Confira 6 modelos de carros altos e baratos e escolha o seu!

Quer um automóvel alto e potente para suprir suas necessidades de direção? Então conheça os carros mais acessíveis e baratos para fazer a melhor escolha.
  • Atualizado em September 15, 2021
  • Publicado em September 15, 2021
  • Seu carro

Quando o assunto é direção, todos os motoristas prezam pelo conforto, principalmente em longas viagens. Afinal, não existe nada mais incômodo do que andar espremido por horas. Nesse caso, carros altos, que acomodam todos os passageiros com perfeição, têm um bom espaço e resistem a impactos, são uma excelente opção de compra.

Quem procura um carro alto e barato, normalmente quer um SUV, porém há alternativas mais baratas nas versões aventureiras de compactos de várias montadoras

Pensando nessa demanda, elaboramos este conteúdo com uma lista de 5 modelos altos e acessíveis. Eles são recomendados para várias situações, desde o trabalho até o lazer. Continue conosco para conhecê-los e fazer a melhor escolha!

1. Hyundai HB20x

Esse compacto da Hyundai é uma alternativa para quem deseja ter um carro mais alto, mas que não prioriza tanto espaço e não quer gastar mais de R$70.000 ou R$80.000 em um veículo dessa categoria. O HB20X tem um design mais robusto e suspensão mais elevada do que um HB20 comum. Ele conta com uma grade dianteira exclusiva com formato geométrico e detalhes cromados, para-choques imponentes e rodas de liga-leve com novo visual.

Sua altura é de 20,6 centímetros livre do solo, o que permite passar com facilidade por obstáculos como buracos, lombadas e valetas. Já o motor é 1.6, de 16 válvulas e quatro cilindros. Ele apresenta duplo comando de válvulas (DOHC) e comando de válvulas variável (CVVT), com alimentação bicombustível e transmissão final por corrente. Atinge 128 cv de potência com álcool, e 122 cv de torque com gasolina.

2. Hyundai Creta

Em relação à parte visual, o Hyundai Creta tem uma aparência mais sóbria e robusta, tendo frente alta e contornos no para-choque, que contém faróis de neblina e grade em formato hexagonal.

O conjunto ótico apresenta LEDs diurnos. O teto é reto com vigas grossas, e a traseira apresenta lanternas bipartidas pela tampa do porta-malas. A versão 2022 tem o interior em tons de tungstênio e preto, e os puxadores das portas são personalizados. Existem dois tipos de motores:

  • motor 1.6 Gamma com potência de 122 cv com gasolina e 132 cv com álcool, a 6.000 rpm, e torque de 16,2 e 16,6 kgfm, a 4.500 rpm. Versões: Action, Smart Plus e Limited;
  • motor 2.0 Nu capaz com 155 cv de potência na gasolina e 167 cv no etanol, a 6.200 rpm, e 19,2 e 20,4 kgfm de torque, a 4.700 rpm. Versão Prestige;

Por fim, o quadro de funcionalidades tem uma disposição muito completa e de fácil manuseio, assim como o painel multimídia com tela de 7 polegadas, Android Auto (Google Maps e Waze), Apple Carplay, Oncar e Tv digital e sistema de espelhamento.

3. Ford Ka Freestyle

O Ford Ka Freestyle é equipado com assistente de partida, seis airbags, controle de tração e estabilidade, tela touch de 6,5 polegadas, sistema multimídia Sync 3, entre outros sistemas. Na parte traseira, oferece segurança básica completa com apoios e cintos de três pontos nos três bancos. Duas pessoas altas se acomodam bem com espaço para cabeça, ombro e pernas.

O acabamento interno é bom. Os ruídos são amenizados graças à eficiente calibragem da suspensão e intervenções acústicas. Na parte superior do painel central, a tonalidade marrom predomina em contraste com o preto. Existem diversos porta-objetos em torno do motorista.

O bagageiro é coerente com as medidas da carroceria e pode ser aberto por dentro ou pela chave do carro. O encosto do assento traseiro permite levar objetos. As trocas de marcha manuais são realizadas por meio de teclas na alavanca, pouco estranho, mas fácil de se adaptar.

Por fim, o motor 1.5 de três cilindros apresenta torque e potência compatíveis com o peso do automóvel. O desempenho é bom em acelerações e ultrapassagens.

