Descubra o que pode estar impedindo você de sair do aluguel

Entenda quais motivos podem estar impedindo você de alcançar o seu objetivo de sair do aluguel.
  • Atualizado em April 16, 2021
  • Publicado em April 16, 2021
  • Seu imóvel

Você se vê constantemente querendo sair do aluguel? Ter um objetivo é um ótimo primeiro passo para obter uma conquista importante como essa. No entanto, é preciso ir além e realmente trabalhar a favor dessa meta.

Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad) realizada pelo IBGE e divulgados em 2020, 19,7 milhões de pessoas vivem em imóveis alugados ou cedidos. O número representa 27,2% das moradias brasileiras. Se você faz parte dessa estatística, vale a pena se movimentar para mudar esse cenário.

Existem diversos caminhos possíveis para sair do aluguel, bastando elaborar um plano robusto e se dedicar a ele. Isso envolve saber enxergar quais posturas você está adotando que deixam esse objetivo mais longe de ser alcançado.

Esse é o papel deste artigo. Aqui, você aprenderá quais são os 7 principais impeditivos que estão mantendo você longe do objetivo de sair do aluguel e renovar a sua vida financeira. Confira!

Os principais motivos que impedem você de sair do aluguel

Você já se perguntou quais das suas posturas são responsáveis por adiar cada vez mais o seu sonho de sair do aluguel? Você não vai deixar de perder essa quantia todos os meses se não der o primeiro passo em relação a esse objetivo tão importante para a sua saúde financeira.

Confira a seguir quais são os 7 principais motivos que podem estar impedindo você de sair do aluguel.

1. Falta de metas

Para que consigamos conquistar qualquer coisa na vida, é preciso que trabalhemos em função de metas. Sem elas, fica impossível traçar planos para o futuro e ter certeza de que você está alcançando os seus objetivos.

Um dos elementos mais importantes é a definição de um prazo. Ou seja, defina até quando você deseja sair do aluguel. A partir daí, será possível pensar nos passos necessários para chegar até esse objetivo.

2. Não sair da zona de conforto

Mesmo em situações não tão vantajosas, nós acabamos nos acomodando. E isso faz com que seja cada vez mais difícil sair da zona de conforto. Esse pode ser um dos motivos que estão impedindo você de sair do aluguel.

Então, é preciso ter uma nova visão em relação aos seus objetivos e à sua realidade. Considere o que é realmente importante para você. O primeiro passo é reconhecer que está nessa situação. A partir daí, é preciso usar os recursos que você tem para enxergar as alternativas.

3. Ter a impressão de não ter dinheiro suficiente

É claro que você precisa ter os recursos adequados para sair do aluguel, mas isso não representa uma limitação tão grande quanto imagina. Na verdade, existem diversas alternativas para resolver esse problema, mesmo que você não tenha tanto dinheiro quanto gostaria.

Um exemplo disso é entrar para um consórcio. Essa é uma forma simples e direta de se integrar a uma poupança comum junto a um grupo para alcançar um objetivo financeiro. Trata-se de uma alternativa saudável para as suas finanças, sendo um passo fundamental para sair do aluguel.

4. Não controlar as próprias finanças

Falando em saúde financeira, ela é essencial para que você possa sair do aluguel. Isso inclui ter um controle minucioso do dinheiro que entra e sai das suas economias mês a mês. Você costuma fazer isso com cuidado? Não é necessário nada de muito complexo, já que você pode começar a controlar seus gastos usando uma simples folha de papel.

É importante que nunca deixe o controle das suas finanças para o acaso. É somente com um olhar atento que você conseguirá entender os valores correspondentes aos seus gastos e ganhos. E é assim que você identificará oportunidades para alcançar os seus objetivos, como sair do aluguel.

5. Acumular dívidas com altos juros

Segundo dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), 66,3% dos brasileiros têm dívidas. Quem se encaixa nesse grupo tem um impedimento bastante importante para sair do aluguel: os altos juros que prejudicam qualquer liberdade financeira.

Então, se esse é o seu caso, o seu plano deve se focar as prioridades corretas. Primeiro, busque renegociar as dívidas que você tem para minimizar os juros. Em seguida, busque alternativas para não se endividar mais.

6. Ter hábitos incompatíveis com seus objetivos

A importância de definir metas no começo desse processo é fundamental porque ajuda você a condicionar toda a sua vida a elas. Afinal, não faz sentido querer sair do aluguel e continuar vivendo como se você não quisesse fazer isso.

As pessoas nem sempre tomam as decisões financeiras mais sábias no dia a dia. E isso acaba fazendo com que se afastem cada vez mais dos seus objetivos. Isso não é fácil, então é preciso ter foco em suas metas.

7. Medo de fazer um investimento

O medo é um limitador bastante comum nas nossas vidas, sendo algo aplicável a várias áreas do cotidiano. Há vezes em que até possuímos os recursos necessários, mas o medo nos impede de alcançarmos os nossos objetivos. E isso também vale como um possível motivo que mantém você longe de sair do aluguel.

Afinal, esse passo não deixa de ser um investimento grande. No entanto, a melhor forma de vencer esse medo está em consumir toda a informação que você precisa para tomar uma decisão mais confiante. Conte com gente de confiança para apontar os caminhos, faça pesquisas e aprenda como o processo funciona para perder esse medo.

Agora que você conhece quais são os principais motivos que podem estar impedindo você de sair do aluguel, chegou o momento mais importante: o de planejar as suas ações.

Para efetivar a sua organização financeira no dia a dia, é preciso ter um detalhamento de todo o dinheiro que entra e se planejar corretamente. Para isso, procure entender os seus hábitos financeiros e minimizar os desperdícios para que os seus objetivos se tornem realidade.

Quer saber mais sobre esse tema? Então, veja aqui no blog como o planejamento e a organização financeira podem ajudar você a alcançar seus objetivos pessoais.
As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.
Mostrar comentários
Leia também
home
Seu imóvel

4 tipos de apartamento para quem deseja sair da casa dos pais

home
Seu imóvel

Quer comprar uma casa de campo? Veja como não errar na escolha!

home
Seu imóvel

Vale a pena ter um apartamento com varanda gourmet? Veja aqui!