Sustentabilidade

6 vantagens de adotar a sustentabilidade nas empresas

Veja como é vantajoso adotar a sustentabilidade na sua empresa e aprenda práticas simples para implementar agora mesmo!

Já reparou como o mundo tem falado cada vez mais em consciência ambiental e social? De olho nisso, os negócios que pretendem realmente se destacar precisam adotar um conjunto de medidas que os tornem referência em práticas sustentáveis. Mas você saberia dizer quais são os benefícios da adoção de ações de sustentabilidade praticadas no meio corporativo?

Atualmente, os consumidores querem ter a sensação de que as empresas não pensam apenas em seu próprio crescimento, mas que igualmente buscam atividades que elevem a qualidade de vida dos trabalhadores. Os benefícios, é claro, também se estendem aos consumidores e a outras pessoas envolvidas na produção e no desenvolvimento de seus produtos e/ou serviços.

Pensando exatamente nesse cenário, vamos apresentar neste post 6 vantagens de adotar a sustentabilidade nas empresas, além de sugerir 6 práticas sustentáveis bem fáceis de implementar. Confira!

6 vantagens de adotar a sustentabilidade nas empresas

O conceito de sustentabilidade empresarial vai além das questões ambientais. Além de respeitar a preservação do meio ambiente e incentivar seus funcionários a fazerem o mesmo, um negócio sustentável é aquele que também pensa em um sistema de gestão que alie a lucratividade com o bem-estar dos colaboradores e dos consumidores e, claro, com o uso consciente do recursos naturais.

Portanto, é necessário desenvolver uma consciência tanto ambiental quanto social. E acredite: quem investe nesse novo modelo costuma colher bons frutos dentro de um tempo não muito longo. Para você começar com o pé direito, listamos a seguir 6 vantagens de adotar a sustentabilidade nas empresas. Acompanhe!

1. Publicidade positiva

Os consumidores estão cada vez mais críticos e atentos aos processos produtivos das empresas. Prova disso é a frequência com que nos depararmos com listas de marcas que não testam produtos em animais e não estão envolvidas em escândalos de trabalho escravo. Também se destacam positivamente as organizações que têm alguma parceria ou projeto próprio a favor da diminuição do impacto ambiental.

2. Engajamento dos colaboradores

Ao pensar em quais são os benefícios da adoção de ações de sustentabilidade no seu negócio, lembre-se de quem o mantém em movimento: os colaboradores. Eles precisam sentir que seu trabalho faz parte de algo maior, saber que suas atividades cotidianas estão interligadas a profundas transformações na sociedade.

Com isso, o engajamento dos colaboradores com o trabalho tende a melhorar — e muito! Ao sentir orgulho daquilo que produz, o profissional se sente muito mais motivado para ir trabalhar.

Por mais que o cliente final seja importante, incentivar o público interno é tão fundamental quanto o externo. Então, não se esqueça de promover ações para melhorar o clima organizacional e estimular a construção e manutenção de relacionamentos saudáveis dentro das equipes da empresa.

3. Economia

Muitos gestores ainda conservam a ideia de que ser sustentável é obrigatoriamente mais caro. Mas essa não é uma verdade absoluta, ok? Pode ser que a compra de xícaras e copos duráveis não saia tão barata quanto a de copos descartáveis no curto prazo. Contudo, mais à frente, os números se invertem. Afinal, investir em práticas sustentáveis faz com que a cultura organizacional também seja alterada, motivando os funcionários a desperdiçarem menos.

Além desse tipo mais óbvio de economia, também vale a pena se informar a respeito dos benefícios fiscais que o governo tem oferecido para as empresas que adotam práticas sustentáveis — tanto ambientais quanto sociais. No fim, o conjunto da obra garante a tão almejada sustentabilidade financeira.

4. Retorno para a sociedade

A existência da sociedade está condicionada à manutenção do meio no qual ela está inserida. Em outras palavras, a preservação ambiental se reflete, por consequência, na conservação de várias espécies, incluindo a humana. Além disso, nossa qualidade de vida também depende do estado do ambiente em que vivemos.

Como se sabe, as empresas desempenham um papel de destaque em todo esse processo. Por meio de projetos adequados, elas podem investir em formas de produção menos ou nada poluentes, por exemplo. Nesse caso, um retorno importante à sociedade consiste na melhoria da qualidade do ar.

Há que se pensar também na demanda energética, que é bem elevada entre as grandes organizações. Como será que todo esse volume de energia vem sendo gerado? Um ótimo exemplo de inovação é concedido pela CPFL, distribuidora sediada em Campinas (SP).

A preocupação da empresa com a geração de energia via fontes renováveis não se limita a usinas eólicas. Além da utilização de PCH (centrais hidrelétricas de baixo impacto ambiental), a CPFL demonstra a viabilidade de se produzir energia de forma renovável com usinas termelétricas. Isso é possível devido ao uso de biomassa de cana-de-açúcar.

5. Ganho de vantagem competitiva

A preocupação das pessoas com o meio ambiente que as cercam é cada vez mais crescente. Entre outras coisas, isso significa que, de mero público-alvo, as pessoas passaram a tomar como alvo as empresas que desprezam as práticas sustentáveis.

Atualmente, consumidores e clientes podem atuar tanto como aliados quanto inimigos das marcas. As empresas que percebem esse movimento mais rapidamente assumem o compromisso de praticar e divulgar suas ações direcionadas a um mundo melhor. Não restam dúvidas: investir na sustentabilidade empresarial reforça a imagem do seu negócio, trazendo publicidade positiva e aumentando sua competitividade no mercado.

