Planejamento Financeiro

Saiba quais erros financeiros impedem você de ter mais dinheiro

Erros simples podem prejudicar suas finanças e impedir você de ter mais dinheiro. Quer saber quais são eles? Confira!

Atingir uma certa estabilidade financeira, ter mais dinheiro para fazer o que gosta e se resguardar para imprevistos: quem não sonha como uma vida assim? Para muitos, isso só é possível quando se tem uma alta remuneração ou diferentes fontes de renda. No entanto, a verdade é que ter uma vida financeiramente equilibrada é uma questão de planejamento, organização e propósito.

Nesse contexto, existem muitos erros financeiros que acabam prejudicando o orçamento das pessoas e impedindo que elas atinjam a tão sonhada estabilidade. Muitas vezes, esses erros são ações simples, impensadas e repetidas ao longo do tempo. Mas agora é hora de mudar isso!

Para ajudar você a gerir melhor suas finanças e a ter mais tranquilidade, preparamos este conteúdo mostrando alguns dos erros financeiros mais comuns. Conhecê-los é o primeiro passo para saber como evitá-los. Acompanhe!

Falta de planejamento

O primeiro e, talvez, o mais grave dos erros financeiros que se pode cometer é não planejar sua vida financeira. Agir por impulso, não ter controle sobre seu orçamento e não ajustar suas decisões às suas possibilidades, sem dúvida, são posturas que podem impedir você de ter mais dinheiro.

O planejamento é o primeiro passo para a saúde financeira, sobretudo quando os recursos são mais limitados. É a partir dele que se consegue organizar o orçamento, controlar os gastos pessoais e poupar para a concretização de grandes sonhos, como a aquisição de um imóvel ou um carro novo.

Por outro lado, sem planejamento, todas as decisões se tornam arriscadas, pois não se pode calcular os seus efeitos a médio e longo prazo, por exemplo. Além disso, dificilmente se consegue construir patrimônio, já que não se sabe onde e como chegar. Enfim, planejamento é a base para se ter mais organização — que é a chave para se ter mais dinheiro! 

Gastos desnecessários

Outro erro financeiro comum cometido pelas pessoas é gastar com coisas desnecessárias. Muitas vezes, o consumo por impulso é o principal motivador dessa prática, o que acaba pesando no orçamento e dificultando o alcance de metas mais significativas.

Os gastos desnecessários, diferentemente do que muitos imaginam, não são apenas aquelas compras de alto valor, mas principalmente aqueles pequenos gastos recorrentes, como idas frequentes ao supermercado, compras em lojas online ou aquela refeição fora de casa.

A chave para eliminar os gastos desnecessários é simplesmente ter noção que eles existem. É essencial que você saiba onde, como e quando seu dinheiro está sendo gasto. Assim, fica fácil identificar quais são as tarefas, compras e hábitos prejudiciais. Quem quer ter mais dinheiro precisa não só gastar menos, mas também gastar melhor.

Não buscar informações

Quem deseja aumentar seu patrimônio e conquistar seus objetivos, certamente tem a educação financeira como uma das suas principais aliadas. Isso porque é o conhecimento sobre finanças, planejamento e temas similares que dá a você a possibilidade de agir de maneira mais estratégica, pensada e efetiva para ter mais dinheiro.

Hoje, o que não faltam são fontes de informação e conhecimento sobre os mais diferentes temas ligados às finanças pessoais, como planejamento financeiro, orçamento, investimentos, empréstimos etc. Não se interessar por esses assuntos ou não agir para se aprimorar em cada um deles é, sem dúvida, um erro.

A falta de conhecimento, vivência e interesse por temas ligados à sua vida financeira, na prática, dificulta bastante a sua trajetória rumo à concretização de sonhos. Isso acontece porque você nem sempre terá condições de decidir quais caminhos tomar, quais estratégias mais indicadas e, em razão disso, poderá ficar a mercê da opinião de terceiros — o que é bastante arriscado.

Medo de investir

É inegável que guardar dinheiro é algo bastante positivo. No entanto, essa ação não é suficiente para fazer com que você eleve o seu padrão financeiro. Na realidade, é preciso investir, empregar seus recursos em estratégias que gerem renda e crescimento financeiro ao longo do tempo.

Apesar de ser uma medida muito importante para quem deseja multiplicar seu capital, o medo de investir é um dos principais empecilhos enfrentados para quem quer chegar lá — esse é um erro comum, que é compartilhado por muitas pessoas.

A falta de informação, na maior parte dos casos, é o que impede que as pessoas invistam e prefiram manter o seu dinheiro em poupanças e aplicações de baixo risco e com rendimento reduzido. No entanto, existem muitas opções seguras no mercado que podem oferecer uma boa rentabilidade sem expor o investidor a altos riscos.

Por isso, a recomendação é sempre se informar, buscar orientações sobre investimentos, sobre o mercado, e arriscar de forma consciente e alinhada aos seus objetivos financeiros. A internet é uma grande aliada nesse sentido, pois oferece canais, portais e sites com um amplo acervo de informações confiáveis e de qualidade.

Acomodação

A acomodação é outro exemplo de erro financeiro que impede as pessoas de prosperarem. Em muitas situações, o simples pensamento de que as coisas já estão boas e estáveis cria uma grande barreira para os avanços financeiros e tomadas de decisão importantes.

Nesse sentido, ter uma mente focada em crescer e seguir prosperando é um ponto fundamental para se ter mais dinheiro. Essa vontade de querer ir além, por exemplo, é o que permite que você arrisque em nome dos seus sonhos, saia da zona de conforto e alcance a estabilidade que tanto deseja. Ficar acomodado não é o caminho. Pense nisso!

Não manter uma reserva de emergência

Por último, mas igualmente importante, a falta de uma reserva financeira para emergências também pode ser vista como um grande erro. Já sabemos que imprevistos acontecem, o que não sabemos é quando eles vão ocorrer. Então, por que negligenciar algo que é praticamente certo? Essa é uma questão difícil de responder, concorda?

Quando você não tem uma reserva de emergência, acaba colocando em risco seus planos e objetivos. Por exemplo, imagine como pode ser prejudicial se um imprevisto surge enquanto você está se preparando financeiramente para a compra do seu primeiro imóvel. Nessa situação, se você não tiver uma reserva, não terá outra opção senão destinar os valores que seriam usados para a aquisição do imóvel para atender à necessidade emergencial.

Então, o melhor mesmo é sempre ter uma reserva para situações imprevisíveis. Assim, poderá cobrir necessidades emergenciais, ainda que de forma parcial, sem prejudicar tanto o seu planejamento financeiro ou as suas conquistas.

Por fim, como você pôde perceber, diferentes erros financeiros podem ser cometidos. São ações muitas vezes simples, mas com grande impacto sobre o seu planejamento e orçamento, afetando diretamente seus projetos e objetivos. Por isso, a recomendação é sempre se policiar, identificando a prática de qualquer um desses erros. Assim, certamente conseguirá ter mais dinheiro e tranquilidade. Agora é com você!

Gostou deste artigo? Que tal começar agora mesmo a organizar suas finanças? Preparamos uma planilha para ajudar você nessa tarefa! Baixe gratuitamente agora mesmo!
Planilha Anual De Orcamento Pessoal Tenha Uma Organizacao Mes A Mes Banner Artigo Blog

As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.