Entenda o que é apartamento tipo e como escolher!

Entenda o que define um apartamento tipo e quais as vantagens de escolher esse imóvel!
  • Atualizado em February 14, 2023
  • Publicado em February 14, 2023
  • Seu imóvel

Você já ouviu falar em apartamento tipo? Essa configuração de habitação certamente aparece no radar de quem está procurando um imóvel para comprar. No entanto, no meio de tantos termos, é natural que essa definição, assim como muitas outras, possam gerar algum tipo de confusão.

Por isso, antes de fechar negócio, nada melhor do que entender o que caracteriza um apartamento tipo, qual a diferença entre os modelos mais comuns do mercado e o que considerar para escolher a melhor alternativa e aproveitar as vantagens dessa opção de imóvel. Boa leitura!

O que é um apartamento tipo?

Um apartamento tipo, também chamado de apartamento padrão ou pavimento tipo, diz respeito ao imóvel mais comum em boa parte das edificações residenciais e engloba principalmente aqueles com plantas bem definidas, com separação clara entre sala, quartos, cozinha e banheiro.

A partir disso, ele é considerado a referência para a maioria das unidades daquele prédio e fica entre a cobertura e os apartamentos garden (que ficam localizados no térreo e contam com quintal).

Outras configurações comuns de imóveis em prédios residenciais são as kitnets (imóvel menor, com quarto, cozinha e banheiro), lofts (com plantas sem divisórias e pé direito alto), os duplex e triplex (apartamentos com dois e três andares) e os de alto padrão com melhor qualidade no acabamento e outros adicionais que conferem maior luxo ao imóvel.

Quais as características?

Na prática, um apartamento tipo é aquele convencionalmente dedicado para a convivência de uma família. Desse modo, ele pode ter um, dois ou três dormitórios (um deles, com banheiro), sala, cozinha, varanda, banheiro social e vaga de garagem. Ou seja, em geral, os apartamentos desse gênero carregam consigo o imaginário de uma residência popular, o qual certamente você conhece.

Para isso, em média, eles têm entre 60 e 80 metros de área construída. Além disso, é comum que eles apareçam anunciados como apartamento "com um ou mais dormitórios" e não como apartamento "tipo" ou "padrão".

Dessa forma, se você se deparar com anúncios do tipo, já dá para saber mais ou menos a respeito das configurações do imóvel e entender se aquela é a melhor opção para sua necessidade. Assim, ele costuma ser uma escolha mais convencional, que não quer fugir daquilo que é considerado o padrão do mercado.

Quais as vantagens do apartamento tipo?

Embora essa familiaridade com uma configuração mais convencional seja algo que deve ser posto na conta, uma série de outros aspectos positivos podem ser mencionados a partir do momento em que se mora em um apartamento tipo.

A área menor contribui com a praticidade, principalmente no que diz respeito à limpeza e à manutenção. Além disso, ainda que imóveis dessa categoria possam contar com pequenas áreas externas, elas são menores e não se comparam com apartamentos que contam com grandes espaços ao ar livre.

Outra vantagem é a otimização do espaço graças à configuração mais convencional da planta. Assim, não é preciso abrir mão do conforto e da comodidade ao escolher tal alternativa. Por fim, optar por um apartamento tipo pode ser mais vantajoso do ponto de vista financeiro: além de maior disponibilidade no mercado (o que ajuda a garantir preços mais competitivos), a procura constante por esse tipo de imóvel garante sua valorização contínua, seja para uma posterior venda, seja para quem está pensando em locá-lo no futuro.

Como escolher o melhor?

Escolher um apartamento tipo não significa ignorar outros aspectos essenciais antes de fechar negócio. A maioria desses cuidados são os mesmos para a aquisição de qualquer imóvel, garantindo a tranquilidade na nova moradia.

É necessário, por exemplo, não ignorar a localização. Além de avaliar aspectos como segurança e distância até seus compromissos do dia a dia, é fundamental conferir se tanto o prédio quanto o bairro contam com infraestrutura básica capaz de atender a você e sua família. Áreas sem acesso a serviços básicos podem desvalorizar o imóvel e comprometer o investimento.

De forma mais específica em relação ao condomínio, vale saber mais sobre as instalações da área comum (como salão de festa, piscina e academia, entre outros recursos) e ver de que maneira elas são compatíveis com seus interesses e necessidades.

Nesse sentido, é importante conferir as regras de convivência também, para evitar contratempos indesejados. Um exemplo comum disso são as normas para acomodar bichinhos de estimação, que variam de residencial para residencial.

No mais, avalie a questão estrutural, incluindo a metragem do imóvel, os materiais utilizados desde a construção até o acabamento e, se o apartamento não for novo, as condições de manutenção. A regularidade da documentação também precisa ser checada. Por fim, nunca feche negócio sem considerar todas as demais ofertas, dependendo de como estiver o mercado na sua região. A compra de um imóvel é algo que deve ser sempre feito com calma.

Quais os cuidados a serem tomados?

Além de todos os aspectos estruturais e de localização do imóvel, não é possível ignorar a questão financeira na hora de fazer a aquisição. É preciso ter em mente de que forma ela será feita para garantir que o interesse em comprar um apartamento não se transforme em problema. Garantir que a vontade seja compatível com o bolso é fundamental. Nesse sentido, um consórcio de imóvel pode ser uma excelente opção.

Por meio de parcelas mensais, o interessado acumula os valores necessários. A partir do momento em que ele é contemplado (seja por sorteio, seja ao final do pagamento das parcelas), ele recebe uma carta de crédito no valor estipulado e compra o imóvel escolhido.

Tudo isso acontece sem a cobrança de juros. Ainda que as administradoras cobrem uma taxa de administração, elas são menores que os juros médios praticados no mercado. Ou seja, os consórcios são uma forma mais econômica de alcançar tal objetivo.

Na prática, um apartamento tipo é o modelo convencional dessa categoria de imóvel, capaz de atender a boa parte do público que pensa na aquisição de uma habitação para uma família. Assim, considerando esses e outros aspectos, esse pode ser um excelente negócio.

Quer entender melhor como funciona um consórcio? Confira o nosso guia completo sobre o tema!
As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.
Mostrar comentários
Leia também
home
Seu imóvel

Para que serve o habite-se? Como emitir? Tudo sobre o documento!

home
Seu imóvel

Quanto custa a reforma de um banheiro? Como economizar? Veja 7 dicas

home
Seu imóvel

7 dicas para decoração de um apartamento pequeno