SUV ou caminhonete: saiba como escolher a melhor opção!

Precisa de mais conforto ou de espaço para transporte de cargas? Confira o que avaliar antes de escolher entre SUV e caminhonete.
  • Atualizado em May 5, 2021
  • Publicado em May 5, 2021
  • Seu carro

Está pensando em comprar um carro mais adequado às suas necessidades e está na dúvida entre escolher entre SUV ou caminhonete? Essa é uma questão muito comum entre os interessados em adquirir um veículo seja para o dia a dia, seja para desenvolver uma série de atividades profissionais, ainda mais quando levamos em conta que esses modelos podem compartilhar algumas características.

Diante disso, neste conteúdo, vamos explorar quais as diferenças entre os SUV e as caminhonetes, indicando o que diferencia ambas as opções, o que considerar na hora dessa decisão tão importante e, ao final, qual a melhor forma de adquirir o carro escolhido. Interessado? Então, vamos lá!

Entenda as diferenças entre SUV e caminhonete

Como não poderia deixar de ser, o primeiro passo na hora de decidir entre SUV ou caminhonete envolve entender as diferenças entre eles, bem como o que caracteriza cada veículo.

SUV

SUV é a sigla em inglês para Sport Utility Vehicle ou veículo utilitário esportivo, em uma tradução livre para o português. Sua criação remonta mais do departamento de marketing das montadoras do que de uma definição oficial. Dessa forma, por muito tempo, nunca houve um consenso sobre o caracterizava (ou deixa de caracterizar) os veículos do tipo.

Na origem, os SUV surgiram como veículos de passeio montados sobre o chassi de utilitários, como picapes ou jipe. Tal disposição garantia que o motorista acessasse lugares que veículos comuns não alcançariam, principalmente por causa da tração 4X4. Com isso, esse tipo de veículo sempre teve um público variado, indo de moradores de áreas rurais até pessoas que vivem em grandes metrópoles.

De todo modo, hoje em dia, para ser chamado de SUV no mercado brasileiro, um veículo precisa preencher alguns requisitos dentro da regulamentação do INMETRO. Elas dizem respeito, sobretudo, à altura do veículo em relação ao solo:

  • distância do solo entre os eixos deve ser de no mínimo 20 centímetros;
  • vão livre entre os eixos traseiros e dianteiros deve ser de no mínimo 18 centímetros;
  • ângulo de entrada deve ser de no mínimo 23 graus;
  • ângulo de saída deve ser de no mínimo 20 graus;
  • ângulo de transposição de rampa deve ser de no mínimo 10 graus.

Caso um modelo preencha ao menos 4 desses requisitos, ele será enquadrado como um SUV. Não há especificações para motor, combustível (há versões flex e movidas a diesel), porte, número de passageiros ou tração, ainda que muitos deles apresentem a tração nas 4 rodas, útil em pisos acidentados.

A partir disso, o mercado passou a contar com uma série de opções de carros mais robustos, com altura mais elevada e que podem comportar até sete passageiros em determinadas configurações.

De qualquer forma, apesar do visual mais arrojado e que transmite mais robustez, alguns SUVs do mercado ainda compartilham características visuais e mecânicas de modelos menores, como hatchs e sedans.

Caminhonete

Já para ser enquadrado como uma caminhonete, um veículo deve ter uma cabine para o motorista e os passageiros (que pode ser dupla, permitindo que sejam levadas 4 pessoas, ou estendidas, para 6 passageiros) mais uma carroceria traseira, com espaço para transporte de cargas com o limite de até 3500 kg. Ultrapassado esse patamar, o veículo é enquadrado como um caminhão.

Com isso, a princípio as caminhonetes são escolhidas por quem vai trabalhar transportando objetos ou materiais pesados, dentro do limite de peso especificado. No entanto, isso não impede que uma família menor (ou alguém que more sozinho) conte com um veículo do tipo para as atividades diárias.

Da mesma forma como acontece nas SUVs, muitas caminhonetes contam com tração nas quatros rodas para auxiliar na estabilidade da condução. Além disso, há vários modelos com motores a diesel, que entregam um maior torque, muito útil durante o transporte de cargas mais pesadas.

Saiba o que avaliar na hora da escolha

Depois de conhecer o que caracteriza tanto os utilitários esportivos tipo SUV quanto as caminhonetes, é preciso entender melhor o que deve ser avaliado na hora de decidir qual carro vai ocupar a vaga na sua garagem. Então, confira os pontos que não devem ser ignorados em nenhuma hipótese.

Número de passageiros e conforto

O número médio de passageiros que você costuma transportar geralmente aparece no topo da lista de critérios para escolher entre um SUV ou caminhonete. Graças ao conforto e ao amplo espaço da maioria dos modelos, que podem comportar até 7 passageiros com bastante tranquilidade, os SUV são preferência entre as famílias maiores.

Já para quem vai privilegiar o transporte de carga, a melhor saída são mesmo as caminhonetes. Ainda que alguns modelos consigam transportar até 6 pessoas, o conforto não será o mesmo daqueles oferecidos pelos SUV devido à disposição da carroceira, que privilegia a acomodação de carga.

Tipo de terreno

O tipo de terreno não é um empecilho tanto para os SUV quanto para as caminhonetes, na maior parte das situações. No entanto, em terrenos excessivamente acidentados, caminhonetes maiores, com maior altura em relação ao solo e com motores a diesel tendem a apresentar um melhor desempenho, principalmente na hora de transportar cargas.

Itens de série

Na hora de agradar o motorista com itens de série, os SUVs costumam levar uma ligeira vantagem, principalmente em relação ao conforto, como já foi citado. Então, se esse é o seu foco, os utilitários esportivos saem na frente na comparação.

Gastos

Os preços tanto de SUV e caminhonetes variam bastante, indo de modelos de entrada básicos até versões mais caras com inúmeros diferenciais de série. Por isso, faça as contas para ter certeza de que seu orçamento comporta as despesas, independentemente de qual carro for o escolhido.

De todo modo, as caminhonetes a diesel costumam ocupar o posto de veículos mais caros na comparação direta. Além disso, elas, em geral, gastam mais combustível, têm uma manutenção um pouco mais cara, bem como tributos e seguros com preços mais elevados.

Descubra a melhor forma de compra

Por fim, não basta apenas definir qual modelo escolher, é preciso considerar as formas de compra disponíveis no mercado, principalmente para quem não pode desembolsar o valor de um carro à vista. Nesse sentido, os consórcios são uma excelente alternativa. Essa modalidade de investimento é uma das melhores estratégias para conquistar o seu carro novo, pois é realizada de maneira planejada e sem sustos financeiros. Assim, você garante o seu veículo sem enfrentar problemas no orçamento.

Para conferir como essa opção pode ajudá-lo, nossa recomendação é fazer uma simulação de consórcio com uma administradora de confiança e reconhecida pelo mercado, como a Racon. Com isso, será mais fácil atingir seu objetivo de comprar um SUV ou uma caminhonete e sair satisfeito com seu carro novo.

Para ajudar ainda mais no seu planejamento, separamos também esse outro conteúdo que traz 5 formas de comprar um carro novo.
As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.
Mostrar comentários
Leia também
drive_eta
Seu carro

Confira 6 modelos de carros altos e baratos e escolha o seu!

drive_eta
Seu carro

Saiba agora mesmo como fazer a manutenção do pneu estepe!

drive_eta
Seu carro

Multa de trânsito: veja um passo a passo de como recorrer!