Saiba como escolher o melhor consórcio em 8 dicas práticas

Está pensando em adquirir um consórcio? Então, não perca nossas dicas e escolha o melhor para suas necessidades!
  • Atualizado em January 2, 2024
  • Publicado em April 25, 2017
  • Consórcio

Com as altas nos juros do crédito bancário, outras modalidades têm sido cada vez mais procuradas como alternativa aos financiamentos para a aquisição de bens, como imóveis e veículos. Mas é preciso tomar alguns cuidados a fim de aprender como escolher o melhor consórcio.

A alta demanda por esse autofinanciamento deve-se especialmente ao fato de ser uma modalidade que não cobra juros em suas parcelas. Além disso, é uma forma segura de investimento em seu próprio futuro e planejamento financeiro.

Isso porque o consórcio funciona de maneira diferente do financiamento adquirido junto a uma instituição financeira. Continue lendo que falaremos mais sobre isso.

Como funciona um consórcio?

O consórcio é uma modalidade de autofinanciamento, em que pessoas se unem — nos chamados grupos — para formar um fundo monetário conjunto. Essa “poupança” é dividida entre os participantes, a fim de alcançar um objetivo comum, seja a compra de imóveis, veículos ou aquisição de outros bens e serviços.

A cada mês durante a vigência do contrato, um ou mais integrantes do grupo são contemplados com suas cartas de crédito — por meio de sorteios ou ofertas de lance —, até que todos os participantes tenham, ao seu final, recebido sua cota.

Portanto, o consórcio é uma colaboração entre os consorciados para que todos tenham a possibilidade de conquistar seus objetivos. Dessa forma, as parcelas pagas são todas revertidas nas cartas de crédito, que têm seus valores estabelecidos em contrato.

Também é uma forma de planejamento financeiro e investimento em um projeto pessoal, com a possibilidade de receber o valor pretendido antecipadamente.

Como não é um empréstimo e o dinheiro do fundo é dos próprios participantes, não há cobrança de juros em suas parcelas.

No entanto, é importante escolher com bastante cuidado o contrato e a administradora para ter toda segurança e comodidade no seu investimento. Confira abaixo as nossas dicas de como escolher o melhor consórcio para você!

Como escolher o melhor consórcio? 8 dicas

É preciso observar alguns itens para ter a segurança necessária durante a vigência do contrato, como: pesquisar sobre a administradora; ler atentamente o contrato; conferir cobranças adicionais e seus benefícios; tomar cuidado com o valor das parcelas; entender os prazos e lances; e saber quais as formas de contemplação.

Confira abaixo mais detalhes sobre as dicas de como escolher o melhor consórcio!

Pesquise sobre a administradora

Verifique se a administradora do consórcio é autorizada pelo Banco Central para exercer essa atividade. Esse é o órgão regulador e fiscalizador dos planos de consórcio e é possível encontrar uma lista das empresas autorizadas no site do Bacen.

Além disso, verifique na internet e junto aos órgãos de proteção ao consumidor a reputação da administradora, se há reclamações de antigos clientes e quais os problemas mais frequentes. E, antes de assinar seu contrato, peça explicações à empresa, testando seus canais de comunicação e contato com os consorciados.

Leia atentamente o contrato

Não há como escolher o melhor consórcio sem ler minuciosamente o contrato do plano escolhido.

O contrato deve ser claro e específico quanto a seus termos, constando absolutamente tudo o que foi prometido e negociado com a administradora. Não aceite promessas verbais ou quaisquer outros meios de garantia. Todo o processo é regulado pelo contrato.

Assim, verifique taxas e cobranças que serão realizadas, qual o índice de reajuste, valores da parcela e carta de crédito, prazos para o pagamento, fundo de reserva, regras quanto às assembleias de contemplação, vendas da carta de crédito e todos os direitos e deveres dos integrantes.

Confira cobranças adicionais e seus benefícios

A depender do consórcio, pode haver algumas cobranças junto às parcelas, que trazem benefícios ao grupo. Geralmente, um seguro de vida, para garantir a segurança dos cotistas no caso de morte de algum integrante, e um fundo de reserva para o caso de inadimplência que, se não utilizado, é devolvido aos participantes no final do contrato.

Se houver dúvidas quanto à legalidade de alguma cobrança, você pode verificar se ela é autorizada pelo Banco Central do Brasil.

Aprenda mais: Fundo de reserva: o que é e para que serve no consórcio?

Tome cuidado com o valor das parcelas

Confira se o valor das parcelas é condizente com seu orçamento mensal. Por sinal, vale verificar os índices de reajuste, se não comprometerão seu planejamento financeiro.

Apesar de ser benéfico para o participante, pois é para o reajuste do valor da carta de crédito para que não haja perda de poder de compra, nem sempre a renda pessoal do consorciado acompanha sua valorização.

Saiba sobre os prazos

Busque um consórcio que ofereça um prazo de duração compatível com sua necessidade pelo bem. Há sempre a possibilidade de ser o último a ser contemplado com a carta de crédito.

