Como aproveitar a Black Friday para economizar no presente da família?

Quer aproveitar a Black Friday ao máximo? Conheça dicas tão imperdíveis quanto os preços dessa data ícone das compras!
  • Atualizado em October 26, 2020
  • Publicado em October 26, 2020
  • Planejamento Financeiro

Se o ano está difícil e você pretende economizar ao máximo na hora de ir às compras, aproveitar a Black Friday é uma excelente estratégia. Na data, programada para o fim de novembro, as lojas aumentam os descontos de diversos produtos e serviços.

Como essa campanha promocional já virou tradição no Brasil, muita gente até guarda dinheiro para o tão aguardado dia. Independentemente do seu poder aquisitivo no momento, trata-se de uma oportunidade única para gastar menos em diversos presentes.

Mas para aproveitar a Black Friday da melhor maneira possível e presentear toda a família, você precisa observar alguns detalhes. Saiba quais são eles agora mesmo e se prepare para economizar de verdade!

Aproveite para fazer as compras de Natal

Devido à proximidade da grande sexta-feira de descontos com o mês de dezembro, o período de liquidação é ideal para antecipar as compras de Natal. Portanto, esqueça aquela tradição de deixar as compras natalinas para a última hora. Além de se estressar, você corre o risco de pagar mais caro pelos presentes ou, pior, sequer encontrar o que estava na lista.

Com uma boa dose de educação financeira, um pouco de planejamento e muita organização, é totalmente possível ganhar tempo e realizar compras com preços extremamente atrativos. Para isso, basta seguir as dicas que mencionamos na sequência.

Faça uma lista de presentes

Para começar, jamais vá às compras sem uma lista de presentes. Quando isso acontece, geralmente o tempo necessário para finalizar o processo é maior e cansativo. Além disso, costuma-se gastar um dinheiro que vai além do esperado.

Existe uma situação parecida que ilustra bem o que acontece com as pessoas que realizam compras na base do improviso: as idas ao supermercado. Quando está no estabelecimento sem lista alguma, a pessoa fica propensa a colocar uma série de itens no carrinho.

Sim, provavelmente você não vai encher um carrinho de presentes. Mesmo assim, ter uma lista em mãos lembrará você de que existe um limite a se respeitar. No mínimo, você pensará duas vezes antes de levar algo para casa por um mero impulso.

Por sinal, a liquidação de preços favorece o exagero. Nesse caso, o alto volume de itens inicialmente baratos facilmente se transforma em uma compra final acima do orçamento. Logo, praticar compras impulsivas está longe de ser uma boa maneira de aproveitar a Black Friday.

Ainda com relação à lista de presentes, tenha em mente que ela não precisa ser engessada. Nada garante que você encontre exatamente o que procurava. Ocasionalmente, a pronta entrega pode figurar como indisponível, por exemplo. Assim, vale a pena ter o bom senso de pensar em itens substitutivos.

Acompanhe o preço dos produtos com antecedência

O ideal é que a lista sugerida anteriormente seja feita com certa antecedência. Assim, você poderá acompanhar o histórico de preços dos produtos desejados nos últimos meses ou semanas. Caso não tenha iniciado esse monitoramento, não se preocupe, pois ainda dá tempo.

O intuito de comparar os preços anteriores com aqueles exibidos durante a Black Friday é constatar se o desconto divulgado é real. Verifique se a loja aumentou o preço semanas antes para, no dia promocional, reduzi-lo novamente.

Esse procedimento é a melhor forma de evitar armadilhas, as quais induzem o consumidor a acreditar que tal aquisição é vantajosa. Foque nos produtos que realmente apresentem uma queda de preço considerável, ao ponto de se tornarem, de fato, imperdíveis.

Analise as condições das lojas antes de comprar

Na Black Friday, as chances de você se deparar com os presentes perfeitos, comercializados a um valor baixo, são grandes. No entanto, só isso não basta para fechar negócio: você precisa confirmar se a transação, aparentemente vantajosa, tem condições igualmente interessantes.

Às vezes, por exemplo, a aquisição de um produto com um dado desconto depende da compra de um segundo. Em outros casos, duas promoções não são cumulativas, o que implica a escolha de uma ou outra. Você tem algum cashback a ser utilizado? Confirme se, de fato, poderá usá-lo na Black Friday de determinada loja.

Também é importante observar as políticas de troca. Assim como existem combos de ofertas específicas, as regras para substituição de presentes da Black Friday podem ser diferentes daquelas praticadas no decorrer do ano. Em resumo: saiba exatamente o que acontecerá depois de efetuar o pedido e o pagamento de cada item.

Ter esses cuidados é essencial para que você evite dores de cabeça no futuro. Sempre é bom lembrar que o objetivo é aproveitar a Black Friday e solucionar um problema de um jeito rápido e tranquilo. Caso as condições de determinada loja sejam desfavoráveis, verifique outro estabelecimento para fazer sua compra.

Escolha a melhor forma de pagamento para você

A escolha do método de pagamento é outro aspecto que merece sua atenção. Em um primeiro momento, talvez o pagamento à vista possa ser mais satisfatório, mas isso depende do desconto que for oferecido.

Caso a redução no valor não seja tão atrativa assim, vale a pena repensar as alternativas concedidas pela empresa. Então, convém analisar as opções de parcelamento. Para facilitar a análise e se certificar de que tomou a melhor decisão, faça algumas simulações das quantias que seriam desembolsadas em cada situação. Assim, você evita o comprometimento do seu orçamento pessoal.

Desde que o valor das parcelas preserve a solidez orçamentária, a compra a prazo também pode ser um ótimo negócio. Caso se decida por essa forma, lembre-se apenas de tentar limitar o período de quitação da dívida a poucos meses. Além disso, sempre que possível, opte pelo parcelamento sem juros.

Essas são nossas dicas para que você possa aproveitar a Black Friday com uma boa economia e sem estresse. Como destacamos, é imprescindível controlar a empolgação e seguir um planejamento financeiro bem delineado. Desse jeito, é possível ficar longe de dívidas e gastos desnecessários, o que é um pré-requisito para começar a investir seu dinheiro com sabedoria.

Por fim, se você sente dificuldades para organizar as finanças, baixe nosso guia gratuito e completo sobre como criar um planejamento financeiro detalhado!
cta-guia-do-planejamento-financeiro-para-ter-sucesso
As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.
Mostrar comentários
Leia também
attach_money
Planejamento Financeiro

Economia criativa: você sabe o que é esse conceito? A gente explica!

attach_money
Planejamento Financeiro

Confira 9 práticas e hábitos que vão ajudar você a sair das dívidas!

attach_money
Planejamento Financeiro

Saiba o que avaliar no momento de contratar um seguro