10 dicas para fazer uma boa decoração de quarto de bebê

Não sabe por onde começar a decoração do quarto do bebê? Confira nossas dicas no artigo e não esqueça de nenhum detalhe!
  • Atualizado em October 13, 2020
  • Publicado em February 15, 2019
  • Seu imóvel

Uma das tarefas mais prazerosas a serem realizadas enquanto se espera a chegada de um filho é a decoração do quarto de bebê. Nesse momento, os pais se veem diante de inúmeros itens — um mais fofo que o outro — para escolher. Com tantas opções, cada decisão pode acabar se tornando bem difícil.

A situação se complica quando você começa a pensar na funcionalidade dos móveis, no espaço disponível, na combinação dos itens de decoração, entre várias outras coisas. Desse modo, como organizar tudo isso e montar o ambiente ideal para o novo integrante da família? Aproveite as dicas a seguir e esclareça todas as suas dúvidas sobre o assunto!

1. Escolha um tema

Um passo inicial que ajuda muito na tarefa de combinar diversos objetos em um mesmo espaço é a escolha de um tema. Inclusive, essa se tornou uma atitude bastante comum entre os pais, pela facilidade e conforto que oferece.

Entretanto, decidir por um tema também envolve alguns riscos. Por exemplo, é preciso muito cuidado para não encher o quarto com coisas repetitivas, que deixam o ambiente pesado e com “muita informação”. Assim, cada escolha relacionada ao ponto principal deve ser feita com atenção.

Em geral, o tema escolhido para decoração de quarto de bebê vem de alguma preferência da família — como uma história da Disney da qual gostem ou algum personagem marcante para o casal. Também é possível aproveitar itens que já tenham: um brinquedo antigo ou um objeto que decora a casa podem ser a inspiração que você precisa.

2. Decida as cores

Uma das maiores escolhas que você vai ter na hora de ambientar o espaço é decidir as cores. A dica é trabalhar com paletas neutras, pois elas permitem mais liberdade em relação aos outros elementos do quarto. Afinal, se todas as paredes estão pintadas com uma cor marcante, um móvel ou item colorido na decoração acaba não sendo muito bem-vindo.

Antigamente, era comum pintar todo o ambiente de rosa ou azul, dependendo do gênero da criança. Com o tempo, essas escolhas foram sendo consideradas clichês e ultrapassadas, o que fez com que acabassem sendo substituídas por composições mais leves e modernas.

Considerando as particularidades do bebê, o mais indicado é utilizar tons suaves na decoração, já que crianças muito pequenas são mais sensíveis ao ambiente. Cores fortes e escuras podem ser utilizadas em detalhes da pintura ou itens diversos, como prateleiras, quadros, almofadas e enfeites. Dessa maneira, é possível fazer um ambiente alegre e equilibrado.

Outra vantagem de pintar o quarto com cores neutras e claras é poder aproveitar os brinquedos e presentes da criança na decoração. Geralmente, o bebê ganha vários bichos de pelúcia e itens coloridos, como tapetes de EVA. Com esses cuidados você consegue utilizá-los sem problemas.

3. Decore com papel de parede

Usar um papel de parede na decoração de quarto de bebê é outra dica interessante para os pais. As lojas trabalham com opções muito diferentes a partir de diversos modelos infantis — com isso, a escolha pode ser bem difícil. Logo, lembre-se de considerar seus outros desejos para o espaço, evitando que esse item chame toda a atenção ou traga desequilíbrio ao ambiente.

O ideal é utilizar o papel apenas em detalhes da decoração. Por exemplo, colocar uma faixa com estampas marinhas em um espaço pintado de branco ou azul-claro. Dessa forma, a parede fica divertida, sem trazer peso para os outros elementos escolhidos.

É possível fazer várias composições utilizando tintas e papel de parede. Mas não se esqueça da dica anterior quanto à leveza das cores. Focar muito na pintura ou colar decoração em toda a parede pode deixar o quarto cheio e pouco interessante.

4. Tenha atenção ao espaço

Essa é uma dica essencial e que muitos pais, principalmente os de primeira viagem, deixam passar. Decidir a decoração de quarto de bebê é um momento de muita empolgação, mas é preciso se lembrar dos limites em relação ao espaço.

Se o ambiente é pequeno, todas as escolhas precisam ser feitas com um cuidado extra. Lembre-se de que os móveis para bebês, em geral, são bem espaçosos. Assim, é interessante fazer uma lista com as prioridades e considerar o tamanho de cada objeto.

Sendo assim, antes de realizar qualquer compra, tire todas as medidas do quarto. Observe com atenção a abertura das portas e janelas e reserve uma metragem para circulação entre os móveis. Afinal, a beleza não pode passar por cima da funcionalidade do espaço.

Ao comprar cômoda ou guarda-roupa, por exemplo, é preciso garantir que haja condições suficientes para abrir as portas e gavetas de maneira adequada. Tenha o cuidado, ainda, de não limitar a abertura das janelas e portas do quarto.

5. Planeje as compras

Além de ajudar a organizar a decoração e se certificar de que todos os itens combinam entre si, essa dica é interessante para manter o orçamento familiar sob controle. Nem sempre é fácil evitar as compras por impulso quando o assunto é a chegada de um bebê, não é mesmo? Por isso, planejar é a melhor opção.

