Quer comprar uma casa de campo? Veja como não errar na escolha!

Conheça as melhores recomendações para comprar uma casa de campo sem arrependimentos!
  • Atualizado em January 5, 2024
  • Publicado em June 11, 2021
  • Seu imóvel

Muita gente tem optado por comprar casa de campo para morar em locais mais afastados dos centros urbanos. Logo, isso aumentou a procura por propriedades rurais no mercado imobiliário. Afinal de contas, não há nada melhor do que viver em um ambiente mais tranquilo.

Contudo, ter um imóvel desse tipo exige alguns cuidados para evitar arrependimentos futuros. Não sabe quais cuidados deve tomar antes de fechar o contrato de aquisição? Quer aprender a se proteger na hora da compra?

Neste conteúdo, reunimos todas as respostas para esses questionamentos. Confira as dicas a seguir!

Tipos de casa de campo: qual a diferença entre sítio, chácara, rancho e fazenda?

Ao buscar por casas de campo ou propriedades rurais em sites de classificados e imobiliárias, é possível que você se depare com uma série de nomenclaturas. Elas podem até parecer o mesmo, mas cada uma possui suas particularidades, incluindo: tamanho do terreno, localização ou questões culturais, dependendo da região.

Confira as principais diferenças!

  • Chácara: é o menor tipo de propriedade e costuma estar mais próxima à cidade. Normalmente, é usada apenas para moradia ou lazer, sem o foco na produção agrícola, mas isso pode variar conforme a região.
  • Rancho: essa denominação é mais comum no Sul e Sudeste do país, sendo usada para caracterizar uma grande propriedade focada no lazer e turismo, muitas vezes próxima a rios e lagos.
  • Sítio: está mais associado a atividades agrícolas, como cultivo de vegetais, pomares e hortas. Mesmo que seja exclusivamente usada para lazer, pode-se chamar a propriedade de sítio quando a área é maior e mais afastada da cidade.
  • Fazenda: é mais comumente destinada à prática da agricultura, piscicultura (criação de peixes) e pecuária. A área é muito maior, pois é necessário conter estruturas para cada criação, inclusive se houver cultivos diversos, com forte produção agrícola. Aliás, esses locais podem contar com imensas máquinas e equipamentos, além de funcionários para cuidar da instalação e das atividades do local.

Ainda está em dúvidas sobre morar em casa de campo? Então, confira este conteúdo: 7 motivos para comprar uma casa de campo e ter lazer fora da cidade

Como morar no campo e escolher uma casa de campo?

Quer saber as principais dicas para saber como escolher e comprar a casa de campo ideal para você? Siga conosco!

  1. Defina o seu objetivo com a compra da casa
  2. Considere a conservação do imóvel
  3. Avalie a localização
  4. Pense nas dimensões da propriedade
  5. Analise os detalhes do imóvel
  6. Fale com os vizinhos

Veja, em detalhes, cada um desses aspectos.

1. Defina o objetivo de comprar a casa de campo

A intenção de ter uma propriedade longínqua para viver deve ser analisada de ponta a ponta. Avalie com seus familiares os motivos que os levaram a pensar nessa possibilidade.

Ainda que desfrutar de um lugar mais próximo da natureza seja um motivo e tanto, é importante considerar se todos estão dispostos a morar em uma chácara ou um sítio, por exemplo.

Observe o estilo de vida da família para descobrir se todos aprovam morar longe da cidade e como lidam com a calmaria do dia a dia. Se as respostas forem favoráveis, o investimento valerá muito a pena.

2. Considere a conservação do imóvel

Na hora de visitar a moradia de interesse, é comum que os compradores se encantem com a natureza e o espaço externo. Ainda que esses sejam elementos relevantes, lembre-se de inspecionar a conservação do imóvel em si.

Como os donos costumam ficar ausentes das propriedades rurais, é normal que algumas estejam deterioradas, com infestação de cupins, infiltrações e mofos.

Essas características devem ser analisadas com rigor, pois prejudicam a moradia da família na residência e, ainda, demandam custos para consertar os problemas.

Contemple a paisagem do que pode vir a ser sua casa, mas não deixe de verificar o teto, as paredes, a instalação elétrica e a parte hidráulica da propriedade. Também abra e feche as torneiras e puxe as descargas para observar se há vazamentos.

3. Avalie a localização

Na hora de comprar uma casa de campo para a família, é preciso considerar a localização.

Se você pensa em morar perto da cidade para ir ao trabalho, ter acesso a diversos serviços e visitar parentes, é importante que a distância seja pequena para evitar gastos com tempo e combustível.

