6 dicas de como começar a poupar para atingir os seus objetivos

Poupar deixa de ser um sacrifício quando você tem organização e disciplina. Comece pelas dicas do nosso post!
  • Atualizado em August 26, 2021
  • Publicado em August 26, 2021
  • Planejamento Financeiro

Pode parecer uma boa ideia gastar dinheiro com coisas que você pode aproveitar agora, mas quase sempre a melhor alternativa é poupar para atingir os seus sonhos a longo prazo. Já pensou nisso? Os objetivos que você quer alcançar podem depender dos primeiros Reais economizados hoje.

Nem sempre é fácil pagar todas as despesas e ainda guardar um dinheiro para o futuro. As contas do mês podem fazer você pensar que a única alternativa é gastar todo o salário. Porém, existe uma saída, o nome dela é educação financeira e o primeiro passo é aprender a como começar a poupar.

Separamos 6 dicas simples e poderosas para você cultivar esse hábito na sua vida. Aproveite e tire suas dúvidas!

1. Conheça sua realidade financeira

Se você não sabe exatamente quais são as suas necessidades financeiras e qual é a média de gastos no mês, fica difícil alcançar qualquer objetivo com seu dinheiro. Então, tire alguns minutos para colocar no papel quanto você precisa para pagar as despesas mensais e avalie se a sua renda consegue cobrir o valor final. Talvez você perceba a necessidade de buscar uma renda extra ou conseguir um emprego com salário mais alto.

Além disso, quando você tem uma boa avaliação da sua realidade financeira, consegue identificar dívidas grandes e alguns gastos recorrentes que poderiam ser simplesmente cortados do orçamento. Estamos falando de itens como delivery, TV por assinatura, viagens de transporte por aplicativo e compras fora da lista do supermercado.

2. Quite suas dívidas para começar a poupar

Não há como poupar dinheiro com despesas pendentes. Então, avalie os parcelamentos e financiamentos que você tem para fazer a quitação o mais rápido possível. Dê preferência àquelas dívidas que estão acumulando juros altos e, consequentemente, acabam comprometendo parte do seu orçamento mensal.

3. Crie objetivos motivadores

Muita gente tem uma ideia vaga sobre onde deseja estar daqui a alguns anos e acaba não relacionando esse futuro à sua situação financeira atual.

Se você não quer depender da sorte ou do destino, chegou a hora de criar metas realistas, que podem ter resultados monitorados ao longo do tempo. A cada evolução, você terá ainda mais motivação para continuar na jornada.

A metodologia S.M.A.R.T pode ajudar você. Esse é um acrônimo em que cada uma das letras representa uma característica importante de uma meta. Portanto, são 5 fatores que devem estar presentes na sua próxima meta financeira:

  • Specific (Específico): defina em poucas palavras o que você quer alcançar. Pode ser investir na faculdade, fazer uma viagem, comprar uma casa própria ou qualquer outra realização. O importante é ter clareza e objetividade;
  • Measurable (Mensurável): a meta precisa ser acompanhada ao longo do tempo para saber se você está no caminho certo. Defina um valor exato para a poupança e veja se, a cada mês, está conseguindo economizar o suficiente;
  • Attainable (Atingível): considere sua situação financeira atual para avaliar se a sua meta é algo que pode ser alcançado;
  • Relevant (Relevante): pense no antes e depois de atingir a meta para saber se ela vale o esforço. Caso positivo, você tem uma meta relevante.
  • Time-based (Temporal): toda meta precisa de um prazo exato de início e final para evitar a procrastinação.

Ter um objetivo para daqui a alguns anos pode ajudar você a entender o motivo do seu sacrifício hoje.

4. Registre suas despesas em um aplicativo

Entender como você está gastando o seu dinheiro pode fazer com que economize mais facilmente ao evitar gastos supérfluos. Para fazer esse controle financeiro, você pode usar planilhas ou aplicativos para celular. Existem apps que permitem dividir os gastos em categorias, como casa, educação, alimentação, saúde e lazer, além de integrar o cartão de crédito para visualizar a fatura pelo celular.

5. Rentabilize seu patrimônio

Atualmente, está cada vez mais fácil começar a investir no mercado financeiro e rentabilizar seu patrimônio. É uma oportunidade de deixar seu dinheiro trabalhando por você. O investimento é um empréstimo que você concede e, com o tempo, recebe juro. Você pode e deve calcular a rentabilidade de um investimento de maneira antecipada.

As corretoras e instituições bancárias já permitem que os investidores façam as operações e movimentem o patrimônio por meio de apps. Além disso, você pode contar com a ajuda de consultores para identificar qual seu perfil de investidor e quanto pode ganhar.

Ainda, você não precisa de muito para começar a investir. O Tesouro Direito, por exemplo, é um dos tipos de investimento menos arriscados para quem está começando, podendo ser feito a partir de R$ 30. Contudo, vale reforçar que nenhum investimento é isento de risco. Por isso, ao optar por investir, é fundamental contar com informações e os acompanhamentos necessários.

6. Participe de um consórcio

Que tal direcionar sua poupança para um objetivo específico? O consórcio pode ajudar você a fazer isso. Essa é uma modalidade de economia colaborativa que reúne pessoas interessadas em comprar bens com alguma similaridade, como imóveis ou veículos, e poupar a quantia suficiente para que todos os membros do grupo façam a aquisição.

A responsável por fazer a gestão dessa poupança é a empresa administradora de consórcio. A cada mês, a administradora recebe as parcelas do grupo e, periodicamente, os participantes são contemplados com a carta de crédito para fazer a aquisição do bem. O encerramento do consórcio só acontece quando todos os consorciados quitaram as parcelas e foram contemplados.

A atividade do consórcio é regularizada e fiscalizada pelo Banco Central (BC), instituição que permite o funcionamento das administradoras a partir de uma legislação específica.

Poupar dinheiro é um hábito que é adquirido aos poucos, começando com pequenas mudanças que vão aproximar você dos seus sonhos. Agora, é com você! O mais importante sobre como começar a poupar é colocar as ações em prática. Com as nossas dicas, você já tem um excelente ponto de partida.

Quer saber mais sobre como investir para aumentar seu patrimônio? Confira nossas dicas de como construir um patrimônio pessoal do zero!
As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.
Mostrar comentários
Leia também
attach_money
Planejamento Financeiro

Despesas fixas: o que são, quais os tipos e como reduzir?

attach_money
Planejamento Financeiro

Quais são as 4 principais vantagens de abrir conta digital?

attach_money
Planejamento Financeiro

Quer saber como negociar as suas dívidas? Veja nossas dicas!