Curso de educação financeira gratuito? Veja 7 dicas e comece agora!

Melhore sua educação financeira sem gastar nada com nossas dicas de cursos gratuitos. Acesse o blog e confira a lista!
  • Atualizado em June 14, 2021
  • Publicado em June 14, 2021
  • Planejamento Financeiro

Certamente, você há de concordar que conhecimento nunca é demais, não é mesmo? Ainda mais quando o assunto é educação financeira. Ela permite melhorar sua relação com o dinheiro e faz você evoluir para se organizar de forma mais eficiente a fim de alcançar seus objetivos — parte essencial de qualquer planejamento financeiro.

Então, quer fazer um bom curso de educação financeira gratuito? Neste conteúdo, listamos algumas alternativas valiosas, que podem ser o primeiro passo para você aprimorar a organização do seu orçamento pessoal, seja nas contas do dia a dia, seja na hora de investir. Confira!

1. Gestão de Finanças Pessoais — Banco Central do Brasil

O curso de "Gestão de Finanças Pessoais" desenvolvido pelo Banco Central do Brasil e pela Escola de Administração Fazendária é um excelente começo para quem deseja melhorar a maneira como lida com o dinheiro.

Ao longo de 20 horas, que podem ser completadas em até 20 dias após o início do curso, o participante terá lições de conceitos básicos de gestão financeira, além de entender melhor como consumir serviços financeiros com consciência.

Todo o conteúdo é repassado de forma lúdica, com animações que acompanham a trajetória e os percalços financeiros de uma família comum, com a qual você vai se identificar. Para ter acesso às aulas, basta fazer um cadastro na Escola Virtual do Governo.

2. Fundamentos de Economia e Finanças — ANBIMA

Outra opção de curso introdutório bastante interessante é o "Fundamentos de Economia e Finanças", oferecido pela Associação Brasileira de Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais (ANBIMA).

O principal objetivo do programa do curso é garantir aos alunos o domínio de uma série de conceitos de economia, finanças e do mercado financeiro em si, para que eles possam ser aplicados ao dia a dia com facilidade e segurança.

Nessa proposta, estão incluídas técnicas de resolução de problemas, interpretação de gráficos e lições básicas de matemática financeira, para calcular a rentabilidade e juros de uma aplicação, por exemplo.

Ao todo, são oito horas de conteúdo, além de uma apostila em formato PDF. Quem conclui as atividades recebe um certificado digital de participação. Para acessar o curso, é preciso fazer uma matrícula gratuita no portal de cursos da ANBIMA.

3. Como Organizar o Orçamento Familiar — FGV

Colocar as contas de casa em ordem é sempre um desafio? Esse curso da Fundação Getúlio Vargas talvez possa ajudar. Em "Como Organizar o Orçamento Familiar", o participante terá ensinamentos fundamentais de como acompanhar seu orçamento e planejar sua vida financeira da melhor forma possível.

Para isso, o curso é baseado em três pilares: identificação do perfil financeiro, planejamento e organização da vida financeira em caso de endividamento, incluindo a elaboração de um plano de emergência para sair dessa situação.

Ao todo, são 12 horas de curso. Quem concluir o teste final com nota igual ou superior a 7,0 poderá emitir uma declaração que comprova a participação no curso, que está disponível no portal da FVG.

4. Como Organizar Suas Finanças — B3

Outra opção com boas lições para organizar as finanças, seja você uma pessoa assalariada ou um profissional autônomo, é o curso da B3, empresa responsável pela Bolsa de Valores de São Paulo.

Em "Como Organizar Suas Finanças" estão disponíveis várias videoaulas, materiais para download (como planilhas de controle financeiro) e artigos, que ensinam uma série de técnicas para identificar para onde está indo seu dinheiro — ou para ajudar a definir objetivos dentro de um planejamento. Os interessados devem se cadastrar gratuitamente no site da B3.

5. Como Gastar Conscientemente — FGV

Se o seu problema são as compras por impulso, o curso de "Como Gastar Conscientemente", também da FGV, talvez seja a principal recomendação para você. Afinal, esse é um dos passos mais importantes para manter a tranquilidade e garantir que os objetivos traçados sejam alcançados.

No curso, são propostas lições que permitem que o participante, ao final, consiga responder algumas perguntas fundamentais dentro de um planejamento financeiro. Assim, ele vai conseguir tomar decisões de consumo mais seguras. É melhor, por exemplo, comprar sempre à vista ou a prazo? Como saber se você realmente precisa de alguma coisa ou se apenas deseja?

O curso, disponível no portal da FVG, tem um público-alvo específico, mas pode ser aplicado inclusive para estudantes que ainda estão no Ensino Médio. São oito horas de carga horária e, ao final, quem obtiver nota igual ou superior a 7,0 recebe uma declaração de participação.

6. Trilha Financeira — Serasa Ensina

O curso "Trilha Financeira" é disponibilizado pela plataforma Serasa Ensina, mantida pela Serasa Experian, uma das maiores empresas de análise de crédito do Brasil. O objetivo do curso é ensinar aos participantes a cuidar melhor do seu dinheiro, centavo a centavo.

Para isso, ele é composto por seis ramos, que educam desde sobre conceitos básicos de um orçamento a serviços financeiros e endividamento, além de destacar os perigos das fraudes — inclusive no ambiente digital.

O conteúdo conta com instrutores famosos e até mesmo conhecidos do grande público. Além disso, ele pode ser acessado à medida que evolui na aprendizagem, sem prazo máximo de tempo. Para fazer o curso, basta realizar um cadastro gratuito no Serasa Ensina.

7. Mercado Financeiro de A a Z — ANBIMA

Depois de colocar as contas em ordem, talvez seja hora de dar os primeiros passos no investimento, não é mesmo? Para aumentar as chances de sucesso na hora de investir, é essencial compreender uma série de conceitos, que podem confundir aqueles menos familiarizados.

Nesses casos, o curso "Mercado Financeiro de A a Z", também da ANBIMA, é um excelente ponto de partida. O curso tem como base tópicos que ajudam a entender toda a estrutura do mercado financeiro, quais são os principais produtos de investimento e os riscos embutidos em cada um deles.

São cinco horas de conteúdo, além de apostila em PDF e um glossário que revisa os principais conceitos. Para reforçar os ensinamentos, é proposta uma atividade aos participantes. Para acessar o curso, o caminho é o portal de cursos da ANBIMA.

Fazer qualquer curso de educação financeira gratuito pode ajudar bastante na organização da sua vida financeira. Afinal de contas, para ser saudável, ela depende de uma série de aspectos, incluindo um controle preciso das despesas, a determinação de metas plausíveis e a prevenção de dívidas.

E você, divide as contas de casa com outras pessoas? Então, que tal ter uma ferramenta para repartir os custos de forma simples e organizada? Baixe nossa planilha e veja como ela pode auxiliar nessa tarefa!
As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.
Mostrar comentários
Leia também
attach_money
Planejamento Financeiro

Economizar, poupar e investir: você entende a diferença?

attach_money
Planejamento Financeiro

Guardar dinheiro ou investir? Saiba o que considerar na decisão

attach_money
Planejamento Financeiro

Plano de aposentadoria privada: entenda melhor como funciona