Tudo Sobre Consórcio

Tipos de consórcio: entenda as diferenças entre eles

Você conhece todos os tipos de consórcio? Leia o nosso post de hoje e veja qual a melhor opção para você.

Com os valores de carros e imóveis cada vez mais altos, adquirir patrimônio não tem sido uma tarefa tão simples para os brasileiros. No entanto, há no mercado algumas boas opções para pessoas que gostam de se planejar ou têm dificuldade em guardar dinheiro.

Fazer um consórcio pode ser uma escolha interessante para quem pretende adquirir um bem ou um serviço, mas não conta com todo o valor em dinheiro ou não quer pagar os juros de um financiamento, por exemplo.

No post de hoje, vamos falar sobre os tipos de consórcio existentes no mercado e suas vantagens. Acompanhe!

Por que é vantajoso fazer um consórcio?

consórcio é uma compra programada. De forma didática, podemos dizer que se trata de uma modalidade financeira em que um grupo de pessoas (físicas e/ou jurídicas) se unem para formar um fundo no intuito de adquirir bens de mesma natureza.

Esse fundo será administrado por uma empresa, a qual se responsabilizará pela gestão dos valores e contemplação das cartas de crédito nas assembleias periódicas.

Há diversos benefícios em participar de um consórcio. Falamos melhor sobre eles nos tópicos abaixo.

Ausência de juros

No consórcio não há juros, apenas uma taxa de administração (muito menor do que os juros do financiamento automotivo ou imobiliário). Pode haver ainda outros custos, como um percentual chamado de fundo de reserva, destinado a cobrir eventuais inadimplências e não permitir que essas variações prejudiquem o grupo todo.

Assim a parcela do consórcio é formada pela soma da contribuição ao fundo de reserva e ao chamado fundo comum (soma de uma parte do que cada consorciado paga — que é utilizada para a compra do bem dos consorciados contemplados naquele mês), além da taxa de administração e do seguro, quando contratado.

Dessa soma sairá o montante que será pago todos os meses até o final do plano de consórcio. A carta de crédito pode vir bem antes, por meio dos sorteios mensais ou de lances.

Flexibilidade de planos

Ao contratar um consórcio, você pode decidir o preço do bem que deseja comprar, o valor da parcela e ainda o prazo para pagamento.

Tal flexibilidade e diversidade de opções ajuda o consorciado a programar a sua compra sem precisar se endividar ou arcar com juros altos.

Pagamento parcelado

No consórcio o valor do bem ou serviço é dividido integralmente de acordo com a quantidade de parcelas preestabelecidas no momento da contratação com a administradora.

Sendo assim, não é necessário arcar com um grande investimento no início, uma vez que não é exigido valor de entrada, como em outras modalidades.

Atualização do valor do bem

O valor da carta de crédito é sempre atualizado, para que o consorciado não perca o seu poder de compra diante da inflação.

Os critérios para reajustes da carta devem sempre constar no contrato com a administradora. Portanto, é muito importante ler o documento antes de fechar qualquer negócio.

Alteração do valor da carta de crédito

Se enquanto o consorciado estiver pagando as parcelas e não ainda não estiver sido contemplado, ele perceber que quer alterar o valor da carta de crédito, seja para menos ou para mais, ele pode. Como é um investimento planejado e normalmente em longo prazo, é normal que haja mudança nos planos e nas necessidades.

As regras para tal alteração depende de cada administradora, por isso é importante que você verifique as possibilidades antes de fechar um negócio.

Quais são os tipos de consórcio?

Como dissemos anteriormente, você pode contratar um consórcio para a aquisição de um imóvel, veículo, serviço, entre outros. Nos tópicos abaixo, vamos explicar melhor as diferenças entre cada modalidade.

Consórcio de imóveis

A compra de um imóvel costuma ser sempre planejada com calma e antecedência, uma vez que o valor envolvido é alto. Para isso, existe o consórcio de imóveis, que abrange a aquisição de casas, apartamentos, salas, galpões, estabelecimentos comerciais, terrenos, chácaras, entre outros. Além dessas opções, ele também oferece a possibilidade de reformas e construções.

A vantagem é que, ao contrário dos financiamentos, o consórcio permite a compra do bem sem o pagamento de juros, entradas e parcelas intermediárias. Além disso, o consorciado pode fazer uso de seu fundo de garantia para dar lances e aumentar as chances de contemplação.

O prazo de duração desse tipo de consórcio pode variar entre 10 a 20 anos, dependendo da administradora.

Consórcio de móveis

Esse é um tipo de consórcio muito procurado por quem pretende adquirir os bens abaixo:

- sofás, camas, guarda-roupas, mesas, cadeiras e qualquer outro mobiliário residencial, comercial e industrial;
- eletrodomésticos e eletroeletrônicos diversos, como televisões, computadores, aparelhagem de som, fogões, geladeiras, entre outros;
- equipamentos médicos e odontológicos.

Consórcio de carros e motocicletas

O consórcio de carros e motocicletas pode durar por até 8 anos, dependendo da administradora.

Assim que você estiver com a sua carta de crédito em mãos pode optar pela compra de qualquer carro ou motocicleta, novo ou seminovo, observando o limite de fabricação de carros que é 10 anos e de motocicletas, 5 anos.

Consórcio de serviços

Se o seu sonho de consumo não for um bem, mas sim a realização de uma viagem ou festa de formatura, por exemplo, você pode contar com a modalidade mais recente de consórcio, a de serviços.

Com ele, os consorciados reúnem os seus recursos para adquirir festas de aniversário ou casamento, cirurgias plásticas, estudo para os filhos ou para si próprio, construir ou reformar um bem, entre tantos outros serviços.

O que levar em consideração ao escolher a administradora do consórcio?

administradora do consórcio é quem cuidará de todo o valor investido pelo grupo para adquirir o bem ou serviço pretendido. Por isso, é importante que antes de fechar qualquer negócio você tenha cautela em escolher uma empresa confiável e com solidez no mercado.

Primeiramente, é importante saber se a administradora é autorizada pelo Banco Central a operar com consórcios. Com a resposta em mãos, pesquise sobre a empresa, o relacionamento dela com os clientes, índices de reclamação e o tempo no mercado.

Também verifique questões sobre transparência, ou seja, como é feita a divulgação dos contemplados, o processo do sorteio, qual é a taxa de administração, o reajuste, entre outros.

Fique atento aos pequenos detalhes. Leia sempre os documentos que pedirem para você assinar e tire todas as dúvidas, para não ter problemas no futuro.

O consórcio é uma ótima maneira de adquirir bens ou serviços, principalmente para as pessoas que gostam de planejar e organizar as suas finanças e não querem perder dinheiro pagando os altos juros praticados no mercado.

Se você gostou do nosso post sobre tipos de consórcio, que tal fazer uma simulação? Escolha a opção cabe no seu bolso!

Simule Seu Consorcio

As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.