Confira 8 dicas de como reduzir o uso de sacolas de plástico!

As sacolas e embalagens de plástico são extremamente prejudiciais para o meio ambiente. Por isso, reunimos dicas valiosas para você evitar o uso desses itens. Veja.
  • Atualizado em August 25, 2021
  • Publicado em August 25, 2021
  • Sustentabilidade

Você já pensou nos impactos positivos que a adoção de práticas sustentáveis trazem para o meio ambiente? Um exemplo disso é a redução do uso sacolas de plástico e outras embalagens feitas com esse material. Eles estão presentes em diversos produtos que utilizamos, mas causam grandes problemas ambientais que devem ser evitados.

Por terem um custo baixo de produção e aquisição, é possível encontrar vários produtos com esse tipo de composição. Para que você desenvolva o hábito de diminuir o consumo de plásticos em geral, elaboramos este artigo completo com dicas fáceis de implementar. Veja!

A importância de reduzir o uso de sacolas de plástico e embalagens

O uso de plásticos e derivados está atingindo níveis críticos. Para compreender esse cenário, basta observar ao seu redor e analisar as mercadorias compradas recentemente. Quase todo objeto ou alimento está envolvido por materiais plastificados.

A partir disso, conheça os principais motivos que convencem sobre a importância de amenizar (ou eliminar) o uso diário de plástico descartável.

Apresenta decomposição demorada

Os materiais plásticos não têm propriedade biodegradável e demoram séculos para se decomporem (entre 300 e 400 anos), dependendo de sua composição. Isso significa que você, seus filhos e netos vão envelhecer e esses produtos — copo plástico, canudo, cotonete, garrafa, sacolinha etc. — ainda existirão no planeta.

É insustentável

A vida útil (tempo de uso) de muitos itens plásticos é extremamente curta, o que é irônico, se considerarmos os anos que eles precisam para se deteriorar, como mencionado no tópico acima. O período médio de uso de copos, pratos e talheres descartáveis é de apenas uma refeição, ou seja, poucos minutos!

Compromete a saúde

O uso de plástico pode prejudicar a nossa saúde, especialmente das crianças, que são mais frágeis. Algumas substâncias que compõem os canudos plásticos, por exemplo, elevam a probabilidade de o usuário desenvolver câncer, mesmo que sejam classificados como “livres de Bisfenol A”.

Já os copos plásticos, quando estão em contato com líquidos quentes, liberam uma grande quantidade de estireno, que também é cancerígeno e leva à infertilidade.

Prejudica a fauna

Em uma busca rápida pelo Google, você encontrará diversos artigos e imagens que mostram o quanto os produtos plásticos prejudicam a vida animal, até mesmo levando-os à morte. Muitos animais marinhos morrem por ingestão de plástico.

Dicas para diminuir o uso de sacolas de plástico e embalagens

Muitas pessoas têm dificuldade em saber como substituir sacolas plásticas e derivados. Pensando nisso, selecionamos algumas recomendações que podem ser incorporadas na sua rotina para reduzir o uso e a produção desse material. Confira 8 dicas a seguir.

1. Compre a granel

Em geral, não existem opções de produtos em embalagens sustentáveis, como papel, papelão, metal e vidro. Em especial, arroz, açúcar, feijão e grãos em geral. Para solucionar esse problema, compre esses itens a granel. Em lojas específicas, você pode levar de casa seus próprios recipientes, como sacos de papel e tecido, potes reutilizáveis e caixas.

2. Pratique a higiene consciente

Troque as escovas dentais de plástico pelas versões em bambu. Afinal, embora sejam recicláveis, muita gente descarta as escovas convencionais no lixo doméstico comum. Outro item sustentável é a lâmina de barbear de metal, que é reutilizável e mais barata.

3. Abandone os descartáveis

Há um bom tempo já se fala da substituição do canudo plástico tradicional pelo de aço inox, que é lavável e reutilizável. Mas é necessário superar essa realidade e evitar o uso de outros itens descartáveis, como copos, pratos e talheres. Uma sugestão é ter um kit de metal ou silicone para se alimentar fora de casa.

4. Consuma o refil

Diversos produtos, especialmente os cosméticos (shampoos, sabonetes, cremes e maquiagens) e os de limpeza, têm opções de refil. Assim, basta comprar a embalagem tradicional uma única vez e reabastecê-la quando for necessário.

5. Escolha produtos retornáveis

Alguns estabelecimentos comerciais fecham parcerias com grandes marcas para oferecer produtos retornáveis. Uma das práticas mais comuns é a da garrafa de bebida retornável, na qual o cliente compra, consome e leva as garrafas até o ponto de coleta para serem higienizadas, recolhidas e reabastecidas.

Uma simples garrafa pode ser reutilizada até 25 vezes, o que é uma vantagem e tanto para todos os envolvidos no processo (consumidor, empresa e meio ambiente).

6. Aposte no consumo sustentável

O consumo sustentável ajuda a ter decisões mais racionais sobre as coisas que você compra. O objetivo dessa ideia é evitar desperdícios e gastos desnecessários. Assim, é possível garantir saúde financeira, qualidade de vida e até preservar o meio ambiente.

Esse hábito nada mais é do que avaliar melhor as suas ações e pensar sobre as consequências que elas geram no sentido socioeconômico e ecológico. Dessa forma, você tende a tomar atitudes inteligentes de modo a amenizar danos socioambientais e contribuir para um mundo melhor.

7. Faça o descarte correto

Se o consumo de plásticos é inevitável, recicle-os após o uso. Uma sugestão é separar as embalagens, lavar com água e descartar para reciclagem, colocando-as na rua nos dias de coleta seletiva. Outra recomendação é reusar e dar uma nova utilidade para esses plásticos na sua casa.

8. Pratique o plogging

O plogging é um movimento socioambiental que nasceu na Suécia. Ele aproveita os exercícios ao ar livre para coletar lixo nas ruas, avenidas e parques. Para isso, quando sair de casa para caminhar, correr ou pedalar, levar uma sacola reciclável, como ecobags ou sacos de pano, e, ao longo do trajeto, você vai apanhando os resíduos que encontrar.

Isso contribui para sua saúde, graças à prática de atividade físicas, além de ajudar o meio ambiente, deixar os locais mais limpos e dar exemplo de conscientização ambiental para outras pessoas. Faça um teste e veja muita gente aderir a essa prática.

E então, o que achou das dicas de como reduzir o uso de sacolas de plástico e embalagens? Adotar essas sugestões no seu cotidiano fará com que os recursos naturais sejam preservados com eficiência. Essa é a melhor forma de evitar o desperdício e retribuir ao planeta em relação a tudo que ele oferece para nós.

Falando em ações do cotidiano, você sabia que implementar a coleta seletiva em casa pode ser mais fácil do que você pensa? Confira nossas dicas e comece agora mesmo!
As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.
Mostrar comentários
Leia também
eco
Sustentabilidade

O que torna um condomínio sustentável? Confira 6 fatores!

eco
Sustentabilidade

Coleta seletiva: sabia que é possível implementar essa prática em casa?

eco
Sustentabilidade

Confira 5 dicas essenciais de como reduzir o consumo de plástico!