4. Fiat Argo Trekking

O Argo Trekking se diferencia das demais variantes pelo teto escuro, barras de superfície, retrovisores encapados, aerofólio traseiro na cor preta, adesivo no capô, logotipo na traseira e nas laterais, moldura nas caixas de roda, entre outros detalhes interessantes.

Apresenta faróis com LED, calotas escurecidas, rodas de aço de 15 polegadas e suspensão elevada. Os Pneus contêm banda de rodagem para utilização mista para garantir conforto e estabilidade – tudo isso graças à engenharia aplicada no chassi, nos amortecedores, nas molas e na direção elétrica.

O propulsor que equipa a versão MT é o popular 1.5 Firefly, que também está presenta no Argo Drive e em outros automóveis Fiat, como o Cronos e Uno. Ele garante 101 cavalos de potência com gasolina, a 6.000 rpm, e 110 cv com álcool, a 6.250 rpm. Já o torque é de 13,8 kgfm e 14,3 kgfm, respectivamente, sempre a 3.500 rpm. Já a versão AT6 contém o motor 1.8 com 139 cv, 19,4 kgfm e câmbio automático de seis engates.

5. Jeep Renegade

O Renegade chegou ao Brasil em 2015 e se destaca por ser o único da categoria de carros altos e baratos a ter motorização turbodiesel. Mesmo com as alterações realizadas pela Jeep, a versão 2022 segue com a mesma aparência de sempre. A dianteira é facilmente notada pelos faróis arredondados com iluminação em full LED, para-choque robusto e grade com frestas horizontais.

As laterais destacam o detalhe quadrado do Renegade, principalmente pelo design da carroceria e das caixas de roda. A parte externa contém vincos discretos. Já a traseira inclui lanternas quadradas em LED.

O porta-malas foi ampliado em relação às versões anteriores. Oferece 47 litros a mais, totalizando 320 litros, graças à adoção do estepe temporário. Porém, o modelo de topo (Trailhawk) permanece com o estepe comum por causa da sua vocação off-road, resultando em um bagageiro menor.

Apresenta dez versões diferentes, sendo que seis delas vêm com motores 1.8 bicombustível e as outras quatro são equipadas com propulsores 2.0 turbodiesel.

6. Nissan Kicks

O segmento automotivo de crossovers e SUVs compactos da atualidade é um dos mais variados. E o Nissan Kicks é um dos modelos mais populares do Brasil. Ele oferece diversos componentes exclusivos na categoria, como alerta de colisão, assistente de frenagem, controle inteligente de manobras, estabilizador inteligente da carroceria, câmeras com visão 360º, detector de objetos em movimento, entre outros.

Os bancos são grandes e confortáveis e as portas apresentam acabamento mesclado de qualidade em couro, tecido e plásticos. O espaço interno é considerável, inclusive, a traseira contém assentos bipartidos com três apoios de cabeça, com três cintos de segurança de três pontos.

O Nissan Kicks tem motorização HR16DE 1.6 Flex com 115 cv e 15,5 kgfm, independentemente do tipo de combustível. Já a transmissão CVT X-Tronic conta com modo Sport e sistema D-Step para aproveitar a força do propulsor em altos giros e desempenho linear. Ele vai de 0 a 100 km/h em 12,3 segundos e tem consumo médio de 8,2/9,5 km/l com álcool e 11,3/13,6 km/l com gasolina, em perímetro urbano e estradas.

E então, o que achou dos carros altos e baratos mencionados? Despertamos seu interesse em adquirir um desses modelos? Para isso, existem diversas modalidades de aquisição que podem ajudá-lo.

Uma sugestão é o consórcio de veículos, dessa forma é possível programar a aquisição do seu novo bem sem comprometer o orçamento doméstico.

Além de incentivar o seu planejamento financeiro, o consórcio garante segurança para o comprador, poder de compra à vista e liberdade para escolher modelo de veículo que deseja investir. Conheça as principais vantagens desse investimento!
As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.
Mostrar comentários
Leia também
drive_eta
Seu carro

Consórcio de carros usados: como funciona?

drive_eta
Seu carro

Carros seminovos de até R$ 30 mil? Veja qual vale a pena comprar!

drive_eta
Seu carro

Veja os modelos de carros para PcD mais baratos em 2021!