponível para investir. Abaixo, listamos algumas sugestões para você começar.

Investimentos de risco baixo

Os investimentos que apresentam baixo risco são excelentes para aquelas pessoas que estão procurando segurança, ainda que o rendimento não seja tão alto. Geralmente, esses investidores não têm pressa e podem aguardar um longo período para obter retornos. Conheça, a seguir, algumas opções.

Previdência privada

Se você está acompanhando os noticiários, deve saber que há uma grande discussão sobre o futuro da aposentadoria no Brasil. Embora a reforma da previdência tenha sido adiada, em virtude de grande pressão popular, as pessoas mais atentas não descartam a possibilidade das mudanças ocorrerem em breve.

Com isso, a previdência privada tem sido uma ótima opção de investimento de baixo risco e longo prazo. Para tanto, você deve buscar uma instituição financeira e conhecer os planos ofertados. Existem modalidades que garantem uma renda mensal. Em outras, você pode fazer o saque do valor investido mais os rendimentos de uma única vez. Há também tributações distintas, por isso, é importante que você tire todas as suas dúvidas antes de fazer uma escolha.

Seguro de vida

Pesquisas indicam que o brasileiro está contratando mais seguros, sendo que uma das modalidades preferidas é o de vida. A conscientização de realizar um planejamento que inclua não apenas a proteção do segurado, mas também de sua família, é um dos motivos para o aumento.

Esse é um investimento que garante proteção mesmo se houver imprevistos, de modo que o padrão de vida seja resguardado. Outro ponto positivo é que o custo dessa modalidade não costuma ser alto, causando pouco impacto no orçamento doméstico de quem pretende se precaver.

Consórcio

O consórcio é uma modalidade de investimento sustentável que auxilia as pessoas a ampliarem ou melhorarem o seu patrimônio. É baseado na união de pessoas - físicas ou jurídicas - em grupos, com a finalidade de formar poupança para a aquisição de bens móveis, imóveis ou serviços. A formação desses grupos é feita por uma administradora , autorizada e fiscalizada pelo Banco Central do Brasil.

Nessa modalidade de aquisição, o valor do bem ou serviço é divido em um prazo predeterminado, e todos os integrantes do grupo contribuem ao logo desse período. Mensalmente (ou conforme estipulado em contrato), a administradora os contempla, por sorteio ou lance, com o crédito no valor do bem ou do serviço contratado, até que todos sejam atendidos.

O acesso à carta de crédito faz com que você tenha o poder de comprar à vista do bem. Além disso, o consórcio é mais econômico, visto que não cobra juros.

Dessa maneira, o investidor vai ampliando o seu leque de opções aos poucos, garantindo a tão sonhada segurança e estabilidade financeira.

Investimentos com risco moderado

Os investimentos com risco moderado exigem um conhecimento maior do mercado financeiro e, embora, apresentem uma rentabilidade melhor, não são tão seguros quanto os citados acima. No entanto, vale a pena tomar conhecimento de quais são eles e escolher um ou outro para diversificar as opções.

Fundo de Investimento Imobiliário

Os Fundos de Investimento Imobiliário (FII) são formados por grupos de investidores cujo intuito é o de aplicar recursos nos negócios de base imobiliária — seja em imóveis na planta ou prontos — e assim obter retorno com a exploração de locação, arrendamento, venda do imóvel e outras opções que o setor oferece.

Debêntures

Debêntures são empréstimos que o investidor concede às empresas com o objetivo de financiar suas atividades. Com isso, é fixado um prazo para que o valor seja devolvido. A rentabilidade pode ser definida das seguintes maneiras:

· prefixada, quando a taxa é definida no momento da contratação e não sofre influência das oscilações do mercado;
· pós-fixada, é definida somente no final da aplicação.

A primeira opção é mais conservadora, tendo em vista que o investidor não será surpreendido no final do prazo contratado. Já a segunda inclui um pouco mais de riscos, uma vez que a rentabilidade é afetada diretamente pela variação do mercado.

Fundos Multimercados

O fundo multimercado é um tipo de fundo de investimento que visa mesclar diversas aplicações, como renda fixa, ações, compra de moedas, entre outros. Para saber como o seu dinheiro será investido, é importante fazer uma análise do prospecto do fundo.

Essa opção conta com diversos riscos, sendo que o moderado e o agressivo são os mais comuns. A rentabilidade é boa, uma vez que a mistura de classes de investimentos distintas oferece maior liberdade para que o investidor trace estratégias conforme seus interesses.

Como você pôde perceber, uma das melhores formas de fazer investimentos seguros para você e sua família é diversificando sua carteira de ativos. Mescle opções de risco baixo e moderado e determine seus objetivos para cada uma delas. E não deixe de ter uma assessoria especializada no assunto para auxiliá-lo!

Agora que você já sabe mais sobre investimento sustentável, leia também o nosso post que revela 7 motivos para você movimentar hoje o seu dinheiro parado. Confira!

As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.