Planejamento Financeiro

Você sabe o que é cotação de seguros e como ela funciona? Confira aqui

A cotação de seguro é o primeiro passo para contratar um produto e proteger seu patrimônio. Entenda como ela funciona!

A cotação de seguro é um processo indispensável para quem pensa em contratar produtos para proteger o seu patrimônio e, até mesmo, a sua vida. Em linhas gerais, consiste em uma pesquisa com diversas seguradoras para conhecer melhor as opções oferecidos, os preços cobrados e a assistência disponibilizada para o contratante.

Entre os pontos que devem ser analisados no processo de análise da cotação estão a cobertura do seguro, a existência de serviços adicionais e o valor da franquia, quando cobrada, por exemplo. Assim, você garante que o produto contratado realmente atende às suas necessidades e possibilidades financeiras.

Pensa em contratar um produto do tipo? Então, entenda tudo sobre cotação de seguro e aprenda como ela funciona!

Cotação de seguros: por que fazer?

O mercado de seguros oferece uma ampla gama de produtos, que atendem às mais diversas necessidades. Há desde os seguros básicos até aqueles mais sofisticados, que atendem a públicos bem específicos. Nesse sentido, fazer a cotação é uma forma de garantir que você está contratando o produto mais adequado ao que você precisa e, ainda, que o custo-benefício vale a pena.

De forma resumida, os principais motivos para fazer uma cotação antes de adquirir um seguro são:

- conhecer os produtos oferecidos pelas seguradoras;
- buscar um seguro que atenda às suas necessidades;
- saber exatamente quais são as coberturas oferecidas;
- garantir que está pagando o melhor preço.

Ou seja, fazer uma cotação de seguros é o primeiro passo antes de contratar o produto. É importante fazer essa pesquisa sem pressa, focar sempre naquilo que considera essencial em um seguro e estipular um orçamento para esse investimento dentro do seu planejamento financeiro. Contar com uma corretora de confiança é fundamental nesse processo, pois ela pode buscar a cotação que melhor atenda às necessidades do cliente.

O que analisar nas cotações?

Agora que você sabe por que fazer cotação de seguros é importante, é essencial ter atenção a pontos-chave no processo de análise das propostas recebidas das seguradoras, como o nível de cobertura e a existência de benefícios adicionais. Confira!

Cobertura do seguro

Um dos fatores que você deve analisar na cotação de seguro é a cobertura oferecida ao contratar o produto. No caso de seguro de automóveis, por exemplo, há opções que cobrem danos causados ao seu carro apenas. Outras, oferecem ainda um seguro a terceiros.

Analisar o seu perfil e as suas necessidades é a chave para escolher o melhor produto. No exemplo acima, o seguro mais básico pode ser ideal para quem usa pouco o veículo. Já a segunda opção oferece mais segurança para pessoas com grande utilização do seu carro, pois estão mais suscetíveis a um acidente por exemplo.

Serviços adicionais

Outro ponto de atenção na cotação de seguro é checar os serviços adicionais oferecidos. Ao contratar um seguro para o seu veículo, por exemplo, você pode ter acesso a benefícios extras, como a disponibilização de um carro reserva caso o seu tenha que ir para a oficina por um problema mecânico.

Isso não é tudo. Muitas seguradoras oferecem serviços adicionais que não estão diretamente relacionados ao produto contratado. Há casos em que o seguro para automóvel dá acesso ainda a prestadores de serviços, como chaveiros e eletricistas, sem que o segurado pague nada a mais por isso.

Como visto, há diversos serviços adicionais que podem vir junto com o seu seguro. Portanto, não deixe de considerar os benefícios oferecidos antes de fazer a contratação.

Franquia

A franquia é a participação mínima obrigatória do segurado nos prejuízos cobertos, estabelecidos na contratação do seguro e que constam na apólice. Em caso de sinistro previsto e coberto, é de responsabilidade da seguradora somente os prejuízos que ultrapassarem os valores das franquias discriminadas na apólice. De forma geral, quanto menor for o valor da franquia, maior será o investimento no seguro. Por isso, é importante avaliar esses dois pontos e buscar um produto que ofereça um bom custo-benefício.

Atendimento

Na hora de analisar a cotação de seguro, verifique também como é o atendimento da seguradora. Veja os canais disponibilizados para entrar em contato em caso de necessidade e se o atendimento é 24 horas, por exemplo.

O ideal é buscar uma seguradora que ofereça canais diversificados, como telefone, aplicativo ou ponto de atendimento direto. Assim, você se certifica de que conseguirá contato rapidamente em caso de necessidade.

O que é considerado na cotação de seguro?

Quem está em busca do seguro ideal deve entender também o que é considerado pela seguradora para estimar o valor do produto, que é variável não só por conta da cobertura oferecida. Entre os pontos que a empresa leva em consideração, estão:

- perfil do cliente, que engloba características como estado civil, idade e gênero;
- taxa de ocorrência de incidentes;
- fatores de risco;
- franquia escolhida;
- valor e característica do bem;
- quantidade de condutores, no caso do seguro de automóveis.

Ou seja, a taxa de ocorrência de incidentes e o perfil do cliente são fatores que têm influência direta no preço final do seguro. Além disso, cada empresa tem critérios próprios para definir o valor, por isso a variação é tão grande.

Quais cuidados devem ser tomados ao contratar um seguro?

Agora que você entendeu a importância da cotação de seguro e os pontos que devem ser avaliados na análise das propostas, é essencial tomar alguns cuidados práticos ao contratar um produto. Entre eles, podemos citar:

- verifique se a segurada é credenciada na Superintendência de Seguros Privados (Susep);
- escolha uma seguradora com boa imagem, reputação e qualidade;
- pesquise depoimentos de clientes da seguradora;
- considere o investimento no seguro no seu planejamento financeiro;
- busque uma corretora de confiança para ajudar você na intermediação da contratação.

Se deseja segurar a sua casa ou o seu veículo, não deixe de fazer a cotação de seguro para garantir que está contratando um produto realmente adequado às suas necessidades e possibilidades financeiras.

Assim, analise a cobertura oferecida pelo seguro para não contratar algo que não vai usar e verifique pontos importantes, como os serviços adicionais oferecidos, a franquia cobrada e os canais de atendimento disponibilizados pela empresa. E, é claro, o fator custo-benefício não pode ficar de fora.

Quer mais informações sobre seguro? Leia também sobre o que é seguro condomínio!

As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.