Esses detalhes são essenciais para lidar com demandas, como precisar de emergência hospitalar, comprar remédios, ir ao supermercado, abastecer o carro e levar as crianças à escola.

Em paralelo, é necessário observar o nível de segurança da região na qual fica o imóvel, já que as propriedades longínquas costumam ser visadas por criminosos.

É preciso ter a certeza de que sua propriedade não será invadida enquanto estiver viajando. Logo, escolha uma região segura e com baixos índices de criminalidade.

Outro ponto é que você deve observar a posição da casa em relação à luz solar. É vital que áreas e cômodos mais nobres, como a varanda, a sala e os quartos, recebam o calor do sol do início do dia.

Isso torna o ambiente mais saudável e arejado, pois evita mofos e deixa a temperatura mais agradável.

4. Pense nas dimensões da propriedade

O parâmetro ideal vai depender da forma que você deseja usufruir do local, como:

  • ter uma casa com vários cômodos;
  • contar com churrasqueira e piscina para receber amigos;
  • criar animais;
  • fazer uma horta para economizar com a compra de hortaliças e verduras;
  • ter um lago para pesca.

Tente encaixar seus objetivos no local e veja se ele atende às demandas como proprietário.

5. Analise os detalhes do imóvel rural

Antes de fechar negócio com o dono ou corretor imobiliário, passe um pente fino na situação da propriedade. Para isso:

  • levante o histórico do imóvel: vá ao cartório de registros de imóveis e peça uma certidão dominial ou sucessória completa. Esse certificado mostra todas as mudanças feitas no terreno, desde a origem da titularidade até o dono atual;
  • comprove a origem do título: com a certidão em mãos, confira se o primeiro registro do imóvel apresenta um título emitido pelo Poder Público;
  • investigue o vendedor: depois, verifique quem é o último proprietário do local. Veja se quem está vendendo a casa de campo é o atual dono;
  • confirme a localização: confira se a área (endereço) informada no registro corresponde ao imóvel que você pretende comprar.

Em um primeiro momento, essas questões podem até ser consideradas exagero. Contudo, se você estiver fazendo a negociação e compra da casa de campo, é fundamental tomar alguns cuidados para não sair lesado ou encontrar surpresas após assinar o contrato.

6. Fale com os vizinhos

É possível que o vendedor omita algumas informações importantes, pois deseja fechar negócio. Ele pode ter a tendência de exaltar todas as vantagens do imóvel para acelerar a negociação, mas esconder alguns detalhes que não podem ser negligenciados.

Se deseja evitar descontentamentos, separe um tempo na agenda para conversar com as pessoas que já moram naquela localidade. Fale com os vizinhos e pergunte sobre a segurança da região, as temporadas de chuva e os antigos donos.

Dessa forma, ainda dá para descobrir se eles são solícitos ou não, o que é essencial para prestar ou dar assistência no futuro, como vigiar a casa enquanto se está fora.

Como comprar uma casa de campo?

Ter o apoio de uma corretora de imóveis credenciada é indispensável para fechar um bom negócio. Nesse cenário, há corretores experientes que podem facilitar sua busca pela casa de campo ideal para morar.

Eles contêm catálogos de imóveis de todos os portes e localidades para apresentar a você. Sem falar que saberão informar se o valor de venda apresentado pelo proprietário é compatível com o mercado.

Adicionalmente, você conta com o respaldo jurídico para que não corra o risco de ser prejudicado. Essa é uma segurança a mais quando se pensa em como morar no campo, não é mesmo?

Assim, você só conhecerá imóveis que estão devidamente registrados e alinhados com as exigências legais e governamentais — especialmente se forem próximos às reservas ambientais. Ter esse auxílio é fundamental na hora de firmar um contrato de compra justo e benéfico para ambas as partes.

O que achou das nossas recomendações para comprar uma casa de campo? Ao colocá-las em prática, você fará a melhor escolha possível. O importante é não ter pressa para fazer a aquisição, então, tenha calma para se planejar financeiramente e pesquisar tudo.

A propósito, uma boa sugestão é participar do consórcio imobiliário para comprar sua propriedade rural à vista após obter a carta de crédito. Esse período preparatório é primordial para fazer uma aquisição segura e de acordo com seu orçamento.

Conheça mais sobre os benefícios do consórcio imobiliário!
As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.
Mostrar comentários
Leia também
home
Seu imóvel

Para que serve o habite-se? Como emitir? Tudo sobre o documento!

home
Seu imóvel

Quanto custa a reforma de um banheiro? Como economizar? Veja 7 dicas

home
Seu imóvel

7 dicas para decoração de um apartamento pequeno