Como solicitar e utilizar seu FGTS emergencial?

Confira como sacar o FGTS emergencial e usar esse dinheiro extra de uma forma inteligente!
  • Atualizado em September 25, 2020
  • Publicado em September 25, 2020
  • Planejamento Financeiro

Via de regra, o uso do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) é restrito a algumas situações. Demissão sem justa causa, aposentadoria e financiamento de um imóvel são as mais conhecidas. No entanto, isso mudou nos últimos anos, quando foi aprovado o chamado FGTS emergencial. Trata-se do saque autorizado das contas ativas ou inativas do fundo até o valor máximo de R$1.045 por trabalhador.

Como o próprio nome indica, o FGTS emergencial visa a fornecer um suporte a mais para quem precisar de uma grana extra. Simultaneamente, a medida também tem o objetivo de movimentar a economia, algo essencial em um momento tão adverso como o atual.

A seguir, explicaremos tudo o que você precisa saber acerca do saque desse valor, principalmente sobre como usá-lo de maneira estratégica. Acompanhe!

Quem tem direito ao FGTS emergencial?

Esta é a melhor parte: tenha uma conta ativa ou inativa no FGTS, você poderá pedir o saque até o limite informado. Antes da aprovação da medida, o único saque permitido era vinculado ao FGTS inativo. Com a inclusão dos saldos das contas ativas, ficou muito mais fácil usufruir do recurso.

Como solicitar o FGTS emergencial?

Muitas pessoas ainda têm dúvida na hora de pedir o saque, mas os procedimentos necessários para isso são muito simples. Você só precisa seguir as instruções a seguir:

  • baixe o aplicativo do Fundo de Garantia — O aplicativo está disponível tanto para o sistema Android quanto iOS;
  • faça seu login — informe todos os dados pessoais solicitados para, então, cadastrar sua senha, a qual deve ser apenas numérica e de seis dígitos;
  • verifique o saldo disponível;
  • clique na opção “saque emergencial”.

Importante esclarecer que, caso conclua a solicitação, o valor correspondente será creditado em uma conta chamada de poupança social digital. A criação dela é automática e realizada pelo próprio órgão emissor.

Quanto à data do depósito, é necessário ficar atento ao calendário previamente definido pela instituição financeira. A ordem segue as datas de aniversário de cada trabalhador. Caso você queira transferir o valor para outra conta, será necessário consultar um calendário à parte — cerca de dois meses após a liberação do depósito na conta digital.

É importante sempre observar a data dos depósitos e os dias para movimentar a poupança social digital. Afinal, se não houver movimentação até a data informada, o valor em questão retornará ao FGTS.

Como utilizar esse dinheiro

Agora que você já sabe bem como funciona o FGTS emergencial, resta saber o que fazer com o valor. Por sinal, essa é a maior fonte de incerteza das pessoas. Diante da oportunidade de usar um dinheiro a mais inesperado, é comum ter dúvidas a fim de não desperdiçá-la.

Planejar a utilização com calma e objetividade é primordial para que a ajuda financeira não se transforme em um problema, em vez de ser parte da solução. A seguir, você confere as melhores formas de usar o FGTS.

Quite dívidas

Em primeiro lugar, você deve se esforçar para eliminar parcial ou totalmente as contas atrasadas. A tarefa de colocá-las em dia nem sempre é fácil, principalmente quando se trata dos casos em que o valor devedor supera o total do dinheiro disponível. Nessas circunstâncias, priorize as dívidas mais atrasadas ou urgentes.

Muitas vezes, uma saída viável e inteligente consiste em usar parte do FGTS emergencial para dar uma entrada na regularização de uma dívida. O importante é que você saiba estabelecer prioridades, pois o valor limite do saque equivale a um salário mínimo.

Crie uma reserva de emergência

O montante do FGTS emergencial também pode ser convertido para iniciar ou ampliar sua reserva de emergência. Independentemente dos investimentos a serem feitos, você sempre deve manter uma quantia destinada a cobrir imprevistos financeiros. A fim de cumprir esse objetivo, lembre-se de que ela deve ter a melhor liquidez possível.

Comece a empreender

Outro modo inteligente de uso do FGTS é aproveitá-lo para abrir um negócio próprio. Empreender exige muita organização financeira e planejamento. Com o FGTS, você tem à disposição uma ajuda a mais, mesmo que seja momentânea.

Entre as possibilidades práticas, o dinheiro pode ser revertido para custos relacionados a reformas de infraestrutura do imóvel da empresa, por exemplo. Outra forma de utilização consiste na compra de materiais ou dispositivos eletrônicos necessários para o pleno funcionamento das atividades do negócio.

Sim, o total liberado para saque é relativamente baixo nesse contexto. Mesmo assim, auxilia no pagamento de todos os itens mencionados. Em outras palavras, o FGTS emergencial também pode ser o faltava para a realização dos ajustes finais que antecedem a grande inauguração da sua empresa.

Invista de maneira estratégica

Se você não tiver pendências financeiras, ótimo! Isso significa que poderá direcionar o valor emergencial para aplicações. Caso você já participe de um consórcio, por exemplo, o dinheiro é útil para adiantar o pagamento de algumas parcelas.

Inclusive, essa é uma forma de investimento que valoriza o poder de compra. Por meio de um plano adequado ao seu perfil, você ficará muito próximo de ver seus sonhos saírem do papel, além de contar com os seguintes benefícios:

  • planejamento eficaz e de longo prazo, básico para praticar a tão comentada e indispensável disciplina financeira;
  • ausência de acréscimo de juros nas mensalidades;
  • carta de crédito com valor atualizado e equivalente ao tipo de bem consorciado;
  • liberdade de uso do crédito para qualquer bem que estiver dentro da mesma categoria do consórcio participante.

Por meio dessa modalidade de crédito também é possível comprar um veículo, como carro ou moto. Em todas as situações, o total desembolsado fica abaixo daquele estipulado para cada bem no mercado.

Como você pôde conferir, o FGTS emergencial é extremamente útil nas mais variadas ocasiões. Depois de decidir o que fazer com ele, basta seguir o passo a passo para solicitá-lo e aguardar as datas determinadas no calendário.

Se sua ideia é usar todo o valor do seu Fundo de Garantia para adquirir um imóvel, veja quais tipos de patrimônio você pode comprar utilizando seu FGTS.

As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.
Mostrar comentários
Leia também
attach_money
Planejamento Financeiro

Economia criativa: você sabe o que é esse conceito? A gente explica!

attach_money
Planejamento Financeiro

Confira 9 práticas e hábitos que vão ajudar você a sair das dívidas!

attach_money
Planejamento Financeiro

Saiba o que avaliar no momento de contratar um seguro