Ao mesmo tempo, prazos mais curtos tornarão as parcelas maiores. Cabe a você escolher um meio termo que caiba no seu orçamento e na sua expectativa.

Entenda como funcionam os lances

O lance é o adiantamento de parcelas e, uma vez ofertado, pode fazer com que o consorciado tenha acesso mais rápido à carta de crédito do consórcio. O que ocorre é que, em uma assembleia, há uma espécie de leilão entre os lances do mesmo grupo, no qual a oferta vencedora recebe a carta de crédito.

Suas regras devem estar expressas em contrato e a administradora regulamentará as porcentagens mínima e máxima para os lances, que podem ser embutidos ou não.

O que são os lances embutidos?

Os lances embutidos são ofertas dadas ao consórcio sem que a pessoa tenha, de fato, o dinheiro em mãos. Eles são abatidos da carta de crédito no momento da contemplação. Ou seja, o consorciado usa uma parte do valor da contemplação para cobrir o lance.

Isso reduz o valor adquirido na carta de crédito, mas, por outro lado, ajuda a aumentar as chances de ser contemplado mais rapidamente.

O limite do lance embutido é de até 30% do valor da carta, variando conforme o contrato assinado.

Confira quais são as formas de contemplação

A contemplação em um consórcio pode acontecer de diversas formas, seja no início ou  final do contrato, com um lance vencedor oferecido em uma assembleia ou ao ser sorteado.

É importante saber também que pagar as parcelas antecipadamente não garante a contemplação. Apesar de a dívida ser quitada, o grupo continuará funcionando e somente nas assembleias, via sorteio ou lance, sairão os contemplados.

Use o simulador de consórcio

É possível usar o simulador de consórcio para estimar qual o melhor valor das parcelas mensais para você.

Na simulação online da Racon, por exemplo, pode-se calcular o valor aproximado do bem desejado e/ou das parcelas para adquirir um consórcio. Caso queira, um consultor entrará em contato com você para oferecer variedades de planos que atendam às necessidades e possibilidades.

Como vimos, os consórcios são uma opção vantajosa para quem quer adquirir um bem ou serviço de alto valor, como um imóvel ou veículo. E, para aprender como escolher o melhor consórcio, é preciso alguns cuidados e atenção a certos detalhes antes da contratação.

FAQ

Quais os principais tipos de consórcio?

Os principais tipos de consórcio são: de imóveis e terrenos; de veículos, como carros, motos e vans; de veículos de transporte pesado, como caminhão e ônibus; de máquinas e implementos agrícolas; de material de construção; de serviços; entre outros. Existe até consórcio para eletrônicos e eletrodomésticos, como computador e geladeira.

Como saber se o consórcio é bom?

Para saber se o consórcio é bom, é necessário pesquisar sobre a reputação da administradora; ler bem o contrato; entender as cobranças adicionais; atentar-se aos valores das parcelas e aos prazos; saber como funciona a contemplação e os lances; e usar o simulador de consórcio para estimar valores.

Qual o consórcio mais fácil de ser contemplado?

A contemplação de um consórcio depende de vários fatores, que podem ou não acelerar o recebimento da carta de crédito. Alguns deles são a duração da vigência do contrato, o valor oferecido em lances e o pagamento em dia das parcelas. A facilidade da contemplação é relacionada à qualidade dos processos da administradora.

Qual a melhor taxa de consórcio para veículos?

A melhor taxa de consórcio para veículos varia conforme o valor estipulado por cada administradora. Ela custa, em geral, de 15% a 20%. As taxas de consórcio englobam a de administração, do fundo de reserva e dos seguros, que protegem os consorciados em caso de inadimplência, falecimento ou desemprego.

Qual o consórcio mais confiável?

O consórcio mais confiável é aquele que possui boa reputação no mercado e bastante experiência e qualificação no setor. Um ótimo exemplo é a Racon Consórcios, da marca Randon Administradora de Consórcios, que está há mais de 35 anos atuando no segmento de aquisição de veículos e imóveis.

Considerada uma das maiores administradoras de consórcio, a Racon baseia suas atividades em três pilares: relacionamento, flexibilidade e credibilidade.

A administradora Randon Consórcios já comercializou mais de 256 mil cotas e contemplou mais de 158 mil cotas, representando cerca de R$ 23 bilhões em créditos distribuídos.

Saiba como participar do consórcio da Racon e entenda cada detalhe para dar mais um passo em direção ao seu sonho. Faça a simulação das suas parcelas!

Gostou deste artigo? Ainda está em dúvida se o consórcio é a melhor opção? Então, aproveite para saber quais são as vantagens do investimento no aquecido mercado de consórcios e acabe com as dúvidas.
As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.
Mostrar comentários
Leia também
monetization_on
Consórcio

Randoncorp e Racon Consórcios estão entre as marcas mais lembradas do RS

monetization_on
Consórcio

Como declarar consórcio no Imposto de Renda: passo a passo

monetization_on
Consórcio

Descubra como entrar em um consórcio: passo a passo prático!