Sustentabilidade

Afinal, como economizar energia? 7 dicas para ajudar você!

Veja algumas dicas de como economizar energia para ajudar o meio ambiente e seu bolso!

Saber como economizar energia é um passo essencial para o consumo consciente que, na prática, é decidir com sabedoria como você usa os recursos no cotidiano e como as suas escolhas impactam o mundo ao seu redor. Ao tornar a economia de energia uma constante no dia a dia você não só faz bem para o meio ambiente como, também, pode reduzir consideravelmente as despesas da casa. É um ganha-ganha!

Entre as formas de economizar energia na rotina e tornar a sua casa sustentável estão evitar banhos demorados, ter atenção à geladeira, trocar as lâmpadas da casa, usar extensões de maneira correta e regular o uso do ar-condicionado.

Continue ledo e veja 7 dicas incríveis para economizar energia!

1. Evite banhos demorados

Um dos primeiros passos para economizar energia elétrica e adotar o consumo sustentável é abrir mão de banhos demorados. Quem tem chuveiro elétrico deve tomar duchas mais curtas, de menos de 10 minutos. Afinal, quanto mais tempo você fica no banho, maior é o gasto de energia elétrica.

Ao reduzir o tempo de banho, além de economizar na conta, você ainda consome de forma mais consciente. diminuindo também o desperdício de água e sendo solidário com as pessoas que convivem na mesma casa.

Quem quer economizar ainda mais pode considerar trocar o chuveiro elétrico antigo por um modelo mais novo, que gaste menos energia. Outra opção é substituir a ducha elétrica por um modelo a gás, caso essa alternativa seja possível.

Outro passo importante é usar o modo inverno no chuveiro elétrico apenas quando for estritamente necessário. Isso porque essa posição representa um gasto até 30% maior do que a opção verão. Quem quer economizar energia, portanto, deve evitar o modo inverno e só usá-lo em dias realmente mais frios.

2. Tenha atenção à geladeira

Para economizar energia elétrica também é preciso ter uma atenção especial à geladeira. O primeiro passo é verificar o controle de temperatura. O ideal é manter o termostato no médio, principalmente em dias que não estão tão quentes, para evitar o desperdício.

Outro cuidado é não forrar as prateleiras do eletrodoméstico com plástico ou usar a parte traseira para secar tênis e outras roupas. Essas práticas fazem com que a geladeira tenha que trabalhar dobrado para gelar, o que aumenta o consumo de energia.

Observe também como está o estado das borrachas de vedação da porta do eletrodoméstico. É importante que os acessórios estejam conservados para garantir que a geladeira ficará bem fechada e, além de manter os alimentos refrigerados como deveria, não gastará mais energia elétrica do que o esperado.

3. Troque as lâmpadas por modelos econômicos

Outro passo para economizar energia é substituir todas as lâmpadas incandescentes da casa por modelos de LED ou fluorescentes. Além de melhorar a luminosidade artificial dos cômodos, você reduz a sua conta de luz, pois esses tipos de lâmpada consomem bem menos energia elétrica.

Como as lâmpadas de LED ainda têm valor mais elevado, você pode usar esse modelo em pontos que chamam a atenção, como spots, e optar pelas fluorescentes no restante da casa.

Além de garantir a substituição das lâmpadas incandescentes, é importante sempre desligar a luz ao sair de um cômodo e garantir que não deixou nenhum aparelho elétrico ligado, como ventilador, televisão e ar-condicionado.

Para economizar ainda mais, aposte nos benefícios da luz natural para reduzir a sua conta. Mantenha cortinas e janelas abertas durante o dia e posicione os seus móveis em locais que haja luminosidade natural. Assim, você evita ter que acender as luzes da casa pela manhã e à tarde.

4. Use extensões corretamente

Não são poucas as pessoas que têm o hábito de conectar diversos aparelhos em uma única extensão ou benjamim. Apesar de comum, essa prática pode levar a um aquecimento do acessório e, até mesmo, estragar o item ou os aparelhos conectados.

Por isso, não sobrecarregue as suas extensões e evite práticas como deixar o celular ou o notebook carregando mais tempo do que o necessário. Quando observar que os aparelhos estão com carga total, retire o carregador da tomada imediatamente.

5. Regule o uso do ar-condicionado

O ar-condicionado pode ser um dos grandes vilões do consumo de energia elétrica. Por isso, é importante ter atenção redobrada ao seu uso. Lembre-se de sempre desligar o aparelho quando o cômodo estiver vazio e, durante o seu uso, mantenha janelas e portas fechadas para que o ar frio não saia do ambiente. O ideal é também deixar as cortinas fechadas para que o calor do sol não esquente o local.

Garanta ainda que a saída de ar do equipamento não esteja obstruída, além de proteger a parte externa do ar-condicionado da luz do sol.

6. Verifique a sua fiação

Outro passo importante para quem busca saber como economizar energia é reparar qualquer fiação que esteja com defeito. Fios desencapados, seja parcial ou totalmente, puxam carga constantemente, o que faz com que o consumo de determinado aparelho seja muito maior do que deveria.

Além de reduzir consideravelmente os seus gastos com energia elétrica, garantir que a sua fiação esteja em bom estado é uma questão de segurança: fios desencapados podem dar choque ou provocar um curto-circuito no imóvel.

Por isso, observe os fios da sua casa e veja se há alguma falha. Caso constate algum problema, peça ajuda profissional para executar o reparo o mais rápido possível.

7. Mude alguns processos domésticos

Uma prática importante para reduzir os gastos com a luz é rever os seus processos domésticos e ter atitudes mais sustentáveis. Para reduzir o uso de eletrodomésticos você pode, por exemplo, lavar e passar as roupas de uma só vez. O ferro elétrico, aparelho que tem alto consumo por precisar de grandes alterações de temperatura, pode ser esquentado apenas uma vez quando você separa as suas roupas para serem passadas na mesma ocasião.

Sempre desligar os aparelhos da tomada e não deixar equipamentos em modo stand-by são outros cuidados que podem ter impacto significativo na sua conta no final do mês. Coloque-os em prática desde já.

Não tem como economizar energia sem mudar algumas atitudes em casa e adquirir o hábito de consumir o recurso de forma cada vez mais consciente. Siga as nossas dicas, veja a diferença na sua conta de luz e, consequentemente, nas finanças domésticas!

Quer saber mais sobre consumo consciente? Baixe agora mesmo o nosso eBook e aprenda como colocar esse conceito tão importante em prática.
Consumo Consciente Entenda A Importancia E Saiba Como Colocar Em Pratica Banner Artigo Blog

As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.