Meu Primeiro Imóvel

7 vantagens de optar por uma casa como primeiro imóvel

Está na dúvida se vale a pena comprar uma casa? Mostramos a você as principais vantagens e como adquirir!

Encontrar um lugar confortável e seguro para morar é uma necessidade básica à qual as pessoas estão sempre buscando atender. Contudo, grande parte delas encontra muitas dificuldades nessa busca, o que as faz confrontar as opções: alugar ou comprar uma casa.

Para ajudá-lo a sair do dilema, preparamos este artigo com 7 vantagens de comprar casa. Confira!

As 7 vantagens de comprar uma casa

O aluguel é uma alternativa muito utilizada por quem precisa rapidamente de uma moradia, mas não tem dinheiro suficiente para comprar um imóvel. Porém, para algumas pessoas essa é apenas uma fase de transição até a compra da casa própria.

É muito importante pensar em deixar de ser um locatário. Afinal, você dispensa muito dinheiro por anos e a única pessoa beneficiada nesse processo é o proprietário do imóvel. E como esse dinheiro nunca rende, nem retorna para você, é muito importante sair do aluguel.

Comprar uma casa pode trazer muitos benefícios para a sua vida, como listamos abaixo. Acompanhe!

1. Um gasto a menos

Quando você se livra do aluguel, as economias pessoais e da família começam a ficar mais saudáveis, uma vez que elas deixam de serem usadas para essa finalidade e podem ser aplicadas em outras. Ou seja, quem opta pela compra da casa própria pode substituir um gasto mensal por um investimento seguro, o que valoriza muito suas finanças.

2. Investimento seguro

Aplicar dinheiro em imóveis é uma opção segura e que apresenta ótimas possibilidades de valorização e boa liquidez no mercado. Essas são características que merecem ser vistas com atenção entre as vantagens de comprar casa própria.

Todo imóvel representa um patrimônio real e palpável, diferentemente de outras modalidades de investimentos que transformam o dinheiro em títulos ou em ações. Investir em papéis pode até ser visto como uma opção mais rentável, sobretudo quando o investidor está habituado ao mercado de capitais. Porém, mesmo quem tem grande experiência nesse setor reconhece que existem riscos consideráveis nessa modalidade.

O fato é que existem diversas opções de investimento seguros — como a Caderneta de Poupança — mas que não apresentam uma rentabilidade tão compensadora, colocando o imóvel entre as boas alternativas de investimentos.

3. Valorização

Considerando que o mercado imobiliário é bastante concorrido e está em constante processo de movimentação, quem compra a casa própria sempre tem a chance de ver o dinheiro investido valorizar. Com o passar do tempo e a crescente procura por moradias, é comum os preços dos imóveis aumentarem.

Pensando nessa lucratividade em longo prazo, em vez de alugar, quem opta por comprar a casa própria não só resolve o problema de ter onde morar como também tem a possibilidade de conseguir melhorar a própria condição financeira.

4. Liquidez

Imprevistos podem acontecer a qualquer momento da vida e, por isso, é necessário que estejamos preparados para eles. Portanto, quando surge algo inesperado, nada melhor do que ter uma reserva financeira sólida, como a que pode ser gerada pela venda ou aluguel de um imóvel próprio.

É verdade que a venda de uma casa requer algum tempo para ser concretizada. Entretanto, quando está no preço correto e apresenta boas condições de valorização — qualidade em termos de revestimento e localização, por exemplo — todo imóvel tem uma boa liquidez, havendo garantia de uma reserva financeira.

5. Aumento do patrimônio

Uma das grandes preocupações das pessoas precavidas é conseguir formar um patrimônio consistente e que permita ter maior tranquilidade no futuro. As mesmas razões que vimos acima — investimento seguro, valorização e liquidez — e que fazem da casa própria um ótimo investimento, também favorecem a qualidade patrimonial de quem possui um imóvel.

6. Maior segurança

A confiabilidade que a compra de um imóvel produz também dá maior segurança para a família em todos os sentidos. Sob o aspecto da moradia, os familiares ficam mais tranquilos por saberem que têm uma casa própria para morar. A tranquilidade se torna ainda maior quando elas sabem que o imóvel pode ser visto como uma reserva financeira que, em uma situação de extrema urgência, poderá ser utilizada.

7. Mais liberdade

Quem mora em um imóvel alugado precisa seguir as regras estabelecidas pelo proprietário, que normalmente limitam as possibilidades de reformas ou de outras mudanças que sejam necessárias para dar maior conforto à família. Dessa forma, em vez de o imóvel se adaptar à família, ocorre o contrário.

A completa liberdade para alterar o imóvel como deseja é uma das grandes vantagens de comprar a casa própria. Afinal, quem incorpora um imóvel ao patrimônio pessoal não precisa dar satisfações a ninguém se quiser fazer qualquer alteração na construção.

Consórcio x Financiamento

Muitas vezes o aluguel é a solução para quem precisa de moradia, mas não está no momento ideal para comprar o imóvel próprio. Todavia, existem facilitadores de compra que precisam ser considerados. Afinal, eles tornam muito próxima a realização do sonho da casa própria e colocam o aluguel na condição de escolha menos vantajosa.

Quem resolver adquirir um imóvel, por exemplo, pode pensar em um financiamento bancário como uma das opções existentes. Porém, ela precisa ser confrontada com a alternativa do consórcio imobiliário, que é uma forma planejada de aquisição e que apresenta características mais interessantes. Uma delas é o fato de não haver cobrança de juros sobre as parcelas, e sim uma taxa de administração que costuma ter um valor bem mais acessível se comparado com outras modalidades de aquisição parcelada. Assim, comprando a casa própria com o consórcio, o custo final o imóvel se torna muito mais atrativo.

Outro ponto positivo é que não é necessário dar um valor de entrada, pois o valor escolhido para o imóvel a ser consorciado é parcelado integralmente. Além disso, o consórcio é um modelo muito flexível, onde você pode escolher um plano que se adeque da melhor forma à sua realidade financeira.

Diante do que apresentamos neste artigo, não restam dúvidas de que entre comprar e alugar um imóvel, a primeira opção acaba sendo a melhor escolha. Para dar o seu próximo passo nessa avaliação, que tal ler o nosso guia de compra de imóveis: como adquirir seu primeiro imóvel? Vamos lá!

Guia De Compras De Imo Veis Como Adquirir Seu Primeiro Imo Vel Banner Artigo Blog

As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.