Nas redes sociais, blogs e sites, ela ganha adeptos, que se transformam em verdadeiros defensores da marca. O resultado é o ganho de uma vantagem competitiva inestimável.

6. Atração de novos mercados

O sensível aprimoramento da imagem da empresa perante a sociedade traz ainda outro benefício: o olhar interessado de potenciais investidores. Desse modo, a organização se torna uma possível parceria de negócios, com chances reais de expansão de mercados. Tal efeito é natural, já que os investidores sabem que os modelos de negócios pautados no desenvolvimento e consumo sustentável são muito promissores.

6 práticas sustentáveis para adotar na sua empresa

Ao contrário do que muita gente pensa, a adoção de práticas sustentáveis na empresa não precisa ser difícil. Se você nunca pensou direito nisso, mas quer começar a partir de agora, saiba que há algumas ações bem simples que podem ser adotadas sem grandes dificuldades. Falamos melhor sobre elas nos tópicos a seguir. Acompanhe!

1. Elimine o uso de copos descartáveis

Os copos descartáveis de plástico ganharam um espaço enorme na vida moderna com a promessa de praticidade. Como individualmente eles parecem ser baratos e inofensivos, quase ninguém questionava sua presença. Afinal, eles poderiam ser facilmente reciclados, não é mesmo? Mas não é bem por aí.

São diversos os motivos existentes para você se empenhar em eliminar os copos plásticos da rotina empresarial. As razões vão desde a economia (a médio prazo) do custo recorrente atrelado à compra de suprimentos descartáveis até a economia de água utilizada para sua produção. Outro argumento favorável à causa é a diminuição da poluição dos oceanos. Logo, a diminuição do uso de plástico faz, sim, parte de uma estratégia de consumo consciente.

2. Forneça um kit lixo zero para os funcionários

Também em ascensão, o movimento lixo zero prega a possibilidade de se ter uma vida sem gerar resíduos, causando assim o menor impacto ambiental possível para o planeta. Levar essa ideologia para dentro da sua empresa pode não ser uma das tarefas mais simples do mundo. Porém, nada o impede de usar alguns conceitos para aplicar positivamente no negócio.

O kit lixo zero contém os seguintes itens:

- 1 jogo de talheres reutilizáveis;
- 1 canudo reutilizável + escovinha para higienização;
- 1 guardanapo de pano;
- 1 copo retrátil.

Tudo isso pode ser guardado em um estojo para que seja facilmente carregado dentro da bolsa, na pasta ou no carro, por exemplo. E é claro que o logo da empresa deve marcar presença, lembrando sempre do compromisso da marca com a sustentabilidade.

3. Promova confraternizações regularmente

Você já parou para pensar que passamos mais tempo no trabalho que na nossa própria casa? É imprescindível, portanto, que o ambiente profissional seja agradável e saudável, permitindo que os colaboradores se sintam motivados para trabalhar melhor. Pensando nisso, que tal promover confraternizações regulares entre os membros da equipe?

As opções são inúmeras, indo desde happy hours rápidos após o horário do expediente até eventos totalmente patrocinados pela empresa. É possível, por exemplo, reservar um dia em um sítio ou em uma chácara para que os funcionários também possam levar seus familiares — aqui, entra em cena a sustentabilidade social.

4. Respeite as leis ambientais

Organizações realmente dispostas a proteger a Terra têm um olhar especial dedicado à realidade local. A sustentabilidade depende dos esforços de toda a humanidade em cada canto do planeta. Para fazer sua parte, a empresa deve, antes de qualquer outra medida, adequar-se à legislação ambiental de onde ela estiver situada.

5. Invista em treinamentos

Os treinamentos são primordiais para o desenvolvimento contínuo e consistente dos colaboradores de qualquer negócio. Assim, as práticas sustentáveis também devem entrar como pauta de palestras, workshops e cursos custeados pela organização. Se os gestores desejam que seus funcionários se dediquem à causa, estes últimos precisam receber as devidas orientações a respeito.

Nesse sentido, talvez um dos melhores exemplos venha do banco HSBC. Com atuação internacional, a instituição se distingue pelo desenvolvimento e aplicação de um treinamento voltado à formação ambiental e sustentável de seus funcionários. Os participantes do programa se tornam representantes da marca em ações de responsabilidade ambiental efetuadas de maneira voluntária.

6. Seja, de fato, sustentável

Por já usufruírem dos impactos positivos da sustentabilidade empresarial, muitos negócios têm investido em diversas ações com o intuito de receber a devida publicidade em troca. O problema surge quando as práticas da organização não estão em concordância com a sua publicidade, que revela um falso pensamento verde.

O mercado, inclusive, criou o termo greenwashing ou "maquiagem verde", para identificar as corporações que buscam se aproveitar do título de sustentáveis. Trata-se de empresas que não praticam ações sustentáveis, nem incorporam os preceitos de sustentabilidade em seus serviços ou produtos, enganando o consumidor.

Agora que você já sabe quais são os benefícios da adoção de ações de sustentabilidade, que tal reunir os gestores da sua empresa e sugerir um projeto de responsabilidade social e ambiental? Com a adoção de atitudes sustentáveis, seu negócio e toda a sociedade só têm a ganhar com isso.

Gostou do conteúdo e quer saber mais sobre a importância do consumo consciente? Baixe agora mesmo nosso eBook gratuito com dicas práticas e indispensáveis para a plena preservação do planeta!

Consumo Consciente Entenda A Importancia E Saiba Como Colocar Em Pratica Banner Artigo Blog

As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.