Planejamento Financeiro

Ganhei uma grana extra: onde investir agora?

Recebeu um dinheiro extra e está decidindo o que fazer com ele? Veja este post para saber como investir essa grana!

A sensação de terminar um mês com um dinheiro a mais é incrível, não é mesmo? Receber uma grana extra é sempre algo muito bom, seja de uma promoção, da restituição do Imposto de Renda, das férias na empresa, etc. E a situação pode ficar ainda melhor se você souber como investir essa quantia.

Afinal, usar o dinheiro para obter rendimentos com ele ou realizar um projeto importante é bem mais interessante do que gastar em algo rotineiro ou fazer uma compra por impulso. Então, que tal descobrir o que fazer com o valor que recebeu a mais? Confira este post para decidir o melhor destino para ele!

Saiba por que é importante investir seu dinheiro

Nem todas as pessoas reconhecem a importância de fazer investimentos. Para muitas, o salário mensal é destinado apenas para o pagamento de contas e de gastos cotidianos. Entretanto, existem diversas vantagens em saber economizar, poupar e investir sua renda.

Um dos principais benefícios é ter mais segurança na sua vida. Isso porque uma reserva financeira pode fazer toda a diferença em momentos de emergência  como quando surgem gastos inesperados com uma manutenção do carro, uma reforma na casa ou uma viagem não planejada.

Quem tem dinheiro investido consegue driblar as situações difíceis com mais tranquilidade, pois não é preciso prejudicar o orçamento do mês e muito menos pedir empréstimos. Assim, investir é uma maneira de aumentar sua qualidade de vida.

Outra vantagem desse bom hábito financeiro é a maior facilidade na realização dos seus sonhos. Pense bem: é mais viável trocar de carro ou fazer uma viagem de férias quando se tem dinheiro sobrando, certo? Por isso, poupar hoje aproxima você daquilo que você deseja conquistar.

Precisamos destacar, ainda, um ponto muito positivo: investir dinheiro permite que você ganhe mais com ele. Isso mesmo! A quantia investida se multiplica, por causa da ação dos juros e da valorização.

Defina seu perfil de investidor

Quem deseja entrar no mundo dos investimentos precisa, antes de tudo, estudar o assunto e refletir sobre como fazer isso. Uma das primeiras ações é definir seu perfil de investidor. Na prática, isso significa delimitar quais são os seus objetivos e que tipo de riscos você está disposto a correr.

No caso de pessoas que querem tentar multiplicar o seu dinheiro rapidamente e acreditam que vale a pena enfrentar o perigo de perder a quantia investida, há opções robustas, como a bolsa de valores. Entretanto, esse não é o mais indicado para quem quer manter a sua renda segura.

Para os iniciantes nos investimentos, há diversas alternativas vantajosas de baixo risco. Na hora de decidir entre elas, é importante ter em mente seus objetivos  por exemplo, o que você pretende fazer com o dinheiro no futuro e em quanto tempo vai precisar dele de volta.

Conheça 4 investimentos para sua grana extra

Agora que você já tem informações básicas sobre investir dinheiro, vamos apresentar algumas alternativas muito interessantes para quem recebeu um valor a mais no salário. Confira!

1. Consórcio

Esse é um investimento muito atrativo, principalmente para pessoas que desejam adquirir bens duráveis e aumentar o patrimônio. Ao se tornar um consorciado, você consegue comprar veículos, imóveis ou contratar serviços sem abalar seu orçamento ou adquirir grandes dívidas.

O consórcio funciona assim: você entra em contato com administradora de consórcio, adquire uma cota de um dos planos oferecidos por ela e paga parcelas mensais. Esse dinheiro fica sob responsabilidade da empresa e, ao ser contemplado, você tem acesso à carta de crédito para fazer a compra do bem desejado, de acordo com o segmento que você contratou.

Fazer um consórcio também é uma ótima opção para aqueles que enfrentam dificuldades na hora de poupar dinheiro. Se ter um valor disponível na conta-corrente ou poupança é um desafio para você, o consórcio pode ajudar muito, pois a quantia fica protegida. Dessa forma, é possível ter a certeza de conseguir realizar seus projetos, sem gastar o dinheiro com outra compra.

Além disso, ele é um bom investimento para quem procura obter lucros ou uma renda extra. Aqui vão algumas ideias: você pode adquirir um carro para trabalhar como motorista de aplicativo nas horas vagas ou comprar uma casa com o objetivo de alugá-la.

2. Tesouro Direto

Outra opção atrativa de investimento é a plataforma do Tesouro Direto. Nela, o Governo Federal oferece títulos públicos e paga juros para o investidor. Explicando de maneira simples, funciona como um empréstimo: você disponibiliza seu dinheiro para o governo e recebe uma quantia a mais ao final de um prazo.

O Tesouro Direto é uma plataforma com várias opções para investir. Elas variam de acordo com algumas características  como valor mínimo de aporte, prazo de vencimento e a taxa de juros. Por isso, antes de escolher, é importante avaliar todos esses fatores.

3. Certificado de depósito bancário (CDB)

Esse tipo de investimento tem funcionamento parecido com o do Tesouro Selic, mas não é oferecido pelo Governo Federal, e sim por bancos privados. É possível investir tanto na instituição em que você tem conta-corrente quanto em outros bancos  para ter acesso a maior variedade, é preciso se cadastrar em uma corretora de valores.

Assim como a plataforma do Tesouro Direto, também existe muita variedade em relação aos investimentos em CDB. São diferentes bancos, taxas de juros, valores mínimos e prazos de vencimento. Assim, vale a mesma dica de observar essas informações antes de investir.

4. Fundos imobiliários

Você já pensou em investir em shoppings, edifícios comerciais e outros empreendimentos desse tipo? Diferentemente do que muitas pessoas pensam, nem sempre é preciso ter muito dinheiro para fazer isso. Isso porque não é necessário construir ou ser dono do prédio para se tornar um investidor: dá para fazer isso adquirindo cotas por meio dos fundos imobiliários.

É necessário ter uma conta em uma corretora de valores para fazer esse investimento. Depois disso, você escolhe entre os fundos disponíveis e decide quanto dinheiro vai colocar nele. Mas fique atento: essa opção tem maiores riscos do que as três que citamos anteriormente. Logo, é importante conhecer bem seu funcionamento e ter cuidado na escolha.

Agora você já sabe por que é importante investir, como conhecer o seu perfil de investidor e, o melhor, que opções são vantajosas para entrar nesse mundo de investimentos. Não deixe de colocar as nossas dicas em prática para obter bons resultados com a grana extra que recebeu!

Quer saber ainda mais sobre o assunto? Leia o nosso e-book completo com um guia para o investidor iniciante e saiba que erros você deve evitar!
Guia Do Investidor Iniciante Banner Artigo Blog

As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.