Meu Primeiro Imóvel

8 vantagens do consórcio para imóvel comercial

Está pensando em comprar um imóvel comercial? Confira como o consórcio pode te ajudar a fazer um bom negócio!

Adquirir um consórcio para imóvel comercial é uma forma de investimento inteligente e versátil. As modalidades de financiamento imobiliário mais atrativas não contemplam esse tipo de aquisição e ainda são comparativamente mais caras.

Portanto, se você está buscando um investimento sólido, que seja capaz de trazer estabilidade, esse tipo de negócio deve ser levado em consideração.

Confira, em nosso artigo, mais informações sobre o assunto e conheça 8 vantagens de investir em um consórcio para imóvel comercial!

Como funciona o consórcio?

consórcio é uma modalidade de economia extremamente vantajosa para quem busca investir com inteligência. Ele oferece condições bem mais simples e atrativas que o financiamento bancário, modalidade tradicionalmente escolhida por quem quer adquirir imóveis.

O processo acontece da seguinte forma: um grupo de pessoas adquire cotas de um consórcio e contribui mensalmente com o valor contratado. O fundo formado por esses pagamentos subsidia a contemplação a, no mínimo, um participante por mês, até o encerramento do grupo. Os sorteios ocorrem durante as assembleias.

Além disso, aqueles que desejam adiantar sua contemplação podem aumentar suas chances ofertando lances.

Quem gerencia todo esse processo é uma empresa autorizada pelo Banco Central a operar em território nacional na venda de consórcios. Ela é responsável pela formação, organização e administração do grupo de consórcio até o encerramento.

Ao ser contemplado, o valor do crédito será disponibilizado e o consorciado poderá escolher o imóvel de sua preferência, observada a necessidade de constituição de garantia.

Ademais, o pagamento, para o vendedor, equivale a uma venda à vista, o que confere poder de negociação ao comprador para adquirir descontos ou vantagens adicionais.

Depois de contemplado, o membro do grupo continua pagando suas mensalidades, para que os demais também tenham acesso a um imóvel.

Quais são as vantagens do consórcio para imóvel comercial?

A questão da economia

Como a gente já antecipou, o consórcio está livre das taxas de juros cobradas pelos bancos, mas não é apenas isso.

Durante todo o processo de compra de um imóvel, podem existir várias outras despesas que encarecem a aquisição, como:

- tarifa de abertura e renovação de cadastro, cobrada pelos bancos a cada operação de crédito;
- taxas de manutenção da conta que a pessoa geralmente deve abrir para ter acesso ao crédito.

Tudo isso é pago à vista ou embutido no financiamento. Nesse segundo caso, o serviço sai ainda mais caro, pois também incidem juros sobre esses valores.

Por outro lado, o consórcio não tem juros, afinal, você está adquirindo um imóvel com seu próprio dinheiro, assim como os demais membros do grupo. Nesse serviço, cobra-se somente:

- fundo comum: trata-se do valor que todo consorciado paga para formar um fundo destinado à aquisição de um bem. A contribuição mensal do fundo comum é obtida mediante um percentual sobre o valor do crédito contratado;
- taxa de administração: é a taxa que o consorciado paga à administradora em função dos serviços que ela presta;
- fundo de reserva: é destinado a proteger o funcionamento do grupo, cobrindo eventuais inadimplências e outras despesas relacionadas aos consorciados/grupos;
- seguro: quando contratado, é um valor cobrado para garantir o pagamento das parcelas em caso de eventos cobertos pela apólice.

Ainda assim, esses valores não ultrapassam os custos de um financiamento imobiliário, e o valor investido no consórcio acaba sendo bem inferior àquele que seria pago ao banco.

As opções de financiamento

Os financiamentos imobiliários são mais específicos e têm condições e linhas de crédito diferentes de outras modalidades de crédito. Conheça algumas características das principais linhas:

Sistema Financeiro Habitacional (SFH)

Sistema Financeiro Habitacional (SFH) é a opção que oferece condições mais vantajosas de financiamento, com as menores taxas de juros. Para isso, ele utiliza recursos da caderneta de poupança e do FGTS que estão sob a guarda do governo nos bancos públicos.

O problema é que ele limita o valor do imóvel, além de não abranger imóveis comerciais, pois busca fomentar a aquisição da casa própria.

Sistema Financeiro Imobiliário (SFI)

Diferentemente do SFH, o SFI utiliza os recursos dos clientes do banco que vai financiar o imóvel. Por isso, ele utiliza taxas de juros mais altas para atender pessoas que não se enquadram nas exigências do Sistema Financeiro de Habitação. Isso inclui financiar imóveis comerciais.

Carteira Hipotecária (CH)

CH funciona da mesma forma que o SFI, mas não tem nenhuma regra definida pelo Governo, já que é uma opção mantida integralmente pelos bancos. Seus juros são ainda maiores que os do SFI.

Nos financiamentos bancários em geral você também tem que dar uma entrada. Ou seja, além de todos os custos, é preciso dispor de uma quantia razoável de dinheiro para dar à vista, o que não acontece no consórcio.

Nele, se você quiser antecipar sua contemplação ou adiantar o pagamento das parcelas mensais, tem a liberdade de dar lances, mas essa não é uma exigência. No fim das contas, você investe dentro das suas condições, sem colocar em risco a saúde financeira de toda a família.

Por que vale mais a pena fazer um consórcio que financiar imóveis?

Em resumo, podemos dizer que você tem pelo menos 8 motivos para adquirir um imóvel comercial por meio de um consórcio. Veja:

1. o consórcio cobre 100% do preço, dentro da carta de crédito contratada;
2. não há pagamento de juros ou tarifas bancárias;
3. os custos são muito inferiores ao do SFI ou CH;
4. você não precisa dar nenhum valor de entrada;
5. sua aquisição é feita de forma programada, dentro de suas possibilidades financeiras;
6. há uma grande diversidade de valores e prazos disponíveis.

Como posso comparar os custos de um consórcio e um financiamento?

Para ter certeza dos gastos e saber o quanto você vai economizar com um consórcio, faça o seguinte: vá a um banco que ofereça os serviços SFI ou CH e faça uma simulação de financiamento de um imóvel comercial. Lembre-se de perguntar e anotar informações como:

- limite máximo financiável;
- exigências para o imóvel;
- taxas exigidas;
- tarifas cobradas;
- prazo de financiamento;
- valor da parcela.

Some todos os custos e multiplique as parcelas pelo prazo de pagamento para encontrar o gasto total. Não esqueça das taxas únicas.

Procure uma administradora renomada no mercado, de sua confiança, e faça simulações online ou na própria loja, anotando também as taxas e valores cobrados, as condições, o prazo e a parcela mensal, além do valor da carta de crédito.

Ao comparar as duas opções, você terá na ponta do lápis o tira-teima sobre as vantagens de fazer um consórcio para imóvel comercial e poderá tomar uma decisão inteligente e segura!

Confira o vídeo que preparamos para você e aprenda como escolher um consórcio.

As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.