Meu Primeiro Carro

Aprenda a identificar o que significa cada barulho no carro

Entenda o que cada barulho no carro significa para realizar a manutenção e manter seu veículo nas melhores condições!

Algumas pessoas têm o ouvido treinado para identificar cada barulho no carro. No entanto, para quem não tem tanta familiaridade com o assunto é importante ficar atento aos sinais e consultar um mecânico sempre que surgir uma dúvida.

Muitos motoristas acreditam que é mais econômico levar o veículo a uma oficina mecânica apenas quando ele apresenta um defeito. Assim, deixam de realizar revisões e não ficam atentos a possíveis falhas. Porém, há muitos problemas que, se verificados no início, custam bem menos do que quando solucionados depois.

No post de hoje vamos falar de alguns alertas e suas possíveis causas. Acompanhe!

O que pode significar cada barulho no carro?

Para cada parte do carro, seja mecânica ou apenas o acabamento, há um ruído que pode sinalizar um problema — alguns mais sérios, outros nem tanto. Sendo assim, o motorista não deve subestimar a importância de dar atenção aos sinais e levar o veículo a um profissional experiente. Nos tópicos abaixo, elencamos os barulhos mais comuns e o que eles podem significar. Confira!

Pneus barulhentos

Sabe quando você está fazendo uma curva em baixa velocidade e os pneus fazem um barulho? Muitas pessoas ignoram tal indício, pois acreditam que isso é resultado do atrito com o chão.

Porém, os ruídos agudos nos pneus do carro a todo momento podem significar que eles estão desalinhados, comprometendo a estabilidade do veículo.

Batidas secas

Se sempre que você passa por um buraco ou uma lombada sente uma pancada seca, como se o carro fosse partir ao meio, costuma ouvir as molas rangendo ou, ainda, ao entrar em uma curva percebe que a traseira do veículo balança mais do que deveria, saiba que provavelmente o seu veículo está com problemas na suspensão, amortecedores ou nos dois juntos.

É muito difícil avaliar a vida útil desses itens, pois isso depende de diversos fatores, o que inclui o tipo de solo que o veículo costuma transitar. Na cidade, eles duram mais. Em locais com estradas de terra, com buracos ou que apresentem muitas trepidações, a troca deve ser feita em menos tempo.

O importante é ficar atento, uma vez que esses fatores influenciam diretamente na estabilidade do carro, o que pode colocar em risco a vida do motorista e outros passageiros.

Freio chiando

Esse é um barulho comum e muito fácil de ser ouvido no dia a dia. Nesse caso, sempre que o motorista freia é emitido um som bem agudo. Ele indica a necessidade de trocar as pastilhas do freio, uma vez que estão ligadas ao tempo que um veículo leva para parar.

Se você estiver interessado em um carro seminovo, peça para fazer um test drive e dê algumas voltas com o veículo, uma vez que barulhos como esses são de fácil percepção.

Dianteira barulhenta

O motor fica localizado na parte da frente do carro. Por isso, ter que suportar todo o peso dele faz com que a suspensão dianteira sofra mais desgastes.

Barulhos nessa parte do veículo costumam ser comuns e indicam, com frequência, problemas nos amortecedores, avaria na bomba d'água, molas, bandejas, pivôs e buchas da barra estabilizadora.

Grilos

Quando o carro está em movimento e você ouve diversos barulhos intermitentes sem conseguir identificar ao certo da onde estão vindo, você pode estar ouvindo os famosos grilos. Geralmente, eles indicam problemas no revestimento da cabine ou peças mal encaixadas na lataria.

Para ter certeza do que pode estar acontecendo, leve o veículo ao seu mecânico de confiança.

Barulho de vazamento

O ideal é que o motorista esteja sempre atento ao radiador, para evitar dirigir com um nível baixo de água. Isso pode causar o superaquecimento do motor e sérias consequências ao carro.

No entanto, se você notar algum som similar ao de um vazamento, confira imediatamente o reservatório e monitore o volume hídrico para identificar o problema.

Barulhos na correia

Outro som bastante comum é o que remete a problemas na correia dentada do carro. Geralmente, ele é perceptível no momento da partida ou em casos de aceleração do motor. O barulho é bem semelhante a uma corrente se arrastando no chão. Além disso, ele costuma ser alto, de modo que até as pessoas que estão fora do veículo conseguem escutá-lo.

Se você identificar tal sinal, leve o carro ao mecânico para que ele possa realizar o diagnóstico com mais precisão. O problema pode estar relacionado a um ressecamento da correia, o que pode ser facilmente resolvido com um spray, ou até a um afrouxamento ou tensão extra do componente. Nesse último caso, é necessário fazer a troca da peça.

Barulhos no motor ou câmbio

São ouvidos quando o motorista dá a partida ou engata a marcha e o carro entra em movimento. Na maioria das vezes, o barulho vem do motor e é atribuído a problemas no coxim — essencial para amortecer as vibrações do motor e do câmbio, a fim de mantê-los firmes em suas posições originais.

Problemas na direção hidráulica

Se você notar algo diferente ao mexer os volantes, como maior rigidez ou um barulho semelhante a um assobio, saiba que, provavelmente, a caixa da direção hidráulica está com nível baixo de óleo.

O ideal é que o óleo seja trocado a cada 10 mil quilômetros. No entanto, caso tenha esquecido de tomar tal precaução, fique atento aos sinais que o carro apresenta.

Por que é importante fazer a manutenção periódica do veículo?

Sabemos que nos tempos atuais a vida está corrida, o que faz com que muitas pessoas não tomem alguns cuidados básicos. No entanto, não espere o seu carro parar de funcionar para procurar o defeito, pois o prejuízo pode ser grande.

Se, por acaso, você adquiriu um carro zero-quilômetro, faça as revisões programadas pela concessionária, que acontecem, normalmente, a cada 10 mil quilômetros rodados. Também é prudente sempre realizar manutenções no veículo antes de fazer uma viagem.

Por mais que você não seja um grande fã de carros, é importante tomar cuidados básicos, tanto para que não tenha prejuízos, quanto para que não sofra um acidente, colocando a própria vida em risco.

Se você gostou do nosso post sobre barulho no carro, leia também sobre os 8 cuidados essenciais ao pesquisar em um classificado de automóveis.

As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.