Planejamento Financeiro

O que é inteligência financeira? Descubra aqui!

Como ter saúde financeira e fazer escolhas inteligentes? Tire todas as suas dúvidas sobre esse assunto neste post!

Nem todos sabem lidar com o seu dinheiro de maneira saudável. Não é à toa que o Brasil apresenta índices significativos de endividamento e inadimplência. Desse modo, muitas pessoas acabam sendo controladas por suas finanças em vez de exercer controle sobre elas. E se esse é o seu caso, você precisa entender o que é inteligência financeira.

Sabia que é possível mudar sua forma de lidar com o dinheiro e passar a gastar menos, sem perder a qualidade de vida? Existem formas de alcançar seus objetivos sem se endividar e você pode fazer isso, bastando ter um pouco de educação financeira. Então que tal começar lendo este artigo? Confira nossas dicas e inicie a mudança da sua vida!

Afinal, o que é inteligência financeira?

Inteligência financeira é conseguir administrar seu dinheiro de maneira racional, fazendo escolhas equilibradas e conseguindo que sua renda sirva tanto para custear o presente quanto para planejar o futuro. Afinal, não vivemos apenas o hoje — é preciso pensar além.

Para desenvolver inteligência financeira, você precisa identificar quais são suas necessidades e o que são apenas desejos. Não percebe a diferença? É simples: necessário é tudo que se torna essencial para sua vida, como as contas fixas que você precisa pagar — água, luz ou aluguel, por exemplo. Já os desejos são coisas facilmente dispensáveis, mas que você tem vontade de adquirir.

Sabendo fazer a separação, é possível equilibrar suas finanças, a fim de garantir que todas as necessidades sejam sanadas e de que sobre dinheiro para que os desejos também se realizem. Mas é importante lembrar que alguns itens almejados não são passíveis de compra imediata. Ter um carro ou uma casa própria, por exemplo, requer certo tempo de planejamento financeiro.

Assim, inteligência financeira é conseguir se organizar para realizar os objetivos de longo prazo com o dinheiro que se tem. Isso vai depender de alguns hábitos positivos, como saber controlar as despesas, economizar e investir.

Qual é a importância dela para a saúde financeira?

Além de saber o que é inteligência financeira, também é interessante entender a relevância dela para o seu orçamento. Alguém que não se relaciona com o dinheiro de forma inteligente enfrenta muita dificuldade para organizar sua vida e conquistar o que sonha. Isso porque a saúde financeira depende do bom gerenciamento de ganhos e gastos.

Sem fazer escolhas conscientes e controlar o dinheiro, as pessoas muitas vezes nem entendem com o que ele está sendo gasto. É muito comum que ao final do mês elas se surpreendam de não ter mais salário na conta e, quando isso acontece, fica impossível planejar o futuro.

Viver o presente também pode ficar muito difícil sem uma organização das contas. Afinal, é essencial que o salário dure pelo menos até o recebimento do próximo, concorda? Se isso não está acontecendo, os gastos do final do mês ficam comprometidos e a pessoa não tem segurança financeira para driblar emergências que possam surgir.

Além de trazer saúde financeira, lidar com o dinheiro de forma inteligente também enriquece. Isso mesmo! Muitas pessoas planejam controlar as finanças e investir apenas quando passarem a ganhar um salário maior. Mas o que deve ser feito é exatamente o contrário. É necessário colocar isso em prática, mesmo com pouca renda, para ajudá-lo a multiplicar o que tem.

Imagine que você consiga fazer algumas mudanças no seu orçamento e passe a poupar R$ 500 todos os meses. Em um ano, o montante seria de R$ 6.000 e, em cinco anos, você teria nada menos que R$ 30.000. Nada mal, não é mesmo? Parece impossível? Vamos aprender a fazer isso!

Como desenvolver a inteligência financeira?

Desenvolver a inteligência financeira é uma forma de fazer render o seu dinheiro e trazer disciplina para sua vida. Mas, para isso, é importante levar em conta alguns pontos. Confira quais são eles.

Tenha controle do seu orçamento

O primeiro passo para ter mais inteligência financeira é organizar as suas finanças. Você mantém registros das suas movimentações bancárias ou acompanha apenas pelo extrato? O ideal é sempre anotar a renda que entra e todos os gastos que saem — dos maiores e fixos aos pequenos e variáveis.

Faça esse controle utilizando um aplicativo de finanças e você vai ter um retrato bem real da sua situação financeira. A partir daí, é possível identificar hábitos negativos nos seus gastos e ver onde pode economizar dinheiro.

Também é importante ser disciplinado. Atos como deixar de anotar alguns gastos desequilibram toda a sua análise. Por isso, procure desenvolver o hábito do registro e acompanhe de perto as suas anotações.

Planeje suas compras

Depois de avaliar com cuidado em que categorias o seu dinheiro está sendo gasto, chega a hora de cortar custos. Um fator muito relevante nesse caso são as compras. Será que tudo o que você compra passa por uma decisão racional ou você gasta dinheiro por impulso?

Controlar os impulsos é indispensável. Do contrário, você vai ver seu salário ir embora rapidamente. Algumas dicas para ajudá-lo a encontrar esse equilíbrio são:

- evitar fazer programas que envolvam grandes tentações, como passear no shopping;
- sempre listar os itens necessários e procurar o melhor custo-benefício;
- quando um desejo de consumo surgir, não adquirir nada imediatamente, espere alguns dias e veja se o interesse continua;
- controlar os gastos com o cartão de crédito e evitar compras parceladas;
- manter o consumo dentro do seu padrão de vida — sem se endividar adquirindo objetos mais caros.

Estabeleça objetivos de longo prazo

Para que o compromisso financeiro se mantenha forte é importante definir objetivos claros para o futuro. Por exemplo, aqueles R$ 500 poupados podem ser gastos facilmente em um momento de entusiasmo quando você não tem metas para ele. Mas se está combinado que esse valor será para comprar um carro, fica mais fácil não mexer nele.

Além disso, ter objetivos é fundamental para toda a sua vida. Afinal, você trabalha com mais afinco quando está em busca de realizar seus sonhos e consegue organizar toda a sua rotina para cumprir as metas que estabeleceu para si. Então, liste tudo o que você deseja e defina o que precisa ser feito para alcançar essas metas.

Invista para o futuro

Para completar sua busca pela inteligência financeira só falta saber onde colocar o dinheiro que está sobrando. Deixar misturado com a sua renda mensal, com certeza, não é uma boa opção. Em vez disso, aprenda sobre investimentos e multiplique o valor que tem. Uma alternativa muito saudável para isso é o consórcio.

Esse investimento te deixa fora de risco já que o seu dinheiro não fica acessível para você gastar a qualquer momento, sendo mais fácil ter autocontrole. Além disso, o consórcio é muito útil para realizar sonhos e aumentar o patrimônio — como comprar um carro ou uma casa.

Agora você tem a resposta para o que é inteligência financeira. Então coloque nossas dicas em prática e veja como a sua relação com o dinheiro pode mudar para sempre. Sem dúvida, você vai conseguir realizar muitos projetos dessa forma!

E então, que tal continuar sua educação financeira? Leia agora mesmo o nosso guia do investidor iniciante!
Guia Do Investidor Iniciante Banner Artigo Blog

As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.