4 dicas para não perder o controle financeiro na Black Friday!

Descubra 4 comportamentos que você deve ter para não perder o controle financeiro na Black Friday!
  • Atualizado em October 30, 2020
  • Publicado em October 30, 2020
  • Planejamento Financeiro

Em novembro costuma acontecer a Black Friday: o dia em que os preços de diversos produtos sofrem uma queda considerável, tornando a data uma ótima oportunidade para adquirir os itens que você deseja, principalmente os mais caros.

No entanto, é importante ter cuidado para não se deixar levar pela baixa dos preços e comprometer o seu orçamento com compras desnecessárias.

Para garantir um consumo consciente durante essa época de descontos muito atrativos, é fundamental avaliar quais são as suas reais necessidades. Somente assim você vai ter foco para comprar apenas aquilo que está dentro do seu planejamento financeiro pessoal e evitar dívidas.

Já está pensando no que você quer fazer nessa data? Quer saber como manter a saúde do seu bolso durante a Black Friday? Então, acompanhe este post e saiba quais são os 4 melhores comportamentos para não perder o controle e economizar nessa época!

1. Pesquise os preços

Você já percebeu que alguns estabelecimentos fazem uma pegadinha durante essa época? É o que muitas pessoas chamam de “black fraude”: quando a data se aproxima, algumas lojas aumentam os preços de seus produtos semanas antes, mas no dia da Black Friday, os valores retornam ao normal, dando uma impressão de desconto.

Apesar de essa não ser uma prática adotada por todos os comércios, é preciso cuidar para não cair nesses truques. Para isso, nada melhor que acompanhar os preços dos produtos que você pretende adquirir nessa data.

Aproveite o tempo que você tem até o dia da Black Friday, faça uma lista com o que você quer comprar e comece a perceber a dinâmica dos preços desses produtos em diferentes estabelecimentos. Assim, quando chegar o grande dia, você vai conseguir mensurar o desconto aplicado no item e avaliar se ele realmente vale.

2. Faça compras conscientes

Descontos são de fato muito atrativos. Entretanto, isso não significa que só porque algum produto entrou em promoção você vai precisar consumi-lo. Muitas pessoas, durante essa época, fazem compras desnecessárias ou levam mais itens do que realmente precisam, a fim de aproveitar a queda de preços.

Essa prática é errada? Não necessariamente. O erro está em não fazer isso com consciência. Isto é, sem avaliar a utilidade de determinado produto em casa, pesquisar a sua origem, mensurar quanto tempo ele duraria, verificar se cabe no orçamento, entre muitas outras questões.

Tudo isso faz parte do consumo consciente. Essa é uma prática fundamental para evitar erros no planejamento financeiro, pois impede que você faça compras por impulso ou que não estão de acordo com o que você acredita.

Sendo assim, antes de fazer qualquer aquisição durante a Black Friday, pense se você realmente precisa e quer realizar essa compra. Esse é um hábito importante para aprender a ter controle do seu dinheiro e do que você faz com ele, e pode ser aplicado em qualquer momento da sua vida, principalmente nos mais tentadores, como os dias de grandes descontos.

3. Monte uma lista de prioridades

Lembra da dica de fazer a lista com todos os produtos que você queria comprar? Percebe que dissemos tudo o que você deseja, e não o que você precisa, certo? Isso vai ser útil para organizá-los em ordem de prioridade e, assim, fazer compras com consciência.

Uma boa dica é deixar a sua lista de desejos em um lugar de fácil acesso e que você costuma olhar com frequência no dia a dia, como em seu quarto ou na porta da geladeira. Faça isso cerca de um mês antes da Black Friday e adicione os itens conforme você vai lembrando.

Quando a data estiver se aproximando, tire um momento para avaliar a sua situação financeira e defina o quanto você quer gastar nesse dia. Com isso, selecione os produtos que você mais quer adquirir em ordem de prioridade, do mais útil ou desejado, para o menos relevante.

Essa é uma boa hora também para retirar os produtos que não são tão necessários ou desejados, assim como planejar as suas compras para a próxima Black Friday — adiando a aquisição de algumas opções da sua lista. Desse modo, você não corre o risco de gastar com algo que não seria bem aproveitado nesse momento de sua vida.

4. Evite compras por impulso

Se com todas essas dicas você ainda sente insegurança ou medo de fazer compras por impulso, então vale a pena adotar algumas táticas para melhorar o seu autocontrole. Primeiramente, crie o hábito de olhar para os seus bens de consumo de uma forma racional, mesmo aqueles que têm valor sentimental. Essa é uma maneira de evitar o excesso de apego material que, muitas vezes, pode jogar por água abaixo o seu planejamento e organização financeira.

Outra estratégia para evitar compras fora do planejamento é delimitar o seu orçamento para a Black Friday. Ao definir o valor máximo que você pode gastar nessa data, seu cérebro naturalmente vai começar a priorizar o que é mais importante e fazer com que você reflita antes de uma compra, evitando a impulsividade.

Caso prefira tomar medidas mais intensas para evitar as promoções tentadoras, ande apenas com a quantia definida para gastar na Black Friday no bolso, deixando em casa os seus cartões ou qualquer outra forma de pagamento.

Para evitar compras online por impulso, peça para alguém de confiança guardar os seus cartões por um tempo, até que você reflita se realmente quer e se tem condições de fazer essa aquisição. Por fim, tenha sempre uma lista de desejos para preencher aos poucos. Dessa maneira, quando aparecer um desconto, você consegue tomar decisões melhores sobre o que levar no momento e o que pode ser adiado.

Como visto, durante a Black Friday, é imprescindível não se deixar levar pelas emoções. Assim, você evita se endividar e se distanciar dos seus objetivos maiores, como a compra de uma casa ou de um carro. Por isso, sempre que estiver diante de um desconto atrativo, avalie se ele realmente vale a pena para você nesse momento, levando sempre em consideração as suas metas de médio e longo prazo.

Achou este post interessante? Quer ver mais dicas para fazer uma boa organização das suas finanças? Então, confira agora mesmo o nosso guia do planejamento financeiro para ter sucesso em todas as áreas de sua vida!
cta-guia-do-planejamento-financeiro-para-ter-sucesso
As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.
Mostrar comentários
Leia também
attach_money
Planejamento Financeiro

Economia criativa: você sabe o que é esse conceito? A gente explica!

attach_money
Planejamento Financeiro

Confira 9 práticas e hábitos que vão ajudar você a sair das dívidas!

attach_money
Planejamento Financeiro

Saiba o que avaliar no momento de contratar um seguro