Tudo Sobre Consórcio

7 vantagens de poupar dinheiro por meio do consórcio

Você sabia que fazer um consórcio é uma excelente forma de poupar dinheiro? Entenda as vantagens no post!

Fazer um consórcio é muito mais do que uma maneira de comprar uma casa ou um carro novo. Por meio desse tipo de investimento, você também pode poupar dinheiro e se planejar ainda mais para o futuro — incrível, não é mesmo?

Levando isso em consideração, preparamos este artigo. Durante a leitura, você encontrará uma série de vantagens relacionadas ao consórcio. Além disso, mostraremos como ele funciona e de quais formas pode ser útil para controlar suas finanças.

Vamos lá?

O que é um consórcio e como ele funciona?

Em linhas gerais, podemos dizer que o consórcio nada mais é do que uma reunião de pessoas — físicas ou jurídicas — que pretendem comprar um determinado tipo de bem (carro, apartamento, entre outros).

Seu funcionamento é bastante simples: depois de escolher o bem desejado, o valor total é dividido em parcelas mensais, que serão pagas em um prazo específico, previamente determinado. Esse procedimento é feito para cada participante do grupo.

Na prática, é como se você passasse a poupar dinheiro junto com outras pessoas, visando à aquisição de algo. Por isso, esse serviço é uma espécie de autofinanciamento, sem juros e integralmente parcelado.

Para aderir a um plano e participar de um grupo de consórcio, você precisa adquirir uma cota. Depois disso, de acordo com as condições oferecidas pela administradora, você definirá as características e a duração total do serviço, que pode variar bastante.

Se você escolhe um plano para comprar um carro no valor de R$ 80 mil em até 5 anos, por exemplo, pagará as parcelas até totalizar esse montante em 60 meses. Os outros consorciados do grupo também devem agir dessa maneira, a fim de formar um saldo de caixa.

Por fim, há a contemplação. Nesse momento, você terá o direito de utilizar o crédito para comprar o bem desejado. As contemplações ocorrem todos os meses de duas maneiras:

- por sorteio;
- por lance, isto é, um percentual que pode ser oferecido pelo participante com o intuito de aumentar as chances de contemplação.

Desse modo, não deixe de conferir as características do plano, ok?

Quais são as vantagens de poupar dinheiro com o consórcio?

1. Tem baixo custo para começar a poupar

Ao contrário dos financiamentos — que geralmente exigem uma entrada relativa a 30% do valor total do bem desejado —, os consórcios não demandam quantias de entrada. Muitas pessoas, aliás, não pensam em poupar e investir porque acreditam que é necessário ter uma verba inicial muito alta.

No caso dos consórcios, a primeira parcela já é diretamente poupada para a compra do bem que você deseja adquirir. No consórcio não há cobrança de juros e sim de uma taxa de administração. Mesmo assim, o resultado final no custo efetivo da aquisição do bem por meio de consórcio é bastante inferior aos financiamentos.

2. Apresenta um risco baixo

Em comparação com outras opções de investimento, como a Bolsa de Valores ou os títulos públicos, os consórcios têm riscos consideravelmente baixos — o montante é destinado ao saldo de caixa do grupo, exclusivamente. Além disso, ao ficar longe da inadimplência, você se compromete com um pagamento mensal previamente estipulado.

3. Aumenta o poder de negociação

Quando um consorciado recebe sua carta de crédito, ele tem em mãos a quantia integral do plano adquirido. Geralmente, compradores que têm a possibilidade de pagar à vista contam com mais possibilidades em relação à negociação e ao poder de compra.

Em comparação com quem compra por meio do financiamento, a obtenção de descontos satisfatórios se torna mais viável, por exemplo — isso se aplica tanto às aquisições de bens imóveis quanto de bens móveis.

4. Não perde o poder de compra

Para garantir que a sua carta de crédito tenha o poder de compra atualizado, as administradoras de consórcio promovem alguns ajustes nas parcelas mensais durante o tempo de vigência do plano. Vale lembrar que essas alterações são previstas em contrato e variam de acordo com a administradora.

Isso acontece por conta das constantes variações econômicas às quais estamos submetidos, como a inflação e afins. Ou seja, os ajustes são fundamentais para que o total de R$80 mil tenha o mesmo valor real de quando o grupo teve início.

Nas poupanças oferecidas pelos bancos, os rendimentos muitas vezes não acompanham as oscilações da inflação. Sendo assim, por mais que seu dinheiro renda um pouquinho, tenha em mente que esse valor não representa o poder de compra verdadeiro de seus recursos.

5. Ajuda a formar um patrimônio

Adquirir bens por meio de um consórcio ajuda de maneira direta na formação de um patrimônio pessoal ou familiar. Essa tarefa se torna ainda mais simples a partir da organização das parcelas, que facilitam o investimento recorrente em um bem durável, que pode fazer a diferença no futuro de seus familiares.

6. Auxilia na economia cotidiana

Na prática, a parcela do consórcio funcionará como uma obrigação a ser honrada mensalmente, assim como as contas de luz, água, celular e assim por diante. No entanto, em vez de pagar por um serviço ou bem de consumo, esse dinheiro será poupado apenas para que você possa realizar um objetivo de vida.

Imagine, por exemplo, que você assumiu parcelas de R$400. Em vez de gastar esse valor de qualquer outra forma, ele será direcionado para a compra de um veículo.

7. Melhora o planejamento financeiro

Muitas pessoas encontram dificuldades para elaborar um planejamento financeiro e cortar gastos desnecessários. Como o consórcio é um compromisso, a tendência é que você consiga estruturar melhor seu orçamento para pagá-lo, ficar em dia com as parcelas e ter a chance de receber a contemplação.

O consórcio é uma forma de investimento?

Sim, sem dúvidas. Afinal, ele combina a economia de recursos com rendimento. Após a contemplação, se você não quiser resgatar o seu bem imediatamente, as parcelas renderão em um fundo de investimento. Conforme orientação do Bacen, os valores podem ser aplicados em títulos públicos federais registrados no Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic) e em fundos de investimentos. A forma de aplicação dos recursos deve constar no contrato de adesão ao plano.

Ao término, o dinheiro será entregue com as devidas correções, sem perder o poder de compra.

Enfim, para quem deseja poupar dinheiro, e busca uma forma de fazer isso com mais facilidade, o consórcio é uma excelente opção. Como se não bastasse, ele ainda permite a compra totalmente parcelada e sem juros de um bem.

Se você gostou do texto e quer saber mais, não deixe de conferir nosso eBook gratuito com tudo o que você precisa saber sobre o consórcio de imóveis!

Consorcio De Imoveis Tudo Que Voce Precisa Saber Artigo

As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.