Do contrário, você pode terminar com vários itens que não serão utilizados porque não cabem no quarto ou não combinaram com o restante da decoração. A pior parte é pagar por objetos que serão deixados de lado. Então, aproveite o momento para pesquisar e planejar todo o ambiente antes de sair para as compras.

Uma boa dica é conversar com outros pais e saber o que eles compraram e como decoraram o quarto. Visitar lojas e avaliar os ambientes decorados também é uma opção interessante. Além disso, sites e revistas podem trazer boas inspirações e ajudar na escolha.

6. Conheça tendências

É muito útil saber o que está na moda atualmente e ver se as opções combinam com os seus interesses para o quarto do bebê — e nós podemos ajudar nisso. Conheça algumas das principais tendências para decoração de ambientes infantis.

Nuvens

Esse tema tem sido muito utilizado tanto em festas de aniversário quanto na decoração de quartos. Uma das suas maiores vantagens é a versatilidade: é uma ótima ideia para meninos e meninas, se dá bem com diferentes escolhas de cores e permite diversas combinações com móveis e itens decorativos.

Safári

Outra tendência muito versátil para decoração de quarto de bebê é o tema safári ou bichos. Ele também fica legal tanto para meninas quanto para meninos e permite liberdade de cores — detalhes florestais deixam o quarto incrível. Além disso, pense no benefício de aproveitar as pelúcias e brinquedos de animais na decoração.

Montessori

Essa não é só uma tendência de decoração, mas um estilo de vida. Um quarto Montessori é preparado para estimular a independência do bebê e a interação com todos os elementos do ambiente. Em geral, a cama é baixinha e os itens são colocados à disposição da criança. Vale a pena conhecer modelos desse tipo antes de decidir.

7. Tenha cuidado com a segurança

A segurança é algo fundamental para um quarto de bebê. Afinal, logo a criança vai começar a se movimentar pelo espaço. Dessa forma, cuidar para que ela não se machuque é uma das principais preocupações dos pais.

Para garantir que o quarto fique mais seguro para o seu filho, certifique-se de retirar itens do chão que possam fazê-lo escorregar ou tropeçar quando começar a andar ou engatinhar, como os tapetes. Além disso, coloque proteção nas quinas dos móveis para que a criança não se machuque caso se esbarre.

Vale a pena também ter cuidado com os móbiles escolhidos para decorar o berço. Alguns formatos, dependendo do material, podem machucar o seu bebê, caso ele puxe o objeto para brincar. Uma dica, nesse caso, é optar por figuras feitas de tecidos antialérgicos, assim, o bem-estar do seu filho é garantido de todas as maneiras.

8. Invista em móveis planejados

Lembra da dica de ter atenção com o espaço disponível no quarto para evitar problemas para abrir as portas, gavetas, janelas e afins? Uma maneira de fazer isso é apostando nos móveis planejados.

Dessa forma, você tem a oportunidade de encomendar peças que se encaixam perfeitamente no ambiente e ainda pode personalizar da maneira que desejar. Ou seja, além de mais praticidade, você ainda tem mais opções de decoração.

9. Utilize móveis multifuncionais

Com um bebê em casa, qualquer truque para tornar o dia a dia mais prático é válido. Os móveis multifuncionais oferecem essa possibilidade. Um puff baú, por exemplo, pode ser usado para se sentar, assim como também pode ser um local para guardar brinquedos ou outros itens da criança.

Os móveis funcionais são nada menos que itens que podem ser usados para mais de uma utilidade. Isso oferece economia na hora de investir no quarto do bebê e praticidade no dia a dia. Sem contar que eles também podem contribuir muito para a decoração do ambiente.

10. Use nichos e organizadores nas paredes

Para otimizar o espaço do quarto, nada melhor que apostar nas prateleiras e nichos. Eles também oferecem mais organização e podem agregar muito à decoração escolhida.

Aproveite essas peças para colocar os artigos decorativos, brinquedos, bichinhos de pelúcia, entre várias opções. Outra ideia é aproveitar os organizadores para deixar os itens de uso diário em um local de fácil acesso para otimizar o seu dia a dia.

A única recomendação na hora de usar essas peças é evitar colocar objetos muito pesados, pois o peso pode danificar o material dos nichos ou dos organizadores e, consequentemente, comprometer a segurança do ambiente.

Viu só como é possível organizar a chegada do seu filho em casa de uma forma prática? Para isso, você vai precisar contar com muita criatividade e pesquisa. Assim, é possível montar um quarto aconchegante, com todos os mimos e caprichos para o bebê, sem comprometer o seu orçamento.

Agora você tem ótimas dicas para ajudar nas escolhas quanto à decoração de quarto de bebê. Lembre-se de que todos os elementos precisam estar interligados para um resultado agradável. Então, solte a imaginação e siga nossas orientações para montar um ambiente perfeito!

Gostou deste post? Quer saber como organizar as suas economias para oferecer todo o conforto que o seu bebê merece? Então baixe agora mesmo o nosso e-book com dicas importantes de planejamento financeiro para a chegada do primeiro filho!
cta-dicas-de-planejamento-financeiro-para-a-chegada-do-primeiro-filho
As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.
Mostrar comentários
Leia também
home
Seu imóvel

Decoração 2021: veja as tendências e aplique na sua casa!

home
Seu imóvel

O que observar antes de escolher o consórcio de imóveis ideal

home
Seu imóvel

FGTS para construção: como funciona para ter a casa dos seus sonhos?