Será que é possível comprar imóvel sem entrada? Descubra aqui!

Quer comprar um imóvel mas não tem dinheiro para a entrada? Veja como contornar isso!
  • Atualizado em May 6, 2021
  • Publicado em May 6, 2021
  • Seu imóvel

Ter um imóvel próprio é o desejo de muitas pessoas, mas que costuma esbarrar em uma série de limitações. A principal envolve questões financeiras, já que comprar uma casa ou um apartamento exige que se cumpra uma série de obrigações, como por exemplo, o pagamento de uma entrada.

No entanto, é possível mudar essa perspectiva e dar os primeiros passos nessa aquisição sem que para isso seja necessário se limitar ao seu atual orçamento.

Neste conteúdo, vamos explorar quais são as melhorar alternativas para comprar imóvel sem entrada. Boa leitura!

Como é possível comprar um imóvel sem entrada?

Uma das opções mais frequentes para adquirir um imóvel é o financiamento bancário, só que a modalidade requer o pagamento de uma entrada. Essa quantia inicial costuma ser um grande impeditivo para quem não pode desembolsar valores significativos logo de cara.

São diversos os motivos que levam uma pessoa a não ter disponibilidade financeira para a entrada de um financiamento. Inclusive, uma das razões pode ser não comprometer a reserva financeira disponível, já que ela é fundamental para a segurança financeira da família.

Nesse sentido, é possível, por exemplo, se organizar para acumular o dinheiro necessário para comprar um imóvel à vista. Porém, essa escolha exige uma disciplina para poupar que nem todos têm, além de demandar um tempo considerável.

É nesse contexto que os consórcios imobiliários aparecem como a melhor alternativa para quem quer comprar um imóvel sem ter que arcar com o pagamento de uma entrada.

A dinâmica de um consórcio permite que mesmo quem não tenha todo o dinheiro necessário para a compra de um imóvel possa se programar para fazer isso. No consórcio você integrará um grupo com outras pessoas com o mesmo objetivo, sob a supervisão de uma empresa administradora.

Como funciona um consórcio imobiliário?

Mas como funciona um consórcio imobiliário na prática? De forma geral, não há diferenças significativas entre o funcionamento de consórcios dessa categoria e outros disponíveis no mercado. De qualquer forma, vale sempre recapitular os principais pontos desse procedimento.

Em um consórcio imobiliário, os interessados em comprar um imóvel se reúnem em um grupo para acumular de forma coletiva os valores necessários para essa conquista. No início do consórcio é definido um bem de referência, que determinará o valor ao qual cada consorciado terá direito para a compra do seu imóvel.

A arrecadação dos valores é feita por meio da cobrança de parcelas mensais, definidas em contrato. No entanto, não é preciso esperar o pagamento da última parcela para que a carta de crédito seja liberada.

Mês a mês, a administradora do consórcio realiza uma assembleia dos consorciados. Nessa reunião, além da discussão de pontos pertinentes do consórcio, são definidos os contemplados, que são aqueles que receberão de forma antecipada sua carta de crédito. Normalmente isso acontece por meio de um sorteio, no qual todos aqueles que estiverem em dia com as parcelas terão chances iguais.

A carta de crédito é o instrumento financeiro que permite a compra do bem desejado. O seu recebimento de forma antecipada não significa que o consorciado está livre de pagar as parcelas restantes.

Ele deve continuar com os pagamentos, inclusive para garantir os recursos para que os demais participantes do grupo do consórcio recebam suas cartas de crédito. Até o final do grupo, todos aqueles que honrarem suas obrigações receberão a sua carta de crédito e poderão comprar o imóvel com o valor disponível.

Por que o consórcio é uma ótima alternativa?

Poder comprar um imóvel sem ter o dinheiro da entrada em mãos não é a única vantagem oferecida pelos consórcios. Essa forma de compra programada traz uma série de benefícios, que faz dela a melhor alternativa para quem quer concretizar o projeto do imóvel próprio.

Além de não exigir entrada, os consórcios não cobram juros. Quem entra em um consórcio precisa pagar a taxa de administração, que remunera a administradora.

Outro diferencial de um consórcio é que o participante tem a chance de ser contemplado desde o primeiro sorteio e assim receber de forma antecipada sua carta de crédito. Quem não quer esperar pela sorte também pode se programar para oferecer lances e tentar antecipar a contemplação.

Os lances são uma espécie de antecipação dos pagamentos do consórcio. Dessa forma, quem oferta um lance está pagando um valor antecipado em troca do recebimento adiantado da carta de crédito, desde que o lance seja o maior oferecido naquela oportunidade. Em caso de empate, pode haver um novo sorteio entre os vencedores, ou ainda um desempate de acordo com os critérios da administradora.

Nos consórcios de imóvel, além de recursos próprios, o consorciado pode utilizar o saldo do FGTS em algumas condições. Seja como for, é importante consultar as regras da administradora para entender as normas do grupo em que você está participando.

Quem pode fazer um consórcio imobiliário?

Os consórcios imobiliários são indicados principalmente para quem vislumbra um imóvel no longo prazo, já que pode ser preciso esperar para adquirir o bem. Quando o consorciado deseja aumentar as suas chances de receber o crédito, pode fazer, em qualquer momento durante o seu plano, uma oferta de lance. De qualquer forma, é importante se planejar para garantir a capacidade de pagamento das parcelas ao longo de todo o período.

Assim, é possível comprar imóvel sem entrada. Ter uma casa própria dá a você mais autonomia, amplia seu patrimônio e garante a tranquilidade para toda a sua família. Por isso, não desista desse sonho e dê os primeiros passos para que ele se torne realidade o quanto antes.

Se você vai conquistar seu primeiro imóvel, veja 14 dicas para uma compra tranquila!
As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.
Mostrar comentários
Leia também
home
Seu imóvel

Confira nossas dicas de planejamento para reformar a cozinha!

home
Seu imóvel

O valor do metro quadrado do imóvel é justo? Saiba como avaliar!

home
Seu imóvel

Como montar uma casa: saiba tudo o que você precisa adquirir